Cama compartilhada e coerência de mãe

No discurso:

“Não sei como as pessoas conseguem fazer cama compartilhada, eu acordo toda torta, a criança fica mal acostumada e vai dormir até os 18 anos com os pais”.

Na prática:

Noite 1 – Bebê chora várias vezes durante a madrugada. A mãe levanta, o acalma ou amamenta e coloca de novo no berço. Ad infinitum.

Noite 2 – Nas primeiras duas ou três vezes que o bebê chora a mãe o acalma/amamenta e coloca de novo no berço. Depois, cansada e em um estágio mais pra lá do que pra cá, pega no sono meio sentada na cama com o bebê no colo mesmo.

Noite 3 – Primeiro choro do bebê e ele é rapidamente acomodado no meio dos pais na cama.

Noite 4 – A mãe arruma a cama e já coloca o travesseiro do bebê junto.

E lá vem mais um cuspe na minha testa.

Comentários Facebook

22 comments

  1. aline

    oi ananda adorei o post!!!
    pois é aqui em casa ja caiu um cuspe na minha testa tambem, no meu 1° filho eu tinha o mesmo discurso, no qual voce citou no post, jamais filho dormi no meio dos pais !!!!
    ai nasceu camili, mama no peito acorda variassssss veses na madrugada, e eu acabada de sono coloco ela para dormir na minha cama, pois e mais facil né, chorou coloco os peitos para fora, e ela mama, adorme , e meu peito continua pelo lado de fora, meu marido quando acorda que coloca*eles para dentro* kkkk bjos

    View Comment
  2. Ahahahahahah é beeeem assim!
    Eu ficava pensando: mas gente, e como fica a vida sexual numa cama compartilhada?
    E hoje eu penso: gente, que vida sexual?

    Aqui o berço foi parar do lado da cama, porque eu durmo muito melhor se ele tiver no berço. Mas quando fiz essa mudança minha irmã falou: tá cada vez mais perto de vocês, ir pro quarto dele que é bom, não vai, né?
    E eu respondo: quando tu tiveres o teu filho, a gente conversa de novo!

    View Comment
    • Mãe do Eduardo

      aki tbm o berço foi parar a dois palmos da cama.. Pegar no sono olhando pra ele fica mais facil.. Mais o maior cuspe na cara foi em relacao ao aleitamento exclusivo ate os seis meses.. Sempre achei lindo, e me preparei pra isso.. Mas os meu peitos nunk foram aquela fartura como eu observava em outras mães, ate os tres meses meu pediatra tentou me ajudar me ensinando taticas pra estimular o leite e nada ate que na ultima pesagem ele constatou que o dudu qse nao tinha crescido.. facada no meu peito.. Mandou complementar com leite NAM. frutinhas e suquinhos.. to começando a inserir, e o pior ele nao aceita tomar o leite, ja troquei por Nestogeno e nada, to mal, ele ta magrinho, Ja vi um post seu em que comentou que nao conseguiu amamentar o Vítor ate o s seis meses.. Agradeceria se postasse algo sobre , para que outras mães comentem o que fizeram nesses casos.. bjos..

      View Comment
      • nandaetges

        Estava querendo mesmo postar algo sobre amamentação esta semana! Vou pensar num post bem bacana 😉 Espero te ajudar! Beijos!

        View Comment
  3. Hahahaha, Morri de rir. Por aqui foi bem assim. Eu resisti até os 10 meses. Até que comecei a dormir com ele no colo. Hoje, com quase 2 anos ele dorme na cama dele, mas quase sempre vai sozinho pra nossa durante a madrugada. Uma vez ou outra dorme a noite inteira na caminha dele, mas tem também as vezes que antes de 1h da manhã ele acorda e não fica na cama de jeito nenhum. Desencanei! E acho que não é por isso que ele vai dormir pra sempre com a gente.

    View Comment
    • nandaetges

      Vítor também acorda de vez em quando. Mas daí o pai tem ido deitar no quartinho dele. Logo que a Clara nasceu ele pulava para a nossa cama. Daí eram 4, tudo no mesmo quarto! Só faltava o cachorro querer fazer cama compartilhada! Beijos!

      View Comment
  4. Super te entendo, Ananda!! Mas no meu caso foi assim: Desde que Bernardo nasceu eu e marido nos instalamos no quarto com ele. “Quando fizer 3 meses eu volto pro meu quarto!” Rá! Ele já está com 10 e de vez em sempre termina a noite na cama com a gente (no quarto dele ou no meu, já que a cama no meu é maior e o menino dorme com a cabeça na costela do pai e o pé na minha costela).

    Bjs!!
    Carol
    http://www.umnovotempo.net.br

    View Comment
  5. Viviane

    Bom dia, Ananda!

    Nossa que post perfeito para o momento que estou passando..risos
    Com a chegada do inverno minha filha, que tem 10 meses e meio, passou a acordar toda molhada de xixi, pois a fralda Pampers não está dando conta (aff) então a moça que dormia em seu berço a noite TODA agora deu para acordar no meio da madruga e querer dormir na minha cama e colacinha em mim. Confesso que acho maravilhoso estar com ela pertinho de mim, mas nunca achei legal isso sempre fui contra e hoje estou “pagando” pelo que falei. No meu caso ainda tem o detalhe de que tem noites que ela não aceita ir com o pai 🙁 tenho que ir ao quarto dela e levar para minha cama…estou há uma semana assim 🙁 o que fazer para que volte ao normal??????
    Seus filhos são muito lindos.

    Viviane

    View Comment
    • nandaetges

      Aqui isso também começou com o inverno! Acho que o que podemos fazer é relaxar e curtir! Li algumas coisas sobre o assunto e quando as crianças se sentem seguras e prontas elas aceitam ficar novamente no próprio espaço. Minha ideia é aguardar o frio ir embora para tentar fazer a transição para o outro quarto. Ela vai estar com mais ou menos 1 ano. Veremos! Beijos e boa sorte pra gente!

      View Comment
      • Viviane

        Como te disse acho maravilhoso, porém estou com outro fator que está me deixando muito preocupada…ela está dormindo muito pouco. Às 21h ela já está dormindo vai até as 3 da manhã ou um pouco menos, se coloco a dormir comigo ela vai até as 8:15 dormindo, caso contrário acorda as 7h e vai dormir só depois o almoço e adivinha por quanto tempo???? No máximo 1:45!!!! Procuro não sair muito da rotina dela, mas não consegui entender o prq de toda essa “bagunça” no sono dela. Antes dormia as 21h, acordava entre seis e seis e meia. Tirava um soninho de uma hora no período da manhã e, depois a tarde dormia de duas a duas horas e meia. E a noite no mesmo horário ou um pouco mais tarde (tinha dias que ela até brigava com o sono querendo vencê-lo..risos)…aiaiai estou bem preocupada. Obrigada por sua resposta e como você disse : BOA SORTE PRA GENTE!!! Beijokas

        View Comment
  6. Marina

    Morri de rir quando li o post. Aqui em casa tá igualzinho… Estive lendo alguma coisa a respeito e vi que nessa idade, por volta dos nove meses, eles descobrem que são uma pessoa separada da gente, então tem essas “crises” de agarramento. Mas por outro lado, é uma delícia acordar e ver o rostinho feliz dele ao acordar ao nosso lado. Sabe que domingo ele ficou todo folgado, colocou uma mãozinha em mim e a outra no Cleber, ficava olhando, todo feliz, ora para um, ora para o outro… me realizei. Agora, noite passada, foi eu quem dormi no quarto dele, na caminha do lado, naquele colchão ruim que só que eu comprei o mais barato porque achei que não ia usar muito… vê lá… se eu soubesse….Até mais

    View Comment
    • nandaetges

      Também pesquisei sobre isso, Marina. Acho que é por aí… nossos filhos estão se descobrindo e às vezes não sabem como lidar com tanta novidade.
      Fiquei imaginando a cena que tu descreveu! É uma delícia mesmo essa parte de acordar juntinho! Beijos!

      View Comment
  7. Andreia Mello

    Ri muito por aqui.
    Adoro seus posts 🙂
    Aqui “ainda’ não aconteceu isso, a Sofia tem 5 anos e posso contar nos dedos de uma mão as vezes q dormiu na minha cama e a Isa com 1 ano e 4 meses dormiu no máximo 3 vezes e nem foi a noite toda, ela não gosta.
    Esperamos q continue assim.
    Boa sorte por aí !
    bjs

    View Comment
  8. Pingback: Socorro, minha filha não dorme! | projeto de mãe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *