Grude de mãe: eu só quero a minha mãe!

Quem aí também tem um grude de mãe? Baby cute-cute-delícia que ama de paixão a mamãe. Ama tanto, mas tanto, que só quer aconchego materno.

Aqui, a Clara é um minigrude desde RN. Sempre amou ficar bem juntinho, tanto no colo quanto no sling. Meu avô a chamava de “carrapatinho”.

Lembro até hoje das noites e mais noites que dormi com ela em cima de mim, exatamente como descrevo AQUI. Era um caos, eu não conseguia nem me mexer! Mas só assim que ela relaxava e se entregava. Colada em mim, sentindo o cheiro do peito.

Até hoje o peito é o xodó da pequena. Como adora se aninhar no “tetê”. E justamente por isso durante a madrugada, se acorda, só serve a mamãe.

Se o Fábio vai até o quarto é escândalo. Ela o empurra, grita “pai não, pai não”. Só acalma quando eu apareço.

Nos últimos dias, a saudade da mamãe tá ainda mais intensa. Ela só aceita que eu faça as coisas pra ela.

Levar no banheiro? Mamãe.
Dar avião com a comida? Mamãe.
Vestir depois do banho? Mamãe.

Negócio tá tão, mas tão intenso que até para alcançar objetos tem que ser comigo. No domingo, por exemplo, estávamos em família almoçando. Clara pediu água, mas eu estava em um lugar ruim de sair. Então, meu vô levantou para servir. Ele alcançou o copo e ela deu um show que quem tinha que alcançar era a mamãe.

No mesmo dia, à tarde, fomos em um chá de fralda. Eu chegando era um negócio, cada criança enrolada em uma perna. Com o tempo, o Vítor se soltou e foi brincar com outras meninas. Já a Clara, passou a maior parte do tempo assim:

ProjetoDeMae_Foto_52
Eu já passei por todas as fases possíveis com tal relação grude. Desde achar uma fofura e me sentir a pessoa mais importante do mundo. Depois, veio a irritação, por não conseguir fazer nada, nem sequer ir ao banheiro sem um chororô infinito. Agora, confesso que acho graça e, no fundo, agradeço por poder curtir bem de pertinho a minha pequena. Afinal, eles crescem tão rápido e já me pego toda nostálgica aqui com terceirinho feelings.

E por aí, como é o sentimento com tanto grude?

Comentários Facebook

8 comments

  1. Nathali

    Ananda, tenho um chicletinho tb de 1 ano e meio! Tem hora que cansa, pq é exatamente como vc descreveu, tudo eu que tenho que fazer senão é escândalo. Eu não trabalho fora, ele fica comigo dia inteiro, então, as vezes eu só quero um banho tranquilo e ele fica do lado de fora batendo na porta chamando “mamãe, mamãe, mamãe” eternamente. Me resta rir, senão enlouqueço….hahaha

    View Comment
    • Ananda Etges
      Author

      Nathali, é uma coisa mesmo!!! Imagino como deve ser cansativo sem trabalhar fora, o dia inteiro com o mini grude hehe. E eles ainda têm fases que grudem mais ainda, né? A Clara já é chiclé, mas se algo muda na rotina ou acontece de diferente… daí sim cola em mim. Beijos!

      View Comment
  2. Valeria

    Complicado pq eu tb adoro um grude e tal-mas tem hr que cansa-não consigo fazer nada direito-nem comida que ele fica entre as pernas…nem tomar banho que ele já vai tirando a roupa -qué banhinho qué banhinho Kkkk
    hj pedi pro marido ir com eles pra praça pra poder arrumar as mochilas e lancheira se não dá a hr de dormir e não tem nada arrumado.
    vc não tá sozinha Kkkk
    bjos.

    View Comment
  3. Nossa! Eu também tenho uma grude chiclete em casa, rsrsrs é assim que todos achamam. Desde RN ela e assim, como ate hj. Tudo é mamãe, e sem contar que nao fica com ninguém. Se é pra levar e buscar na escola mamae, comida, banho, agua, brinquedo, ir ao banheiro, dormir, sair, conversar tudo em geral mamãe kkkk

    View Comment
  4. Milane

    Como é bom saber que não estou sozinha nessa. Vejo que é normal esse grude com a mãe. Estou na fase da irritação, mas, já está passando. rsrs Meu marido está até aprendendo a cozinhar, pois quando chegamos em casa ela quer atenção total, é bem complicado ter que fazer tudo e ela chorando atrás de mim, querendo colo.

    View Comment
    • Ananda Etges
      Author

      Sim, Milane! Aqui acontece exatamente assim. Às vezes vou de um lado para o outro tentando arrumar a casa e ela no meu rastro choramingando, pedindo colo. Estamos juntas 😉

      Beijos!

      View Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *