Como preservar a vida útil do carro?

Quem possui um automóvel precisa saber como preservar a vida útil do carro, não apenas por uma questão financeira, mas também por segurança própria.

PRESERVAR A VIDA ÚTIL DO CARRO

Garantir que o veículo esteja em boas condições não é apenas uma dica, mas também está presente no Código de Trânsito Brasileiro, que diz que o carro precisa estar funcionando direito para poder circular.

Essa obrigatoriedade visa primariamente a proteção não só de quem dirige, mas também de todas as pessoas que estão no trânsito.

O artigo 27 do Código de Trânsito diz que:

“Antes de colocar o veículo em circulação nas vias públicas, o condutor deverá verificar a existência e as boas condições de funcionamento dos equipamentos de uso obrigatório, bem como assegurar-se da existência de combustível suficiente para chegar ao local de destino”.

Quais são os cuidados necessários para aumentar a vida útil do seu carro?


Há uma série de dicas que se aplicadas da maneira correta ajuda a prolongar a vida útil do seu veículo.

Quem cuida bem do seu automóvel vai evitar ter que trocar para um novo modelo de forma precoce, além de garantir a própria segurança e a dos demais.

Confira quais são os cuidados necessários para aumentar a vida útil do seu carro.

1- Realize a manutenção preventiva


A manutenção preventiva faz parte de um plano oferecido pela montadora quando um cliente compra um veículo, e ela é de vital importância.

Isso porque através dela é possível detectar problemas de forma preventiva, antes que eles se alastrem e venham a prejudicar o seu veículo por completo.

Essa prática vai poupar um enorme gasto financeiro para quem tem um automóvel.

2- Faça o balanceamento e alinhamento dos pneus


O alinhamento e balanceamento são de vital importância a cada 10 mil quilômetros rodados, especialmente para quem viaja muito ou dirige em grandes cidades.

Isso porque devido ao grande número de buracos em avenidas e Brs, Ce’s, entre outros, o carro pode ser bastante prejudicado.

3- Troque o óleo com regularidade


O óleo tem uma importante função no bom funcionamento do veículo, isso porque ele é responsável por diminuir o atrito entre as peças, resfriar o propulsor e limpar micropartículas que aparecem com o desgaste das peças.

Uma boa metáfora para entender melhor a importância do óleo é imaginar que o motor é o coração do seu veículo e o óleo é o sangue.

Não esqueça de checar a validade do óleo, coisa que muitos costumam esquecer, basta apenas seguir as instruções da montadora para seguir o processo corretamente.

4- Atente-se ao nível da água


Uma dica que poucos se atentam é ao nível da água do carro, o que muitas vezes provoca danos que pesam para o bolso do dono do veículo.

O radiador é o responsável por manter a temperatura de uso do propulsor, sendo assim de vital importância para o sistema do motor de qualquer automóvel.

Por isso é sempre ideal que você faça a verificação do nível de água, especialmente se está nos seus planos fazer uma longa viagem.

Qual valor da multa se eu estiver rodando com um carro desregulado?


Quem insiste em não se preocupar com o seu veículo, e o deixa sofrer com os efeitos do trânsito e de estradas ruins, está sujeito não apenas a perder pontos na carteira, mas como também a pagar uma boa multa.

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, o condutor que circular em um veículo em mau ou péssimo estado de conservação, ou mesmo que foi reprovado na avaliação de inspeção de segurança perderá até 5 pontos na carteira.

Além disso, há uma multa no valor de R$195,23, para assim tentar evitar que condutores saiam por aí com veículos que podem pôr em risco a vida dele e a de outras pessoas.

Como posso proteger meu carro?


Além de seguir todas as dicas acima para manter o veículo em bom funcionamento, é possível também tomar algumas precauções a mais para evitar danos ao seu carro.

O ideal é a contratação de um seguro auto, pois esses planos costumam garantir a segurança e proteção do seu automóvel, mesmo em caso de sinistro.
Postagem Anterior Próxima Postagem