Mãe de dois: dão trabalho?

Já ouvi inúmeras vezes a pergunta: “Mas eles dão trabalho?”.

Daí que na sexta pela manhã, quando estava sozinha com a dupla, pensei que não existe melhor resposta para tal questionamento do que narrar algumas horas o nosso dia. Confira um relato de uma mãe de dois.

***

Na sexta, por exemplo, tudo o que eu queria era ficar na cama até um pouco mais tarde. No entanto, a Clara acordou 7h30min. Permanecemos deitadas, eu quase cochilando e ela brincando ao meu lado.

Logo depois, 8h15min, o Vítor acordou. Fiz a mamadeira e enquanto ele tomava comecei a arrumar as camas com a Clara por perto. Quando ele terminou o leite, constatei que os dois estavam com as fraldas sujas. Irmãos coordenados até na hora de fazer cocô.

Tiro a roupa da Clara e verifico que o estrago foi grande. Vazou e vou ter que dar um banho na criança. Ligo o chuveiro para encher a banheira com ela meio pendurada no meu colo, cuidando para não sujar meu pijama. Acontece que a espertinha aproveita um momento de distração e faz xixi em mim.

Dou banho nela com a parte de cima do pijama molhada de xixi. Enquanto isso, o Vitor brinca na sala. Tiro a moça da banheira, a visto, coloco no berço com alguns brinquedos e preparo o banho do Vitor. Dou banho nele ouvindo o choro da Clara, impaciente.

Arrumo o Vítor e coloco um DVD para os dois se distraírem na sala. Assim, consigo tomar um banho rápido (leia-se rápido de 2 minutos). Eu me troco e vou tomar café da manhã, obviamente com os dois ao meu redor, querendo comer tudo que pego pra mim.

Nisso, olho no relógio: 10 horas. Vamos desenhar no quarto e brincar no chão. O Dexter tenta lamber a Clara, que tenta me escalar. O Vitor chora porque o papel amassou. E assim seguimos, no malabarismo materno de sempre.

***

Agora, tirem as próprias conclusões. Eles dão trabalho?

***

A única coisa que eu digo é que de vez em quando não é nem meio dia ainda e eu já sonho com a hora de deitar na cama e dormir. Mãe cansada feelings.

Não se enganem: eles só ficaram quietos para a foto depois que eu liguei a televisão. Só assim para ter uma imagem com os dois!

As olheiras não me deixam mentir

Comentários Facebook

14 comments

  1. Ananda, li o post, lembrei q faz tempo q não comento e resolvi dar um pitaquinho hj…

    Lendo o q vc escreveu, pensei q não é q eles deem trabalho, eles SÃO trabalho. criar e cuidar de uma criança tão pequena (ou de duas) é trabalho duro, mas não é culpa deles.. O q eu quero dizer é q acordar cedo, tomar mamadeira, fazer cocô sincronizado, fazer bagunça o dia inteiro, é o natural deles, eles não fazem “de propósito”. E por mais cansada q eu sempre esteja, eu me fio nisso de q nessa fase, o “trabalho” é simplesmente o q tenho q fazer pra cuidar do Uri enquanto ele não pode fazer sozinho.

    Porque ai, quando ele puder fazer a maioria das coisas sozinho (tomar banho, preparar uma comida, se entreter sem sambar no meio das minhas pernas), se ele continuar me dando trabalho (ir mal na escola, ser chato, briguento, respondão, mal educado, se meter com gente q não deve, etc etc etc), ai sim eu vou reclamar. Porque NA MINHA OPINIÂO, isso sim é “dar trabalho”.

    Minha vida é uma loucura, sem família, sem empregada ou faxineira, só eu o marido, o trabalho dos 2 e tudo mais.. mas eu te juro, um dia a gente pode sentir saudades desse trabalho q eles dão.. 🙂

    Beijos e força pra vc!

    View Comment
    • nandaetges
      Author

      Eu sei disso tudo, Lu! Mas de vez em quando a rotina e a exaustão batem… Obrigada pelo carinho de sempre! Beijão em ti e no Uri!

      View Comment
  2. Sim, Ananda, dão trabalho, mas diga se você não sentiria saudade se tivesse um dia inteiro só pra você? Eu fui pra um casamento e quis voltar correndo pro meu bebê! huahuahua! Fora quando ele dorme e eu e marido ficamos lembrando as gracinhas e carinhas dele? Ah, ter filho é bom demais!!

    View Comment
    • nandaetges
      Author

      Também fiz isso quando fui num casamento sem a Clara meses depois dela ter nascido. No meio da festa era a gente olhando fotos no celular hehe! Beijos!

      View Comment
  3. Ilana

    Tudo igual por aqui, rá!

    A gente reclama, mas a gente adora 🙂

    (E sim, a gente agradece se alguém vier ficar com eles um pouquinho pra gente dar uma dormidinha básica.)

    Bjo

    View Comment
  4. Sabe o que aprendi? [Já que estou beeem mais velhinha do que vocês, posso me dar ao luxo de falar, hehe]
    Nada, nada, nada vem sem trabalho! Quer casar? vai ter que trabalhar para manter a relação funcionando… Quer ter carreira? vai ter que trabalhar muito. Quer ser bonita? Trabalho nisto! Quer se auto-conhecer? Trabalha!

    Não é exceção com os filhos. E tem um porém. As melhores coisas são as que dão mais trabalho! Um antigo chefe me disse: Marina, o pior investimento que você pode fazer são os filhos! Não posso concordar! O melhor que eles fazem é nos ensinar a trabalhar, a ter rotina, a amar e a não esperar recompensa!

    Em tempo: ok! tem gente que consegue tudo e não derruba uma só gota de suor! Acontece.

    View Comment
  5. aline

    A mesma coisa por aqui, so muda de endereço né! vou te dizer uma coisa, tenho dois bebes, um nem tao bebezinho assim 3anos e meio e outra de 5 meses. O pai viajou e levou o pequeno de 3 anos com ele para passar 20 dias,como ele nao fica sem o pai decidimos assim, a casa anda arrumada, eu durmo ate 10:oo da manha meu cesto de roupa anda vazio, meu fogao limpo, nao tenho hora para nada , e estou morrendo de saudade de tudo bagunçado kkkkkk e eu que reclamava de todo trabalho principalmente pela manha, me sinto vazia demais e vejo como tudo isso me faz falta… vai entender corçao de mae né! bjos

    View Comment
  6. Noites melhores virão! rsrsrs
    Eu n acho que o OTávio de TRABALHO diariamente…
    Mas quando se trata de explosão de coco, eu sozinha em casa, merda pra todo lado e com ele birrento… 🙁 cansa!
    Imagina isso em dose dupla! Ui

    View Comment
  7. Pingback: A minha não volta ao trabalho | projeto de mãe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *