Será que ainda vale a pena comprar smartphone da China

Será que ainda vale a pena comprar smartphone da China?

Quem planeja trocar de celular ou mesmo adquirir o seu primeiro aparelho sabe bem que a decisão não é exatamente simples.    

Isso porque além dos preços no mercado estarem cada vez mais salgados, é preciso escolher com sabedoria e fazer uma boa análise sobre a funcionalidade do celular, ou você pode estar jogando seu dinheiro fora.

Apesar de um certo preconceito ter surgido contra os produtos chineses em 2020, um pensamento bastante errôneo, visto que boa parte dos produtos que consumimos vêm da China, o mercado de aparelhos lá fica cada vez mais forte.

Isso se deu principalmente por causa da empresa Xiaomi, que conquistou o mundo com os seus celulares rápidos, que não travam, com câmeras perfeitas e baterias mega duradouras.

Há, no entanto, outros motivos pelos quais você talvez devesse considerar comprar um celular de origem chinesa, em um site igualmente chinês.

Esse texto irá abordar as principais vantagens de optar por um celular da China, confira!

Por que investir um celular da Chinas?

Primeiramente, devemos considerar a eficácia e a funcionalidade dos aparelhos, porque realizar a compra só por causa do nome da empresa é um grande erro.

Apesar de marcas como a Samsung, Lenovo, Motorola e Apple oferecerem aparelhos de qualidade e que se diferenciam no mercado, essas empresas às vezes lançam modelos nos quais não vale a pena investir.

O grande problema de optar pelos gigantes do mercado ocidental é que os preços dos aparelhos dessas marcas são, muitas vezes, estratosféricos, e nem sempre possuem um bom custo/benefício.

Já os aparelhos de origem chinesa, dependendo bastante da empresa que os produz, oferecem as mesmas especificidades de celulares de marcas gigantes e famosas, só que com um custo/benefício incomparavelmente melhor.

Por exemplo, torna-se cada vez mais comuns as marcas chinesas utilizarem câmeras da Sony, e tela da Sharp. Então você terá a mesma qualidade de marcas grandes e com um preço bem mais justo.

Outra questão é que enquanto um celular top de linha aqui no Brasil costuma sair entre R$ 1700 e R$ 2000,00, um bom celular da China ficaria na faixa de uns R$700.

O que devo levar em consideração antes de comprar um celular da China?

Nem tudo são flores quando falamos de comprar um celular da China, especialmente pela pouca conexão que temos com o país, e também pela enorme distância que nos separa de lá.

O primeiro ponto é a questão da diferença do valor das moedas, pois todas as transações financeiras internacionais que você for fazer, a moeda em questão será o dólar, e nos dias atuais, com o dólar valendo R$5,45, não compensa muito comprar um celular de fora.

O preço final ficará muito superior ao preço que você pagaria por um celular de uma boa marca e boa linha aqui no Brasil.

Outro ponto no qual você não pode ficar desatento, é a questão da assistência e garantia, considerando a distância entre os dois países.

Imagine que você comprou um celular da China e o recebeu, porém o aparelho está com defeitos óbvios, o que fazer?

É bastante raro haver autorizadas de marcas chinesas aqui no Brasil, talvez a única marca que tenha uma representação aqui no país é a Xiaomi, pois esta já é uma gigante do mercado e extremamente popular aqui nas nossas terras.

Há sites como o Banggood, que até oferecem uma boa garantia de troca e reembolso, entretanto o tempo que irá levar para esse processo ser realizado em um país do outro lado do mundo, é enorme e longo.

Afinal, vale ou não a pena investir em um celular chinês?

Até agora foram mostrados pontos positivos e negativos, entretanto, não há resposta correta para a pergunta se vale ou não a pena, tudo é uma questão de: Depende da situação.

Por um lado, temos aparelhos de primeira qualidade, que muitas vezes são superiores aos vendidos aqui no Brasil, entretanto por ser uma transação internacional, sempre pode haver dificuldades que vão te dar uma grande dor de cabeça.

No fim das contas tudo vai depender da análise que você fizer sobre preços, valor da moeda da transação, qualidade do aparelho e garantias de troca e reembolso.