Dicas para viajar (tranquilo) sem os filhos

No fim de semana fizemos uma mini viagem sem as crianças. Foi tudo super tranquilo, tanto que deu gostinho de quero mais! Curtimos bastante e os pequenos também. Os dois ficaram com os avós e quase não sentiram a nossa ausência.

Por isso, compartilho algumas dicas a partir da nossa experiência. Quem sabe assim você também se anima a programar algo a dois ou com os amigos. Confere só!

– Deixe as crianças com alguém de confiança

Pra mim é a chave de tudo. Alguém que você confia e que faz parte da rotina dos pequenos. Assim, eles também não estranham. Aqui, o Vítor e a Clara ficaram com os avós maternos, com quem convivem direto.

– Converse com os pequenos

Jogue limpo e fale que vai viajar. Conte pra onde vai, algumas coisas curiosas. Explique que em outra oportunidade o seu filho vai poder acompanhar. No entanto, penso que é melhor falar mais próximo da viagem, para não gerar muita ansiedade. Aqui comecei a falar sobre o assunto dois dias antes.

– Explique quanto tempo vai ficar fora

As crianças não possuem muita noção de tempo, ainda mais se tiverem menos de 5 ou 6 anos. Se for prolongar a viagem, faça um calendário para que os pequenos acompanhem a marcação dos dias. Como fomos em um dia e voltamos no outro não fiz nenhum grande planejamento nesse sentido. Apenas expliquei que eles iriam dormir somente uma noite fora.

– Arrume as coisas dos pequenos com antecedência

Arrumar as coisas das crianças antes evita que você esqueça algo importante, como naninha ou brinquedo favorito. Um esquecimento assim somado à ausência dos pais pode resultar em caos. Eu arrumei na última hora, mas como tinha feito uma listinha dias antes não esqueci de nada!

– Programe atividades diferentes

Piscina, parquinho, aniversário, brincadeiras com algum amigo, cinema, filme em casa. Tente deixar programas diferentes encaminhados, para que o tempo passe mais rápido e de uma forma divertida para as crianças também. Aqui no sábado os pequenos foram em uma festinha da prima e à noite jantaram fora com os avós. No domingo, visitaram a bisa. Assim, passou rapidinho!

– Não ligue o tempo todo

Quando viajar… tente relaxar e curtir. Evite ligar o tempo todo, pois isso pode deixar o cuidador nervoso/inseguro e as crianças com saudade. Aqui ficamos dois dias fora e só liguei no segundo dia, para saber como tinham passado a noite.

Fim de semana para renovar as energias

Fim de semana para renovar as energias

Agora que passamos no teste do fim de semana… fiquei na expectativa de mais dias. Quem sabe no inverno?

E por aí, já rolou alguma viagem sem filhos? Como foi? Mais dicas para compartilhar?

Comentários Facebook

2 comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *