Aniversário verde: a economia

Fazer uma festa de aniversário, por menor que seja, sempre custa dinheiro e muitas vezes exige uma preparação financeira. Afinal, não é todo mês que sobra (quando sobra) uma quantia razoável para bancar a comemoração, mesmo que no estilo ‘apenas uns docinhos’.

Pensando nisso eu já comecei a me preparar financeiramente para o aniversário do Vítor, que é em abril. Nosso orçamento geralmente é apertado, então tenho que trabalhar com toda antecedência possível para poder fazer a festa que eu estou imaginando.

A primeira medida de economia é bem simples e para começar só depende de um velho conhecido de muita gente: o cofrinho. Quem nunca, quando criança, fez um furinho numa lata ou pote para guardar moedinhas e comprar tudo em doce, salgadinho e refrigerante no mercadinho da esquina? Alimentação saudável #not.


Pois então, o Vítor ganhou um cofrinho quando eu ainda estava grávida. O carrinho ficou guardado jogado no armário. Mais ou menos no início de outubro eu o peguei e comecei a depositar ali todas as moedas que ia achando pela casa. Não tenho nenhuma meta, apenas pego o que está sobrando e guardo no cofrinho. Simples assim.

Um detalhe importante é que o cofrinho tem apenas uma abertura: a de colocar moedas. Assim não corre o risco de ser assaltado por mim hoho no meio do caminho. Pretendo quebrá-lo quando estiver cheio, para então ver quanto consegui guardar e usar na compra de algum detalhe da festa, como convite, por exemplo. Veremos!

* Não esqueça de participar do sorteio da gravadora MCD! Basta clicar aqui!

Comentários Facebook

3 comments

  1. Que legal essa coisa de cofrinho! Conheço uma amiga que tem uma lata e coloca lá, ela e o marido, todas as moedas; e, nenhum dos dois assalta a latinha!! Eu fico assim, ó, de boca aberta… taí uma coisa que acho difícil de conseguir fazer, economizar…

    Bjs

    Sil

    View Comment
  2. Pingback: Money | projeto de mãe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *