Quando a pouca diferença de idade passa a ser algo (muito) bom

O Vítor e a Clara têm 1 ano e 5 meses de diferença. Isso quer dizer que por um certo tempo eu tive dois bebês em casa, que precisavam de ajuda total para se alimentar, tomar banho e realizar todas as outras tarefas de cuidado e higiene.

DSC_0233
Os três primeiros meses foram muito pesados. Ter um RN em casa já em um caos por si só (bebê que não dorme, baby blues, leite descendo, dor nos primeiros dias de amamentação, etc.). Agora, adicione na operação outra criança, insegura e ansiosa com tanta mudança. O resultado é esse aqui ó:

Quedê a plenitude da maternidade? Só vejo olheiras!

Quedê a plenitude da maternidade? Só vejo olheiras!

Outro fator é que toda a adaptação com a chegada da Clara fez com que o Vítor regredisse no sono. Ele passou a acordar muitas vezes, o que desregulou toda a rotina.

Isso sem falar no quanto o nascimento de um filho mexe com o nosso emocional e abala todas as estruturas. Vivi uma revolução na minha maternagem e tive que me construir e desconstruir muitas vezes. Então, o período pós-parto foi uma verdadeira mudança de configuração familiar, que exigiu um processo de mudança, aceitação e consolidação.

Depois da adaptação inicial o que marcou muito foi o trabalho “braçal”. Carrega dois bebês para cima e para baixo, leva para cá, para lá, dá atenção para os dois. Olha, não é fácil, pois nem sempre eu e o Fábio podíamos estar juntos em casa ou ir juntos nos lugares.

Então, quando um de nós precisava ficar sozinho com os dois era punk. A Clara sempre mamou em intervalos pequenos e isso limitava ainda mais, pois quando ela mamava não conseguia ficar de olho no Vítor, que aprontava todas para chamar minha atenção.

DSC_0013
Atualmente, o Vítor está com 2 anos e 8 meses e a Clara com 1 ano e 3 meses. Enfim, posso afirmar que as coisas melhoraram por aqui agora que a pequena começou a andar.

clara
Os dois brincam juntos e interagem. Claro que de vez em quando brigam, disputam brinquedos, mas nada anormal para um relacionamento entre irmãos.

DSC_0091
Preciso dizer que agora a pouca diferença de idade entre eles começou a ser uma delícia. Ver os dois juntos é algo que faz com que todo o trabalho no primeiro ano, especialmente no pós-parto, seja algo do passado. Acompanhar o crescimento da minha dupla é algo muito especial, principalmente pelas fases próximas, que nos lembram o tempo todo o quanto cada filho é único e maravilhoso.

Comentários Facebook

16 comments

  1. Eu acho que só consigo mesmo imaginar o trabalhão de ter dois pequenos em casa. No fundo eu acredito que vale a pena quando se pensa que eles cresceram juntos e que uma vez crescidos todo o trabalho vira só lembrança.
    Estão lindos.
    x

    View Comment
  2. De.

    Confesso que já me peguei muitas vezes pensando em ti, com dois “como é que ela dá conta de ainda manter o blogggg???” Porque eu, com um, me descabelo.
    Mas olha, esse post me mostrou uma luzinha no fim do túnel, que não é o fim, e sim o início de uma amizade linda que vai ser pra sempre.
    Aposto que daqui pra frente vai ser cada vez mais gostoso ter os dois com idades tão próximas!
    Ansiosa pelos relatos 🙂
    Beijos

    View Comment
    • nandaetges
      Author

      Olha… sobre dar conta, a gente dá! Nem sempre é perfeito e rola um drama básico. Mas enfim, vamos vivendo e sendo felizes e no fim… é isso que importa, né? Beijão!

      View Comment
  3. Paula

    meldeus, o que são essas fotoooooooos!!!!!!!! A primeira é simplesmente uma capa de filme!!! A da Clara e seu vestidinho da Minnie, aaaf… mais a simpatia de sempre, sem palavras! A última sensacional: Vítor louco e Clara curiosa/assustada! demais!

    View Comment
    • nandaetges
      Author

      Mas tu não imagina como tenho poucas fotos dos dois, Paula! É que é um desafio conseguir fotografar os dois paradinhos e bonitinhos hehe! Sempre acaba um correndo, o outro chorando… Beijos!

      View Comment
  4. Carla Ferreira

    Que loucura! Aahh mas com certeza compensa…sempre compensa. Parabéns Ananda, eles são umas graças. Eu imagino os inúmeros perrengues que vc passou, afinal, se um já dá trabalho imagine dois…rsrssrs

    View Comment
  5. Deisi Penz

    Oi Ananda!!!! Tu vais ver que daqui para a frente a coisa só melhora, o Nicolas e o Vicente tem respectivamente 3 anos e meio e 2 anos, agora brincam juntos, brigam juntos, assistem tv juntos, tomam banho juntos, é uma festa. São parceiros, cúmplices, eu adoro isso e fiz os dois juntos pois era exatamente isso que eu queria e sabia que no início seria difícil mesmo!!!!
    Beijinhos, muita saúde e sorte para ti e o resto…

    View Comment
  6. Pingback: Irmãos com pouca diferença de idade | Projeto de Mãe

  7. Pingback: Guerra entre irmãos: a briga nossa de cada dia | Projeto de Mãe

  8. shiii querida parabens pelos tesouros lindos que tens, Deus abencou-te. Eu adorooo muito ver dois bebes crescendo ao mesmo tempo como se fossem gemeos e muito mas muito lindo. Eu tive a experiencia e o gostinho de sentir isso, tive gemeos e perdi uma e fiquei c o rapaz, nossa da um vazio mas ja tou bem. O Senhor todo poderoso e que sabe e olha ja comecei com os treinos. Ele ta c 6 meses e nao me arrependo mas parece q tou c sinais, depois da relacao tenho visto um muco branco sem cheiro mas nao muito. Bom vamos ver, e so esperar. Muita forca querida, Deus te ilumine. Bjssss

    View Comment
  9. tenho um filho de 2 anos e estou gravida de 7 meses. muita ansiosa pela chegada do meu novo nene e com muito medo da reaçao do meu pequeno joao. tenho certeza q vai ser muito dificil ainda mais pq pretendo operar. mais estou tentando mim acostumar desd ja.

    View Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *