5 dicas para facilitar a hora do almoço

A gente almoçava fora todos os dias para conseguir agilizar o meio dia. Assim, eu podia ficar com o Vítor durante a manhã sem me preocupar com comida e louça. Mantemos o mesmo esquema no primeiro mês de vida da Clara (exceto logo que ela nasceu, quando o Fábio estava de licença e cozinhava).

No entanto, era um gasto que estava pesando no nosso orçamento mensal e decidimos voltar a almoçar em casa. Acontece que cozinhar com crianças por perto é sempre complicado. Esquenta água para o arroz, troca uma fralda, coloca a carne no forno, liga a televisão para o bebê e assim por diante. Então, seguem 5 dicas para tentar facilitar as coisas e ter sucesso na cozinha.

Dicas para facilitar a hora do almoço:

1 – Ter um cardápio: montar um cardápio semanal ajuda bastante, principalmente na hora de fazer a lista do supermercado. Aqui em casa o fixamos na geladeira, assim fica prático para marcar qualquer sugestão ou substituição.


2 – Adiantar alguns pratos: tento adiantar o almoço na noite anterior, quando o Fábio está em casa e pode me ajudar com as crianças. Hoje, por exemplo, montei uma lasanha. Amanhã esquento o arroz que sobrou da janta, coloco a lasanha no forno e escolho alguns legumes.

3 – Usar e abusar do forno: quer coisa mais prática do que colocar uma carne no forno e fazer um arroz rápido? Não dá trabalho nenhum e pode ser uma salvação em dias complicados com as crianças. Uma dica é colocar uma batata picada junto com a carne, eu adoro!

4 – Deixar a salada separada: procuro deixar o alface, por exemplo, separado folha por folha e já lavado. Os tomates também podem ficar limpos e prontos para servir. Assim não tem desculpa para não ter salada no almoço.



5 – Separar a louça: uma boa dica é deixar pratos, talheres e copos separados em um canto da mesa já na noite anterior. Para evitar pó ou contato com algum inseto basta colocar um pano de prato em cima. Na hora do almoço é só distribuir a louça.

Comentários Facebook

6 comments

  1. Pingback: (1) | projeto de mãe

  2. Oi Ananda, td bom? Eu trabalho de casa, o marido trabalha de madrugada e dorme o dia inteiro, então temos q almoçar aqui e eu é q faço, mas sem poder perder mto tempo com isso, afinal, estou “no trabalho”.

    Três coisas q ajudam MUITO são:

    – Panela de pressão: Eu tinha pavor, mas minha mãe veio pra cá qdo o Uri nasceu e me obrigou a ter uma! E hj em dia ela me ajuda mto, faço uma sopa pro jantar em 15 minutos, cozinho feijão, lentilha, grão de bico rapidinho.

    – Uma slowcooker. Eu não sei se tem ai e qto custa (aqui me custou menos de 60 reais e valeu CADA centavo). Eh assim: http://www.google.com/imgres?um=1&hl=en&sa=N&biw=1241&bih=615&tbm=isch&tbnid=0sKFuJDrC0DN0M:&imgrefurl=http://www.recipekey.com/browse/recipes/Slow%2520Cooker&docid=W3OBmTrLgHNhUM&imgurl=http://www.recipekey.com/images/browse_pictures/slow%252520cooker-recipes.jpg&w=325&h=325&ei=DD2GUImFG8Xj4QTMjoEI&zoom=1&iact=hc&vpx=275&vpy=186&dur=64&hovh=226&hovw=226&tx=116&ty=134&sig=103751693711528292538&page=1&tbnh=139&tbnw=142&start=0&ndsp=12&ved=1t:429,r:1,s:0,i:134

    Como o cozimento é lento, dá pra vc colocar a carne nela de manhã e “esquecer” até a hora do almoço, não precisa refogar antes, não precisa ficar olhando… Dá pra fazer sopas, carnes, frango, muita coisa. Eu AMO a minha.

    – Congelar: Eu tinha preconceito, confesso, mas aprendi q congelar ajuda MUITO a minha vida. Sobrou feijão, pra não ficar rodando pela geladeira e indo pro lixo no fim da semana, eu congelo. Depois de uns dias, tenho parte do almoço pronto. O mesmo pra quase tudo. Outra coisa é fazer tipo almondegas, o empanar um monte de peito de frango de uma vez e congelar em porções pra familia. AJUDA muito naqueles dias sem ideias ou sem tempo!!

    Beijão e boa sorte!

    View Comment
  3. Adoro dicas do almoço! sim, a correria é intensa, tb desenvolvi umas coisas bacanas. Gosto daqueles potes de vidro com tampa que vão ao forno. Coloco uma legumada ali dentro, tipo: cenoura, batata, cebola. Ou só batata e alecrim. Ou as vezes ponho tomate, enfim, o que quiser. Rego azeite e ponho sal. meia hora no forno e fica uma delicia!!

    Tambem gosto muito das panquecas, aproveito uma carne, coloco umas verduras e vira um recheio!!!

    O principal de comer em casa é a saúde e o din din mesmo. Vc pode selecionar coisas bacanas e nao sai caro. O que vc gasta pra familia toda é o preço de um prato fora as vezes.

    E aí decreto um dia de comer fora!!!

    View Comment
  4. janaina machado

    Eu adoro comida de forno,eu sempre falo que é comida que se faz sozinha,hehehe,difícil é manter o lorenzo longe do forno,quando eu falo que não é pra chegar pertoaí é que ele quer por a mão,tem que ficar de olho.Outra coisa é a panela de pressão,da pra fazer várias coisas bem rápido,a carne de panela que sobra do almoço a noite vai pra pressão e vira carne louca que pode ser colocada na bisnaguinha e vira um lanchinho delicioso ou mistura no macarrão que cozinha rápido também.Bj,espero ter contribuido!

    View Comment
  5. Vanda

    sou obrigada a cozinhar por causa do meu filho, ele só como arroz , feijão(o caldo), e bife eum horror, não adiantam falar que foi eu que acostumei porque não foi amo picadinho decarne com batata, mandioca, vagem, milho, salada, frango ao molho mas ele não come sempre ponho na mesa e ele não come faço 2 comidas e não tem jeito o que eu faço?? já fiz o teste de fazer apens 1 opção arroz , peixe, salada e nada e a pior cosa do mundo a gente fica refém na própria casa. o que eu faço

    View Comment
    • nandaetges
      Author

      Oi Vanda! Aqui nunca passei por isso, o Vítor e a Clara tiveram fases de comer mais ou menos, mas desde o início da introdução alimentar foram comendo a nossa comida. Claro que com pouco sal e temperos, mas era a mesma coisa que a gente comia e que eu oferecia para eles. Boa sorte aí com o moço! Beijos!

      View Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *