Mom office: como trabalhar em casa com filhos maiores

Trabalhar em casa com filhos pode ser definido como um verdadeiro malabarismo materno, por mais que cada experiência seja diferente, pois varia pelo tipo de trabalho da mãe e do temperamento e da rotina da criança.

Eu já tinha feito home office, ou mom office, quando meus filhos eram menores. Clara tinha 4 meses e Vítor 1 ano e 9 meses, mas foi por pouco tempo.

Confira mais sobre a experiência em: Home office ou o que diabos a mamãe tanto faz na frente do computador?

Agora está sendo a primeira vez que encaro um período maior de trabalho em casa com os dois (Vítor com 5 anos e Clara com 4). E olha, não tá fácil! Eles brigam muito e tenho que estar sempre em cima para controlar (e apartar para não se matarem).

Tem também o contexto disso. Eu já fazia home office antes da nossa mudança, mas tanto o Vítor quanto a Clara ficavam na escola. Nas semanas antes e depois do nosso embarque para Londres não parei 100% e, inclusive, me enrolei com as demandas e toda função da viagem.

img_20160910_120435O resultado foi que algumas coisas acumularam, ficamos muito mais tempo do que o previsto sem internet e tudo isso exigiu muito de mim.

Só agora que tudo começou a entrar em uma rotina, mas mesmo assim a sensação que eu tenho é que nunca consigo colocar minhas coisas em dia nem curtir direito com as crianças. Não sei se é cobrança pessoal ou cansaço, só sei que meu único desejo é que os dois possam começar logo na escola (ainda volto para contar mais sobre isso aqui no blog) para eu ter o meu tempo de volta. Para conseguir começar uma tarefa e terminar, sem duzentas interrupções, sabe como é? Eu não mais hahaha.

Bom, mas para quem está tentando conciliar home office e filhos, especialmente no caso de crianças maiores (que não tiram sonecas, por exemplo), tenho algumas dicas com base na experiência dos últimos tempos.

1 – Organize uma rotina: nos primeiros dias eu não sabia bem como fazer e tentava trabalhar a cada brecha de tempo. Isso me deixava nervosa, por não conseguir fazer nada direito e pelo começar e parar uma tarefa a cada instante. As crianças também ficavam agitadas, por eu não dar atenção para elas. O que nos ajudou bastante foi criar uma pequena rotina. Ainda flexível, mas com as principais horas do dia bem definidas (como almoço, banho, etc).

2 – Tenha um kit primeiros socorros: aqui pelo menos uma vez por semana compramos uma coisinha diferente para manter a dupla ocupada. Na semana passada escolhemos massinha de modelar e rendeu boas horas de brincadeira. Outro dia compramos papéis coloridos, uma vez também puxei jogos de montar do armário.

img_20160907_1906593 – Reserve um tempo exclusivo para ficar com as crianças: aqui é a tarde, nosso horário de sair, passear e brincar. Isso mostra que também estamos com os pequenos e ajuda a deixá-los mais compreensíveis. Quando me pedem algo de manhã, por exemplo, sugiro: “vamos deixar isso para tarde. Mamãe está trabalhando agora”.

4 – Tenha um planner: uma agenda ou planner pode ajudar a organizar as demandas de trabalho da semana. A cada dia tenha claro o que é prioridade ou opcional. Assim você vai encaixando se fica algo de um dia para o outro, sem se sobrecarregar. Além disso, é importante ser realista nos prazos (difícil, eu sei!).

E já que falei em rotina, a nossa atualmente está assim.

Nossa rotina

Aqui pequenos acordam 8h, dou café da manhã e aproveito que eles estão tranquilos para dormir um pouco mais, já que entro na madrugada trabalhando. Levanto pelas 10h, arrumo a casa e nesse horário consigo resolver algumas coisas mais rápidas de trabalho, que não exigem tanta concentração. Ao mesmo tempo, tento manter a dupla ocupada, com massinha de modelar, papel para desenhar ou cabaninha embaixo da mesa.

Almoçamos um pouco antes das 14h e depois levamos o Dexter para passear. Crianças comem uma fruta e é nosso horário de passear. De vez em quando aproveitamos para ir para algum museu ou parque mais no centro da cidade. No bairro, curtimos os playgrounds e a biblioteca. Se preciso passar no mercado ou fazer algo na rua aproveito a mesma saída.

img_20160822_181125093_hdr
Voltamos perto das 19h e daí encaminho banho e janta. Fábio chega, comemos juntos, tomo banho e levamos os pequenos para cama. Por volta de 22h estou liberada para trabalhar, o que no fuso atual é 18h no Brasil. Como meus jobs são do Brasil, ainda dá tempo para algum contato com cliente, aprovações, etc. Sigo até umas 2h trabalhando.

E por aí, também rola mom office? Como é trabalhar com os filhos em casa? Conta pra mim as suas dicas!

Comentários Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *