5 dicas na hora de desapegar de itens infantis

Ananda_Selo_MaetrocinioCom o Projeto Londres (vamos nos mudar para o exterior em breve), os desapegos familiares estão ficando cada vez mais intensos. Hoje mesmo compramos algumas malas e deu para dimensionar o sofrimento: nossa vida vai ter que entrar em 8 bagagens de 32 kg cada.

Pode parecer muito, mas é só dar uma olhada ao redor para pensar: ferrou. É roupa, sapato, brinquedo, livros, objetos pessoais. Tudo isso envolvendo 4 pessoas!

Algumas semanas atrás dei a dica do Rekids, um aplicativo para ajudar na tarefa de vender, trocar a doar itens infantis. Agora saiu a versão iOS e estou pronta para usar no Ipad. Vai ser meu socorro de desapego!

Você baixa o app AQUI e faz o seu cadastro. Preenche com algumas informações pessoais e cadastra também os seus filhos com os respectivos tamanhos de roupa e calçado. Assim, você consegue ativar filtros de busca para produtos que se encaixem em determinado perfil. Economia financeira e de tempo!

Outra coisa super bacana do Rekids é o filtro geográfico. Você pode escolher se quer fazer as transações com pessoas da sua cidade ou de cidades vizinhas, caso trabalhe ou visite regularmente, para facilitar a busca ou entrega dos itens negociados.

Olha só o Vítor dando um confere nos brinquedos disponíveis!

rekids2
E se você também está numa vibe de desapego, confira algumas dicas:

1 – Faça organizações periódicas na casa

A troca de estação é uma excelente oportunidade para dar aquela revisão no que já não serve mais nos pequenos. Além disso, véspera de aniversário ou datas comemorativas, como Natal, também podem ser momentos oportunos para esvaziar um pouco o armário e a casa.

2 – Estimule as crianças a participarem do processo

Torne o momento divertido e envolva as crianças. Além de passar um tempo especial juntos, você vai ter a oportunidade de ensinar sobre desapego e economia.

Aqui, a Clara assim que ganhou sua mala cor de rosa foi verificar quantos brinquedos iriam caber dentro para fazer uma avaliação geral da situação:

rekids1
3 – Escute os pequenos

Se eles vão participar do processo, nada mais justo do que ouvir o que eles têm a dizer. Pergunte se pode dar determinado brinquedo ou roupa antes de simplesmente separar. É normal a criança ter dificuldade no início, mas caso seja algo que ela não use ou brinque mais, explique isso de forma simples. Lembre sempre os benefícios da economia solidária e de que outra pessoa vai poder aproveitar aquilo que não usamos mais.

4 – Use ferramentas que ajudem no processo

O Rekids é um exemplo que pode facilitar muito, pois é fácil de usar. As negociações ocorrem sem mediação do aplicativo e ele não cobra taxas nem comissões.

5 – Se for vender, estipule preços justos

Cansei de ver itens usados com preço de novos. Isso não é justo, né? Claro que compra quem quer, mas pensar em valores atrativos vai ajudar a vender mais rápido. Uma boa referência é pensar em 50% do valor de algo igual na loja.

Boa sorte nos desapegos!

Ananda_Rodape_Maetrocinio

Comentários Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *