O corpo pede: sobre uma mãe exausta

O corpo pede calma. Pede cama. Pede paz.

Relato de uma mãe exausta.

***

Cheguei em um nível de exaustão que só me lembro de ter atingido duas vezes antes.

A primeira no fim da faculdade. TCC, estágio à noite em uma emissora de televisão, celular ligado 24 horas para pautas policiais. Resultado: problema vascular, ameaça de trombose com 20 anos.

A segunda vez foi no ano passado. Grávida de 5 meses da Clara e com o Vítor com pouco mais de um ano, fiz sozinha a assessoria de imprensa do maior evento realizado na minha cidade, com vários shows nacionais e uma maratona de cerca duas semana de festa. Resultado: dilatação e orientação médica para dimuir o ritmo.

Agora, estou com prazos no limite do mestrado. Preciso qualificar o projeto e entregar o primeiro capítulo da minha dissertação esta semana. Além disso, estou finalizando um enorme projeto profissional, que envolve a produção de um livro e de um documentário para uma empresa. Isso é resultado de um trabalho que começou em dezembro, ou seja, teve um grande evolvimento e por um longo período.

Some tudo às demandas normais das crianças (e extras, como as noites sem dormir direito e as doencinhas recentes) e pronto: você verá na sua frente uma pessoa esgotada, exausta.

Ando tão cansada que meu corpo já começou a dar sinais de que preciso diminuir o ritmo. A velha amiga tendinite está dando sinais e hoje comecei a fazer fisioterapia. O profissional que fez a minha avaliação disse que estou muito tensa, por motivos físicos (postura, esforço repetitivo) e emocionais. Além disso, como não tenho dormido bem, não consigo atingir o sono que ajuda o corpo e a mente a se recuperarem.

Óbvio que a atenção se volta para a amamentação, como causa de todos os meus problemas. Não é a minha visão, mas já comecei a ouvir a conversa: “Dá mamadeira para a Clara, assim ela vai dormir melhor e você vai poder descansar”.

Sim, a amamentação acaba sugando também a minha energia, mas não vou jogar fora todo esforço feito até agora para consolidar o aleitamento materno da Clara por uma fase difícil. Eu acredito que logo vai passar. (Vai, né? Digam que sim).

Aceito (e preciso ouvir/ler) palavras de incentivo e abraços virtuais. Também posso avaliar pedidos para ficarem com as crianças (alô alô madrinhas e padrinhos)!

E mais uma vez, todas juntas: vai passar, vai passar, vai passar!

Comentários Facebook

36 comments

  1. Ariadne

    Vai passar, vai passar… mentalize isso como um mantra.
    Sei que é muito difícil mas depois que tudo isso acabar tenho certeza que você vai olhar pra trás e perceber que tudo valeu a pena.
    Siga em frente firme mas sempre que conseguir peça ajuda, nós mães temos a péssima mania de achar que vamos dar conta de tudo, e pior, que se pedirmos ajuda principalmente para ficar com os pequenos, estamos passando atestado de fraqueza e de que temos capacidade de cuidar dos nossos filhos e nos sentimos fracassadas, mas não.
    Vá em frente Ananda, estou aqui torcendo por você!!!
    Bjs

    View Comment
    • nandaetges
      Author

      Verdade, de vez em quando a gente hesita na hora de pedir ajuda (o que pode ser uma grande bobagem em momentos de muito estresse). Obrigada pelo carinho! Beijos!

      View Comment
  2. Joseane

    Meu sincero abraço a você minha amiga.

    Aqui estamos também no limite e o mantra do vai passar é repetido a cada minuto (vai passar a gente sabe, o problema é até passar).

    Força na peruca como costumo dizer e vai dar td certo, sempre dá…..

    Estou aqui torcendo por vc, acompanhando seus post, me espelhando em muitos!

    View Comment
  3. Ananda, tenho certeza que todo seu esforço vai ser recompensado, vai valer a pena, tanto profissionalmente quanto familiarmente. Seu mestrado vai ser finalizado lindamente e sua Clara vai se desenvolver lindamente também, com a força que eu sei que você vai tirar de algum lugar pra ainda poder se dedicar à amamentação. Vai passar, vai passar… E enquanto não passar, saiba que eu tô aqui torcendo por vocês todos!!
    Beijos
    Carol
    http://www.umnovotempo.net.br

    View Comment
  4. Ilana

    Ananda, torcendo aqui pras coisas melhorarem logo.

    Aceita um conselho de pessoa enxerida? Prioridades, amiga! Defina as suas, veja o que realmente é importante nesse momento ultra atribulado e, o que não for, deixa pra depois. É difícil fazer isso, fica a sensação de que a gente não dá conta. Mas a verdade é que a gente não dá mesmo. Temos que aprender a conviver com isso. Sempre sobra pra um lado, e se tem que sobrar, que seja pro menos importante (e na minha opinião – mas a é só a minha, a sua pode ser diferente da minha -, a saúde e os filhos NUNCA são o menos importante).

    Se vc tem com quem deixar eles um pouco, aproveita e toca o trabalho. Coloca o maridão dentro do revezamento noturno, esquece limpeza e arrumação da casa. Deixa pra bloggar e se inteirar das coisas depois. Amamentação nunca é problema. O problema é como a gente administra mal o nosso tempo e as nossas prioridades.

    Um beijo, um abraço, e VAI PASSAR!

    View Comment
    • nandaetges
      Author

      Aceito conselho sim! Isso de priorizar é básico, mas volta e meia acaba sendo esquecido, né? É a síndrome da super mãe que quer abraçar o mundo! Obrigada pelas palavras. Beijos!

      View Comment
  5. De.

    _________________________O_____________________________

    Um abraço direto da Ilha da Magia.
    Se quiser, manda um 50% dos bebês aqui pra casa que eu tomo conta 🙂
    Beijos

    View Comment
  6. Putz Ananda, que cansaço, até eu me cansei só de ler tudo o que você faz!

    OLha que eu já surtei por muito menos, te admiro, viu?

    Não acho que a amamentação seja a culpada de absolutamente nada, não ouça bobagens como essas….
    Vc é super guerreira, parece-me uma mãezona e ainda dedicada ao trabalho/mestrado, talvez esteja aí um pouco do excesso da rotina, não? Se vc talvez, quem sabe, um dia, conseguir diminuir o ritmo com o trabalho ou com o mestrado, existe essa possibilidade? Ou não? Se não existir, aguente firme, segure forte na corda em que vc se sustenta e conte com uma rede de apoio para te motivar por aqui.

    Um grande abraço!
    Dani Rabelo

    View Comment
    • nandaetges
      Author

      Não existe a possibilidade de diminuir o ritmo, Dani, pois tenho bolsa e preciso acabar o mestrado este ano. Mas foi uma questão de azar de tudo acontecer mais ou menos na mesma semana, sabe? Agora, já está melhor. Logo passa e tudo entra na rotina “normal” hehe. Beijos!

      View Comment
  7. Vai passar! Vai passar e você ainda vai lembrar dessa época e sentir falta. Uma abraço de urso, bem apertado, forte e virtual para você. E não desanime porque logo tudo se encerra e novos ciclos começam!
    bjos

    View Comment
  8. Com certeza vai passar! E acho incrível sua força de vontade em não abrir mão da amamentação da Clara por contas deste somatório de imprevistos. Que continue assim! Pode acreditar que é só uma fase, que aliás estou passando também. Final de gravidez, final de período na faculdade, despedida do trabalho… Mas foca em um problema de cada vez e não se desespere, e claro, descanse, que vai tudo voltar ao normal, inclusive você. Patético eu, 20 anos, grávida de 1ª viagem, tentando aconselhar alguém, mas que sirva como um abraço virtual pelo menos hehe.

    View Comment
  9. aline

    ananda te admiro viu….. sua rotina esta bem cheia, ai ja viu o corpo cansa, a mente cansa e os filhos NAO SE CANSAM né kkk! o duro e ouvir que a culpa e sempre da amamentaçao, eu imagino que dificil e alguem chegar para vc e dizer* parabens pelo seu esforço em trabalhar e continuar na amamentaçao, em fazer ordenha para deixar o melhor para sua filha, parabens por que a clara e saudavel e cheia de dobrinhas por causa do seu esforço diario, parabens parabens*… isso e dificil ananda, mais do contrario qualquer situaçao que sai do controle e culpa da mae que so amamenta, culpa da mae que trabalha afff, como se a mamadeira fosse a soluçao dos nossos poblemas(mae). espero que tudo se resolva, e faça revezamento com marido, os avos, tios madrinha, padrinho qual quer ajuda nesse momento vai te aliviar um pouco!!!! bjos e mais uma vez todas juntas vai passar, vai passar

    View Comment
    • nandaetges
      Author

      Hehehe! Bem assim, os filhos não cansam! Bora chamar o time todo de ajudantes para dar um help, né? Beijos e obrigada pelas palavras!

      View Comment
  10. Mãe do Eduardo

    Vai dar tudo certo Ananda!!!
    Essa tempestade de problemas vai logo passar..
    Nao esqueça que vc é uma super mãe- mulher ( eu tenho certeza!!!), e vai dar um jeitinho de equilibrar sua vida novamente.. E sempre tem aquele sorrizinho banguela que renova os nossos dias!! Força amiga( te considero amiga viu, ja que tenho 23 anos e sou a unica mamae dentre as minhas e ja viu ne nao tenho qse nguem pra compartilhar sobre minha vida de mamae, em vc encontrei isso!!! bjusss

    View Comment
  11. Marina

    Vou escrever para você a música que eu cantava para o Felipe na terrível fase das cólicas. Na verdade, acho que eu cantava para mim… Então agora vai para quem tá precisando:
    Vai passar, vai passar, essa dorzinha vai passar. Essa dor que te atormenta, vai passar, vai passar.
    Quanto à amamentação, sei o quanto é difícil pensar em dar leite artificial para o nosso bebê. Até hoje não tive coragem de comprar… como disse uma amiga minha “Parece que tá dando veneno para a criança!”. Mas vou te dizer o que o pediatra me disse. Amamente, enquanto estiver bom para você e para ele.
    Não estou te dizendo para dar LA não, e sim porque quando eu ouvi isso, percebi que é tão bom amamentar, que vale todas as noites em claro, até acordar umas cinco vezes e ter que trabalhar no dia seguinte. Isso, na verdade é o de menos.
    Terceirize, na medida do possível e do financeiro, o que dá: faxina, alimentação, roupas, etc etc etc.
    Bjs.

    View Comment
  12. Realmente sua carga de trabalho, entenda todas as demandas, está bem alta e se não da pra abrir mão de nada no momento o melhor é encontrar o jeito mais tranquilo de conviver com isso.
    quanto a amamentação sua bebe mama bastante antes de dormir? meus filhos quando mamavam no peito e mamavam bastante antes de dormir dormiam a noite inteira… sei q cada criança é uma criança. não sei como é a sua rotina mas a bebe deve sentir sua falta e a amamentação acaba sendo um momento só de voces…
    nossa eu fiquei com pena de vc, meus filhos tem a mesma diferença de idade e não é facil dar conta deles e de todo resto…
    Se quiser venha passar uma tarde conosco, vc dorme e eu fico com as crianças kkkk
    bjs
    Mari
    http://maricriando.blogspot.com.br

    View Comment
    • nandaetges
      Author

      A Clara estava acordando muito, pois teve uma crise de sinusite. Felizmente, passou e agora tudo está melhorando. Ela voltou a dormir melhor e a mamar menos durante a madrugada! Obrigada pelo carinho. Beijão!

      View Comment
  13. Leticia

    OI Nanda!!!! Eu também exausta, mas vai passar….todos dizem, eu também e clamo por calmaria. Meus dois filhotes estiveram ruinzinhos, e noites ainda mais mal dormidas que o normal. Depois que passou isso, meu filho ficou muito teimoso, mas muito, e isso me tirou o chão! Ainda estou tentando tirar o peito da pequena, ela já esta com 1 ano e 3 meses, acho que já poderia parar de manar no peito, sem contar que tira o resto das forças, mas eu não consigo tirar o peito dela, sou fraca, tenho pena, não resisto ao choro….e assim vou indo….beijos

    View Comment
  14. Pingback: Super mãe: a heroína da casa | projeto de mãe

  15. Mamãe do Otávio

    Também ando no meu limite! ox…
    Sinta-se abraçada! VAI PASSAR! Diminua o ritmo, tu tem tres amores que precisam muito de ti!
    bjão

    View Comment
  16. Pingback: Por onde andamos | projeto de mãe

  17. Nádia Ribeiro

    Parabéns por todo seu esforço. Não deixe toda a sua dedicação e esforço da amamentação ser levado por água abaixo. Lembre -se que outras coisas talvez podem esperar, mas a saúde do seu bebê não. A correria do dia a dia, as opiniões desmotivadoras de profissionais e amigos podem influenciar negativamente seu propósito. Fique firme !!!! Você terá recompensa.

    bjos

    Nádia

    View Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *