Conheça agora o verdadeiro significado da dor de crescimento

Já ouviu falar do termo dor de crescimento?

Dessa forma, ela é aquela famosa dor, que atinge principalmente as crianças, na famosa “fase de crescimento”.

dor de crescimento

No entanto, independentemente de você possuir crianças ou não, é interessante ter conhecimento dessa situação para explicar alguma ou mesmo não ficar excessivamente preocupado.

Portanto, neste artigo, temos o objetivo de explicar da melhor forma possível, o que são dores de crescimento e outros pontos relacionados.

Boa leitura.

O que são dores de crescimento?

No período da infância, as crianças acabam muitas vezes reclamando de dores musculares nos membros inferiores.

Assim, essas dores que muitas vezes acabam preocupando os pais, é a conhecida dor do crescimento.

No entanto, muitas pessoas questionam se isso realmente é vinculado ao crescimento.

Primeiramente, no século XIX, um médico francês em seus estudos acabou se tornando a primeira pessoa que conhecemos que usos o conceito de dores de crescimento.

Mas, porque ele fez isso?

Bem, o médico que estava convicto que as dores musculares nos membros inferiores que diversas crianças relatavam tinha a ver com crescimento acelerado.

Por conseguinte, saindo do século XIX e indo para o XXI, saiba que mesmo hoje em dia as causas das dores de crescimento ainda não foram completamente reveladas.

Mas, há muitos estudos que estão de acordo com esse médico francês, ou seja, essas dores no período da infância podem realmente serem dores de crescimento.

Além disso, é certo dizer que não existe uma forma muito precisa de saber quando elas ocorreram.

Porém, os especialistas concordam que essas dores surgem nas crianças com idades entre os 2 a 12 anos.

Por fim, vale destacar que um bom número de especialistas acredita que essas dores também significam dores musculares decorrentes do grande esforço existente nas brincadeiras.

Atualmente, motores de busca, como o PubMed, possui diversos estudos a cerca disso, mas ainda nada concretizado.

Sinais e sintomas das dores de crescimento

Primeiramente, você precisa saber, que essas dores de crescimento não são severas ou malignas.

No entanto, são capazes de provocar um certo incômodo que acaba por atrapalhar um pouco o dia a dia das crianças.

Sendo assim, veja alguns dos sintomas das dores de crescimentos:

  • Dor bilateral;
  • Câimbra
  • Dor intermitente

Além disso, essas dores geralmente ocorrem no final do dia, ou a noite, principalmente nos horários de descanso.

Diagnóstico

Tenha em mente que os exames para dores de crescimentos são feitos normalmente por radiografias.

Dessa forma, através dela, que você vai conseguir descobrir, se a dor não está atrelada a outras coisas, como:

  • Neoplasias
  • Infecções
  • Causas traumáticas.

Desse modo, é certo que em alguns casos uma ressonância magnética acabará por ser capaz de revelar uma lesão não identificada na radiografia.

Além disso, pode ser que seja necessário realizar uma cintilografia óssea em situações de doença óssea.

Por exemplo: osteomielite crônica multifocal, osteoporose ou mesmo metástases de câncer.

No entanto, vale destacar que caso identificado alguma doença óssea, pode ser necessário fazer cirurgia no joelho e, claro, para isso é crucial estar em contato com um Médico Especialista em Joelho.

Porém, fique tranquilo, onde grande parte das vezes é algo simples, e geralmente não será necessário um tratamento intensivo.

Tratamento

Quanto ao tratamento, não existe nada capaz de lidar de uma vez com o problema de dor de crescimento.

No entanto, existem técnicas para diminuir a dor.

Por exemplo:

  • Massagear as pernas
  • Esticar os músculos das pernas regularmente
  • Pôr um pano úmido ou mesmo aquecido na região que está ocorrendo a dor
  • Sendo uma dor intensa é interessante tomar um analgésico conforme a prescrição do médico.

Considerações finais

Certamente a maioria dos médicos estão de acordo que as dores de crescimento que ocorrem na infância podem ter origem além do seu nome autoexplicativo.

Mas, ainda há muito mistério em torno dela, pois os estudos não foram capazes de explicar com precisão as causas.

No entanto, independente das causas, as dores do crescimento, claramente, são dores bem reais que incomodam e fazem até mesmo as crianças sofrerem.

E bem, diante desse cenário, algo bom disso tudo é que essas dores de crescimento quando ocorrem duram muito pouco tempo.

Logo, essas dores crescimento acabam não sendo limitadores das rotinas de brincadeiras das crianças.

Portanto, caso isso ocorra, o ideal é você procurar um especialista, realizar um diagnóstico, e caso não for nada, apenas tranquilizar e esperar passar.

Nos vemos em breve.

Postagem Anterior Próxima Postagem