Projeto Coração Materno: por uma maternidade em rede

AnandaEtges_ProjetoCoracaoMae_Liber.png(1)Hoje eu quero apresentar uma iniciativa minha e da Isa Kanupp, do blog Para Beatriz. Trata-se do projeto Coração Materno, inspirado na campanha norte-americana Stop the Mommy Wars (ou, em português, pare com a guerra entre as mães).

Nosso objetivo é mostrar que as pequenas guerras da maternidade, como parto normal x cesárea, amamentação x leite artificial, entre tantas outras, só nos enfraquecem como grupo. A ideia é fazer com que as pessoas entendam que cada mulher tem o seu contexto e que isso a conduz para determinadas escolhas.

Queremos promover debates construtivos e argumentações embasadas, sem julgamentos vazios que apenas enfraquecem nossas verdadeiras batalhas, que devem ser contra o sistema. E que sistema é esse? O sistema que encaminha milhares de mulheres para uma cesárea por conveniência médica ou do convênio. Sistema que não oportuniza alternativas para a mulher que amamenta e é sufocada no fim da licença maternidade. Sistema que não fornece informação de qualidade, que endossa uma mídia segmentada ancorada em interesses comerciais. Enfim, sistema que molda decisões e tem influência na nossa liberdade de escolha, que deveria ser pautada em primeiro lugar por vontades particulares e oportunidades iguais, mas também em evidências científicas e recomendações que visam o bem e a qualidade de vida da mãe e do bebê ou criança.

Vamos parar de julgar umas as outras e manter uma postura de respeito e empatia. Vamos parar de apontar dedos e buscar sentimentos de fraternidade e irmandade. Vamos nos empoderar para poder decidir com base nos nossos desejos íntimos, mas munidas de informações e evidências.

Bom, mas como será o projeto na prática? Ele será composto, inicialmente, por um vídeo colaborativo e uma blogagem coletiva.

Vídeo colaborativo

O vídeo será feito com depoimentos de diversas mulheres, blogueiras ou não, que tiverem interesse. O objetivo é mostrar vários pontos de vista sobre a maternidade, mas que não nos fazem nem melhores, nem piores, nem mais, nem menos, apenas diferentes.

Para participar: grave quatro ou cinco frases com um intervalo de pelo menos 3 segundos entre uma e outra no estilo “Eu tive 2 partos normais”, “Eu faço cama compartilhada”, “Eu parei de trabalhar para me dedicar exclusivamente aos meus filhos”,… Enfim, as frases devem começar com “eu” e relatar algo da sua experiência pessoal como mãe.

A gravação pode ser feita com câmera digital ou até com um celular com boa qualidade de vídeo. Procure gravar em um lugar bem iluminado e sem interferências sonoras.

Depois de pronto, o vídeo deve ser enviado para o email projeto@coracaomaterno.com.br ou colocado no YouTube em modo privado. Caso opte por colocar no YouTube, mande o link de acesso para o nosso email.

O prazo para envio do vídeo individual é dia 16 de fevereiro, domingo. O lançamento do material coletivo e editado pela gente será na quarta, dia 19.

Blogagem coletiva

Optamos por não marcar uma data exata para a blogagem, pois sabemos que nem sempre sobra um tempo para escrever. Além disso, queremos abranger o maior número de blogueiras possível, então talvez algumas pessoas fiquem sabendo da movimentação quando os primeiros posts sobre o assunto forem publicados e assim sintam-se motivada a escrever.

De tal forma, a blogagem vai ter início na quinta, 20 de fevereiro, e se estende até o sábado, 22. Quem participar pode nos enviar o link através do email projeto@coracaodemae que no domingo, 23, vamos fazer uma lista destacando todos os blogs participantes.

Os textos da blogagem podem ser pontuados a partir de diversos aspectos que envolvam a “guerra entre as mães” e nosso direito de escolha. No entanto, escolha não baseada no discurso “cada mãe sabe o que faz para o seu filho” ou “culpa não”, pois nossa percepção é de que o buraco é mais embaixo.

A questão é que temos poucas ou, às vezes, nenhuma escolha. Então, nós buscamos dar uma sacudida e mostrar que por trás da tal “guerra das mães” estão empresas e todo um sistema que prefere as mães assim, alienadas e se matando. Além disso, nosso movimento visa promover a união para que exista troca de informações, experiências e empoderamento mútuo.

Eaí, topa participar? Vem refletir com a gente!

Ficou com alguma dúvida? Deixe nos comentários.

* Projeto de Mãe é um blog sobre maternidade e outras histórias escrito por Ananda Etges.
* Para Beatriz é um blog de maternidade por um viés feminista escrito por Isabela Kanupp.

Comentários Facebook

24 comments

  1. Pingback: Dicas de Mãe: Coração Materno e post da semana

  2. Pingback: Mães protestam pelo fim das guerras maternas em vídeo colaborativo | Projeto de Mãe

  3. Pingback: Blogagem Coletiva – Projeto Coração Materno – Pela liberdade e informação | Meninas Plugadas

  4. Pingback: Eu não julgo [Blogagem coletiva Coração Materno] | Bem Que se Quis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *