Começando a emagrecer #2015menos15 #semana1

Se é para recomeçar, que seja com tudo. Inclusive, com os diários semanais no blog, para acompanhar as dificuldades e evoluções.

Então que semana passada falei chega pra mim mesma. Mais uma vez, a calça apertada denunciava uma agonia todo dia na frente do espelho. Depois de tentar algumas vezes ao longo do ano dar o verdadeiro start no projeto 2015 menos 15, vi que iria precisar de ajuda para me manter firme nos objetivos, geralmente esquecidos nas primeiras tentações.

Primeiro, pensei que um endocrinologista poderia ajudar, no sentido de fazer uma revisão hormonal e um check-up geral. No entanto, tive azar com o profissional consultado. Fui super mal atendida e a consulta durou 7 minutos, menos do que o tempo que ele atrasou pra me atender (15 minutos). Ele não me ouviu, só criticou o fato de eu ainda amamentar e já me passou de cara uma receita de remédio para emagrecer.

Fui embora do consultório chorando de raiva e me sentindo acabada. Rasguei a receita e voltei para casa, pensando em outras alternativas.

Decidi focar no exercício físico e procurar um bom acompanhamento nesse sentido. Peguei orçamentos e comecei a organizar o quebra-cabeça de horários.

Quando a gente é mãe, arrumar um tempo para si, seja para fazer atividade física ou outro projeto pessoal, não é tão simples assim. Por isso, foi necessário fazer quase um mapa da semana e ir avaliando cada espaço de tempo. No fim, consegui me organizar para fazer academia 2 vezes por semana e Muay Thai 1 ou 2 vezes, dependendo de um encaixe na tarde de quinta.

A semana que passou foi o início das atividades na academia. Fui segunda e quarta. Na terça, o Muay Thai. Ou seja, atividade 3 vezes na semana.

Obviamente fiquei quebrada nos primeiros dias. Meu corpo não estava acostumado com o ritmo e padeceu um pouco! De tão cansada, acabei dormindo super cedo para recuperar o fôlego e aguentar a maratona da semana.

De forma paralela, fui cuidando a alimentação. Durante a semana, consegui tomar bastante água e observar bem os horários das refeições. Sou uma pessoa que pula fácil os lanches e acaba exagerando nas refeições principais. Então, procurei cuidar isso e tive êxito.

ProjetoDeMae_PratoFim de semana que não consegui fugir das tentações. Não chegou a ser um desastre, pois tentei equilibrar no resto do dia. Mas sexta teve pizza com as amigas, sábado doces num chá de casa nova e domingo bolinho de chuva na casa da vó. A vida social pode ser cruel para quem deseja emagrecer, hein?

Mesmo assim, hoje pela manhã subi na balança para acompanhar o resultado da primeira semana. E lá se foram 800 gramas. Pulos de felicidade!

Agora, o objetivo é manter o mesmo ritmo de emagrecimento e atividade física. Na alimentação, minimizar os escapes.

Semana que vem conto mais sobre as minhas escolhas para atividade física.

Comentários Facebook

6 comments

  1. Isabella

    Olá querida!! Tive esse mesmo start no ano de 2013, minha pequena estava com 8 meses na época e eu 15 kg acima do ideal, procurei um nutricionista que passou uma dieta de reeducação alimentar, no início foi sofrimento total, mas segui à risca cada recomendação e como tenho 3 filhos e trabalho fora o dia todo a solução que arrumei foi comprar um mini trampolim e fazer jump acompanhando uns videos no You tube. Vou te falar… deu super certo, consegui perder esses 15 kg e um pouquinho mais. Foca na dieta e nos exercícios que você consegue!!!

    Bjos e boa sorte!!

    View Comment
  2. Realmente muitas mulheres passam por dificuldades e complicações durante o período da gravidez. Isso tudo pode tornar muito difícil voltar ao peso que tinha antes da gravidez. Essas dicas que deste post, com certeza irá ajudar muitas mães que não estão conseguindo emagrecer depois da gravidez. Muito obrigado pelo conteúdo!
    Att. Raquel " Ao Seu Emagrecimento Pós-Parto"
    http://mamaesaradafunciona.com/

    View Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *