Calcinhas que toda mulher precisa ter

Calcinhas que toda mulher precisa ter

A empresária, escritora, palestrante e consultora em temáticas e abordagens que unem o universo da sedução com vendas, Andreia Berté, diz em seu blog: “se a mulher quer mudar a sua vida sensual, comece pela sua gaveta de lingeries”.

Ela dá uma dica: “Vestir uma lingerie bonita, de qualidade, que valoriza suas curvas e seu tom de pele é mágico e transformador. Mesmo as confortáveis merecem ser lindas e novas.

Vestir uma calcinha incrível gera uma aura de atração mais poderosa e afrodisíaca que os feromônios”.

É dessa forma que a indústria da moda em lingerie, principalmente calcinhas, se pauta. Uma gama de modelagens, tecidos e acabamentos são empregados nessa peça feminina para contemplar mulheres de diferentes corpos, gostos, necessidades e, também, como peça fetiche que está conectada com a sensualidade.

Segundo a jornalista e consultora de imagem, Sarina Sena, “a questão do se sentir bem com qualquer calcinha tem que vir em primeiro lugar”.

Ela diz que o conforto que a peça proporciona está diretamente ligado à sensualidade que ela pode despertar. E isso também pode explicar as mais variadas modelagens que existem no mercado.

Para saber quais os modelos de calcinhas que não podem faltar para garantir uma aparência elegante e confortável, vale seguir a premissa: cada modelo é ideal para um tipo específico de roupa e de corpo, incluindo as de modelagem all size, peças criadas para todos os corpos, que englobam os tamanhos XPP e XGG.

Modelos mais sexy

A indústria tem apostado em alguns modelos como sendo os mais sensuais. Mila Codato, consultora de imagem e estilo, considera que “não importa se alguém vai ver a calcinha que a mulher está usando, mas ela tem que ser bonita e incentivar a autoestima, afinal é o primeiro elemento que está em contato com a pele e com a intimidade, portanto tem que ativar a beleza e a sensualidade naturais”.

Sarina diz que muitas mulheres dão preferência, por exemplo, ao fio dental, que “é considerado pela maioria feminina como o mais sexy e que pode ser usado sempre, pois não marca a roupa e valoriza as formas do corpo.

Podem ser de lycra, renda, algodão stretch, microfibra, entre outros”. A consultora acredita serem essas as calcinhas mais versáteis por terem laterais finas e ajustáveis à largura do quadril.

Outras modelagens também favorecem o papel sensual feminino, como aponta Mila. A calcinha caleçon aposta em sensualidade tanto em seu material quanto em sua modelagem – a maioria é confeccionada com renda – as laterais são mais largas, valorizando o bumbum.

As já conhecidas calcinhas hot pants acompanham a modelagem da caleçon, mas são muito mais curtas atrás, deixando as nádegas livres; um modelo que pode ser considerado muito sexy, embora sejam de cintura alta.

Calcinhas práticas

Mila Codato aponta os papeis que a mulher desempenha em ocasiões importantes da vida feminina, como o pós-parto.

“Há modelos de calcinhas que podem auxiliar nesse momento da vida da mulher, como a modeladora, que é confeccionada em tecido com compressão, ajuda a disfarçar a barriga e a fazer ela voltar ao normal”, exemplifica.

Ela diz que as mulheres mais práticas gostam de calcinhas como a boy short. “Se parece com uma cueca, com as laterais mais largas.

Seu ponto forte é o conforto, por isso é uma das queridinhas entre todos os outros modelos, ou a tanga, que é a calcinha do dia a dia, que não é grande e nem pequena”.

Por sua vez, Sarina faz um alerta: “tanguinhas muito apertadas com o tempo podem marcar o corpo, por isso é preciso cuidado”. Sem dúvidas, essa não poderia faltar na lista de calcinhas que toda mulher precisa ter.

Calcinhas que toda mulher precisa ter: Peças funcionais

Há modelos de calcinhas que exploram o exótico e o diferente. Algumas dessas peças nem são consideradas moda em lingerie, mas vão ao encontro para atender as ocasiões que saem da rotina, como diz a consultora Mila.

A calcinha descartável pode ser encontrada em puro algodão, ideal para viagens, internações hospitalares e para uso durante o período menstrual. A modelagem varia e acompanha a das calcinhas comuns.

A calcinha absorvente é uma das calcinhas que toda mulher precisa ter, considerada uma opção ecologicamente correta para conter o fluxo menstrual, pois dispensa o plástico empregado no absorvente íntimo. Pode ser lavada e reutilizada.

Feita com tecido que explora a maciez, a calcinha sem costura é cortada a laser para não marcar a roupa. Algumas usuárias podem duvidar de que a peça não se firma ao corpo, quando confeccionada em tecido mole, porém o tamanho ideal garante o ajuste correto.

As consultoras de estilo Mila e Sarina concordam que o que faz a mulher ficar à vontade consigo mesma, incentiva o autocuidado, estimula a autoestima e promove o conforto é a peça ideal para cada ocasião.