Viagem, trabalho, mudanças

E daí que no fim de semana o Vítor fez a sua primeira viagem oficial. Fomos para São Paulo visitar os pais do Fábio. Foram 3 dias que passaram voando. Não conseguimos fazer nenhum passeio externo em função da combinação maravilhosa #not do tempo (chuva, frio, nublado). No entanto, deu para curtir bastante a família. Baby conheceu a titia e o primo que ainda tá na barriga. Brincou de montão e ganhou muito colinho!

***

Por falar em colinho… eu levei um bebê que estava começando a dormir no berço (assunto para um próximo post, estou com várias pautas mentais) e voltei com um que só quer dormir nos meus braços. Resultado de uma viagem sem carrinho e maiores estruturas. Tive que apelar e fazer o pequeno no embalo mesmo. Mas nada que em alguns dias não volte ao normal.

***

Considerações gerais sobre a viagem (talvez elas virem um post expandido, tá na agenda de posts mentais):

– Ótima estrutura a do aeroporto de Porto Alegre para quem viaja com bebê. Fraldário limpinho, carrinho disponível desde do check in até a porta do avião, filas prioritárias sendo respeitadas.
– Já a estrutura de Guarulhos deixou a desejar. O único fraldário que achei era minúsculo, a TAM demorou até providenciar um carrinho e só tivemos acesso a ele depois do raio X (em Porto Alegre o carrinho era da Infraero, não da companhia aérea).
– O Vítor se comportou como um lord! Não incomodou em nenhum trecho da viagem (e olha que teve pedaço de ônibus, de táxi, de avião e de carro).

***

Mudando de assunto: faz mais ou menos 1 mês que estou trabalhando em uma agência de design. É um freela e muita coisa consigo fazer de casa. Entretanto começo semana que vem em um novo emprego e tive que colocar o Vítor em uma escolinha.

***

Hoje (terça, dia 23, caso o post seja publicado depois) ele começou o período de adaptação. Confesso que estava com o coração apertado, porém deu tudo certo. Segundo a professora ele ficou super bem, mamou no horário e até tirou uma soneca.

***

Quando cheguei em casa fui olhar a agenda do Vítor para ver as anotações. Abro e leio isso:

“O Vítor passou muito bem a tarde, é uma criança muito querida, distribuiu muitos sorrisos.”

MORRI de orgulho!

Comentários Facebook

12 comments

    • nandaetges

      Acho que vai mesmo. Até agora está indo super bem, não estranhou nada nem ninguém! Semana que vem ele já vai ficar o dia todo, só vou pegá-lo meio dia pra almoçar com a gente. Como fica pertinho da onde a gente vai almoçar acaba sendo prático e nós podemos curtir um pouquinho mais do pitoco. Beijos!

      View Comment
  1. Que demais a mensagem da escola! Orgulho mesmo!
    E que pena que a viagem pra cá foi tão rápida e com um tempo tão chato… justo nesse fds fez aquele frio com chuva! Quem sabe da próxima vez a gente não coloca Vítor e Bento para brincar hein?
    bjos!

    View Comment
    • nandaetges

      Nossa, Sarah, nem me fala! O tempo estragou qualquer possibilidade de passeio diferente. Eu conheço pouquíssimo de São Paulo, mas não foi dessa vez que consegui fazer um turismo mais elaborado. E na próxima a gente dá um jeito de marcar um encontrinho de blogueiras hehe! Daí o Bento pode brincar com o Vítor 😉 Beijos!

      View Comment
    • nandaetges

      Sorte mesmo! Assim nem preciso me preocupar, sei que ele está sendo bem cuidado e que está gostando da escolinha! Beijos, Sil!

      View Comment
  2. Morro de medo de viajar sozinha com o Bryan, tô prometendo uma viagem na casa da minha irmã que mora em Salto, mas me despero só de imaginar o combo: bryan+malas+check in+tempo ruim, pois lá em Salto ela disse que esta fazendo muito frio!!

    E que maravilha a adaptação dele na escolinha, assim dá pra acalmar um pouco mais o coração que fica apertadinho né!
    bjos

    View Comment
    • nandaetges

      É complicado mesmo viajar sozinha com um bebê, se tem o marido ou uma amiga ajuda bastante. Principalmente no pega documento, carrega coisas, guarda na bolsa, etc. Beijos!

      View Comment
  3. Paula

    aaaaaah lindo!!
    Mas é claro que o Vítor ia se comportar bem na viagem!! Essa criança viaja desde que era um micro ser na tua barriga! Londres, Paris, Roma, Lisboa, Amsterdã… sem falar nas viagens curtas de carro! 😀 já tem mta estrada!

    View Comment
  4. Pingback: 5 meses | projeto de mãe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *