O lado B de ficar com os filhos

De vez em quando simplesmente é difícil.

Tem dias que eu não quero contar a mesma história de novo e de novo e de novo. Que eu não quero repetir as mesmas músicas. Que eu não quero birra, choro ou discurso de “isso não pode” e “isso não é legal”.

Tem dias que tudo que eu queria era dormir. Ou olhar um filme na televisão. Ou navegar na internet. Ou ler. Ou fazer qualquer outra coisa que não estar com os meus filhos.

Sabe, mãe também fica de saco cheio (e como!). Também tem vontade de fugir para bem longe. De mandar tudo a merda (perdão a palavra feia num blog de família).

Mas enfim. Negócio é contar até dez (ou mil). Tomar uma água, respirar. Olhar pela janela e ver que nem só de cinza é feito o céu. No minuto posterior, novas cores podem formar o horizonte.

E viva o dia seguinte. Que ele devolva o azul do céu.

#cansada

Comentários Facebook

12 comments

  1. De.

    Às vezes eu me sinto assim também. Mas aí vejo que podia ser pior, eu podia ter que trabalhar fora e perder toda essa fase dele. Ou podia nao ter escolhido tê-lo, mas e aí, “como sabê-lo” 😉
    Nada como um dia após o outro!
    Força!
    Beijão!

    View Comment
  2. fernanda

    Ahhh precisei comentar esta postagem, mesmo que atrasada… só eu sei o quanto me identifiquei com esse “desabafo” 🙂 não sei por aí… mas quando estou assim me vem um misto de culpa, cansaço, peso na consciência, enfim um turbilhão!

    bjooo

    View Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *