Atividades educativas para crianças

Mais do que uma brincadeira, elaboramos uma série de atividades educativas para crianças aprenderem enquanto se divertem, com várias atividades educativas para crianças.

Crianças brincando

Brincar se tornou mais do que jogar videogame, andar de bicicleta, pique esconde, pega-pega, jogar futebol ou subir em árvores, agora, é dessa maneira que as crianças podem aprender a desenvolver habilidades e somar ao aprendizado oferecido nas escolas.

É possível que as crianças consigam absorver melhor as informações que recebem enquanto se divertem, confira uma lista de atividades educativas para crianças que criamos especialmente para que os pequenos consigam se tornar mais criativas, estratégicas e ágeis.

  • Conhecendo seu corpo


Essa é uma metodologia de ensino amplamente utilizada nas escolas até o início dos anos 2010, quando fomos surpreendidos com o advento da era digital.

A brincadeira aqui consiste em pegar um pedaço de papelão ou de papel Kraft (antigo papel pardo) e desenhar a silhueta do corpo da criança, se estiverem em dupla, é possível que um desenhe a silhueta do outro, deste modo, eles praticam o companheirismo e a empatia entre eles.

Uma vez que a silhueta já esteja desenhada com caneta no papel ou no papelão, a criança vai compor o que vê, por exemplo: vai desenhar as unhas, os olhos, os cabelos, vai ajustar os dedos dos pés, pode desenhar a roupa, um acessório de cabelo e colorir.

Para as crianças que já estão na fase de aprender a respeito dos órgãos do corpo humano, é possível auxiliá-las a compor a silhueta desenhando os órgãos de acordo com o que eles sabem, dessa maneira, eles aprendem ciência e biologia enquanto brincam e interagem entre si.

Essa é uma atividade fácil de fazer em dia de chuva na praia, por exemplo, quando estamos viajando em família, no litoral, e cai aquela tempestade de verão e precisamos inventar alguma coisa para as crianças se entreterem.

  • Culinária


Uma das maneiras mais criativas de ensinar as crianças a respeito das unidades de medida, matemática e senso de organização, é utilizando da arte gastronômica, especialmente no que tange a confeitaria, que é onde mais se utiliza dessas informações.

A criança pode aprender através da receita de um bolo qual a unidade de medida de água, farinha, fermento e ainda aprende a matemática básica quando precisa dosar cada medida da receita.

É uma excelente atividade educativa para crianças, sem dúvidas.

  • Com qual letra?


Para as crianças mais jovens, entre 6 e 8 anos, existem algumas brincadeiras que ensinam o alfabeto e com que letra começa determinada palavra, ou seja, elas aprendem a fonética das palavras e conseguem, por repetição, aprender as palavras que começam com a mesma fonética, por exemplo: Chaminé e Xale.

A brincadeira aqui consiste em escolher uma letra e estimar um tempo para que a criança fale um número pré-definido de palavras que iniciam com a letra já selecionada.

No caso de várias crianças brincarem juntas, é possível que, um a um, vão falando uma palavra de cada vez e esperando a vez do outro, assim, eles aprendem sobre empatia, sobre esperar a vez do colega e ainda aprendem a enriquecer o vocabulário com as palavras dos coleguinhas e amiguinhos.

Essa é uma ótima atividade didática para crianças em fase de alfabetização, no entanto, é possível adaptá-la para crianças de 8 á 10 anos, onde você pode selecionar somente palavras com “duplo S”, ou com “duplo R”, ou seja, as crianças só podem falar palavras que contenham essas suas letras, por exemplo: Carro, Assado, Amarrar, Assistir.

  • Origamis


Você já ouviu falar naquelas artes feitas com dobraduras de papel e que, através dessas dobras, formam objetos, animais, corações, árvores e até cartões?

Essa é uma atividade muito interessante e que ensina a criança a respeito da capacidade de raciocínio lógico, organização e técnicas manuais.

Com um papel sulfite, uma tesoura e um molde para usar de exemplo, que pode facilmente ser encontrado na internet ou nos livros infantis nas bibliotecas, é possível que uma criança consiga desenvolver habilidades artísticas e perícia manual.

Geralmente, é entre as idades de 8 á 10 anos que os grandes nomes das dobraduras descobriram suas paixões pelo Origami e que hoje se tornaram pessoas bem sucedidas nessa área.

  • Jardinagem


Apesar de parecer uma atividade para adultos, a jardinagem é, de longe, uma das melhores maneiras das crianças aprenderem biologia enquanto brincam e sem perceber, acabam apaixonados pela natureza, ajudando inclusive na preservação e criando um senso crítico e protetor.

Muitos devem lembrar da famosa plantinha de feijão que costumamos fazer na primeira série do ensino fundamental, a atividade que consiste em colocar dentro de um vasilhame uma porçãozinha de algodão e alguns grãos de feijão, regar, cobrir com uma tampa e esperar até que a sementinha comece a sair o broto.

Acontece que, podemos ir além e ensinar as crianças a criar um terrário, isto é, um mini planeta terra, em que a plantação e o cuidado se dá unicamente por abafar a semente e deixar que a natureza seja responsável pelo processo de crescimento da sementinha.

Um terrário é uma excelente atividade didática para crianças e ajuda os pequenos a serem mais zelosos com a natureza, eles aprendem a respeito do ciclo da água, e eles podem observar o funcionamento natural dos seres vivos.

  • Cores


Outra atividade muito importante para a formação e aprendizado das crianças é conhecer as cores primárias que, a partir da união de outras cores, formam as cores secundárias, terciárias e complementares.

Para essa atividade, basta que se compre um kit de tintas guache e instigue a criança a descobrir, a partir de 3 cores, outras 3, e assim por diante.

O aprendizado das cores é adquirido logo na primeira infância, no entanto, a lapidação desse aprendizado se dá ao longo dos anos, em que a criança começa a adquirir gostos por determinadas cores e sua atenção fica mais voltada para alguma em específico.

Assim como aprender os números, as letras e as formas geométricas, aprender a origem e formação das cores também é tão importante quanto as outras lições.

  • Adivinhe pelo olfato ou paladar


Sabe aquelas brincadeiras que eram transmitidas através da televisão em programas de auditórios nos sábados e domingos? Podemos dizer que uma em especial é muito importante para o desenvolvimento do paladar infantil e não poderia ficar de fora dessa lista de atividades didáticas para crianças.

A brincadeira aqui consiste em selecionar uma série de alimentos, e, após vendar os olhos da criança, você ir oferecendo para que ele sinta o cheiro e tente descobrir qual alimento é, alterne também para que ele tente descobrir através do paladar

Essa atividade é excelente para a formação do olfato e paladar dos pequenos, eles aprendem a identificar determinados odores e sabores, além de descobrirem seus gostos pessoais.

Essa lista de atividades didáticas para crianças complementa o sistema de educação e auxilia na produção de habilidades e autoconhecimento infantil, além de brincarem, eles aprendem e absorvem qualquer estudo de maneira mais assertiva.
Postagem Anterior Próxima Postagem