O nascimento do Pedro

Eu e a Camila somos amigas de infância. Fomos colegas de escola desde o pré e passamos a vida inteira oscilando entre tapas e amores.

Nossa relação sempre foi muito intensa. Quando eu digo intensa… é porque os tapas citados não são figurativos.

Ambas temos a personalidade forte e acredito que por isso já entramos em conflito tantas vezes. Na última vez que brigamos ficamos sem contato por uns 8 anos.

Acontece que a amizade é mais forte e com a maturidade conseguimos deixar os problemas de lado. Além disso, a Camila engravidou no ano passado e a maternidade nos aproximou de uma forma que não poderíamos imaginar.

Tanto que fotografei o chá de fraldas do Pedro Antônio e de presente disse para Camila que toparia fotografar o parto. Cabe destacar que eu não sou profissional. Tenho uma câmera bacana e vontade de aprender. Tive disciplinas de fotografia na faculdade de Jornalismo e já fiz alguns cursos a mais para aprofundamento. Não domino 100% as técnicas e ainda tenho muito para aprender.

***

A Camila desde o início acreditou no parto normal e chegou a trocar de médico no início da gravidez, em busca de um profissional que levasse em consideração a sua vontade. A gestação foi tranquila, mas na reta final, com 41 semanas e nenhum sinal de trabalho de parto, a decisão dela com apoio da equipe foi por uma cesárea.

Então o Pedro chegou no dia 15 de maio. Ansiedade, nervosismo, silêncio, choro. Uma felicidade sem tamanho diante de uma nova vida que veio nos completar.

Confiram então alguns registros do nascimento do Pedro, meu sobrinho de coração.

Comentários Facebook

2 comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *