Quando devo trocar o meu investimento?

Entenda quais são as situações nas quais você deve trocar ou renovar os seus investimentos sem medo! E confira algumas dicas de onde aplicar o seu dinheiro!

trocar de investimento

A cada ano mais brasileiros começam a se interessar pelo mercado financeiro. Esse movimento crescente e contínuo é ótimo, tanto para a economia do país quanto para as finanças pessoais de cada um.

Só que, por conta dessa movimentação, muitas pessoas ainda são novas no mundo dos investimentos e não compreendem totalmente diversos aspectos importantes dessa área.

Você, investidor, já se deparou pensando, por exemplo, se já está na hora de trocar os seus ativos? Quem sabe não esteja na hora de alternar entre previdência privada e mercado de ações?
 
As opções são inúmeras e cada situação deve ser avaliada individualmente, visto que cada investidor é único com os seus objetivos e perfil e por isso, uma aplicação que funciona para um perfil moderado, não irá agradar pessoas mais agressivas nas suas aplicações.

Apesar disso, existem alguns sinais e indícios que podem ajudar qualquer um a enxergar o momento certo de trocar de investimento.

Pensando nisso, reunimos aqui neste artigo algumas dicas para te ajudar a compreender se você deve mexer nos seus ativos ou esperar mais um pouco, confira a seguir e bons negócios!

Fique sempre de olho no jornal


Aqueles que se interessam pelo mundo do mercado financeiro sabem que os investimentos são totalmente influenciados pelo que acontece na economia e política dos países.

Assim, é extremamente comum que notícias envolvendo questões políticas estejam atreladas à quedas ou altas da Bolsa de Valores, por exemplo.

Por isso, além de ficar de olho no andar da economia, um bom investidor está sempre atualizado sobre o panorama geral do Brasil e do mundo.

Ao menor sinal de qualquer problema que possa impactar seus investimentos, você poderá se movimentar a fim de não sair no prejuízo.
 

Atingiu seu objetivo? Passe para outro!


Investidores - novos ou experientes - sabem que um dos pilares de um bom investimento é ter um objetivo sólido à sua frente. Qual o seu sonho? Ver seus filhos formados em uma universidade? Se aposentar com tranquilidade? Pagar sua viagem dos sonhos?

O que você quer realizar é o que deverá guiar seus investimentos. Por isso, você deve analisar todos os aspectos dos seus objetivos: se são de curto ou longo prazo, quanto você deverá investir para chegar ao esperado, se está disposto a correr mais ou menos riscos. Tudo isso são informações que deverão ser levadas em consideração na hora de decidir seu investimento.

Assim, após definir o que você quer, investir para isso e cumprir seu objetivo, está na hora de mudar de investimento.

Mas, não se confunda: não é preciso realizar um investimento de cada vez! É possível investir em vários ativos ao mesmo tempo - inclusive, é altamente recomendável que você faça isso.

Entretanto, ao finalizar uma meta, nada mais lógico que dar sequência a outras. Esse é o melhor momento para você rever suas prioridades e dar um passo a mais nos seus investimentos de maneira mais madura.
 

Rebalanceamento das carteiras


Como dissemos, manter uma carteira diversificada é essencial na vida de qualquer bom investidor.

Por isso, você deve estar sempre atento sobre o que está acontecendo nos seus ativos e observar a rentabilidade de cada um. O grande segredo é compreender o melhor momento para mexer na sua carteira.

Assim, vale a pena acompanhar periodicamente os seus ativos da carteira. Por exemplo, ao colocar metade do seu dinheiro aplicado em renda fixa e a outra metade em renda variável, em um mês onde a renda variável subiu demais, você pode rebalancear vendendo-a e comprando mais renda fixa.

O contrário também pode ocorrer, por isso é sempre importante se manter a par dos seus investimentos.

Como é possível notar, não existe um momento certo para trocar de investimentos. É preciso ter em mente que o mercado de investimentos não é como uma receita de bolo, onde todos os ingredientes têm seu momento certo de serem usados.

Por isso, é imprescindível que você, investidor, acompanhe os jornais, revistas e o andamento dos seus ativos periodicamente.

É a partir da análise dessa movimentação e do ambiente político e econômico ao redor que você encontrará o melhor momento para trocar de investimento. Além disso, não deixe, claro, de observar se os seus objetivos estão sendo cumpridos e se ainda fazem sentido para você.

Na hora de decidir trocar de investimentos ou não é preciso bastante análise pessoal de cada investidor, pois muitos fatores importantes são únicos para cada indivíduo.

Assim, faça bom uso das dicas que demos aqui e aplique-as na sua realidade. Certamente você vai saber se orientar melhor quanto à necessidade de trocar ou não de ativos.
Postagem Anterior Próxima Postagem