Money

Vítor ainda é pititico e não entende muita coisa de finanças e economia doméstica. Mas a mamãe aqui teve que rebolar depois que ele nasceu para aprender mais sobre regras de sobrevivência na selva financeira.

Um dos preciosos ensinamentos foi que moedas valem MUITO. Não acredita? Vem comigo que te mostro.

Escrevi aqui sobre o cofrinho que o Vítor ganhou e eu usei para depositar moedas soltas pela casa. Comecei em outubro e no final de dezembro ele já estava cheio. Em fevereiro decidi quebrá-lo para ver o quanto tinha conseguido juntar. Adivinhem? Três meses resultaram em R$ 90,90!

Achei um ótimo desempenho, considerando que foi algo sem compromisso. Usei o dinheiro para ajudar a pagar o pacote de fotografia que fechei para o aniversário do Vítor. Sem dúvidas um dinheiro bem investido!

Comentários Facebook

5 comments

  1. Ai que legal Ananda!!! Aqui as crianças são vassourinhas de moedas, é só dar bobeira que ele catam! Volta e meia Stella vai trocar por notas, tem dias que tá mais ryyyca que eu! hahaaha….

    Beijão queridona!

    View Comment
  2. Paula

    Mas coooomo tu me diz que não sabia da importância das moedas!?!?!?! To passada contigo!! E a nossa última semana em Londres em que nossas moedinhas de 1 e 2 “pi” foram nosso sustento? Garantiu o nosso pão, digo, congelado de cada dia!?
    Ai, que saudade da máquina do Sainsbury’s!!!!!!!!!

    View Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *