MEDO DE AVIÃO, COMO LIDAR COM ELE EM 5 PASSOS SIMPLES

Sentir medo é inerente ao ser humano, as pessoas tem medo de tudo, mas alguns medos são mais comuns, medo de avião é um deles, as pessoas procuram até terapia para perder medo de voar, querem a todo custo saber como perder o medo de voar.

O medo é um sinal de alerta que nosso cérebro dá quando sente que estamos em uma situação de perigo iminente. Como acabamos de falar, um dos medos mais comuns que as pessoas têm é o medo de voar.

Alguns manifestam esse medo fisicamente, seja através de mãos trêmulas, suor e enjoo. Outras ficam tão tensas que não conseguem sequer olhar pela janela durante o voo.

De qualquer forma, saiba que o medo de avião é algo que pode ser controlado. Voar é a forma mais segura de se transportar, infinitamente mais segura do que viajar de carro ou ônibus, por exemplo.

E para tornar sua viagem ainda mais segura, contrate o seu seguro viagem!

Preparamos um guia com 5 dicas simples que você pode começar a colocar em prática para perder o medo de voar. Confira a seguir como perder o medo de voar de avião!

#1. Entenda a origem do seu medo

Muitos dos medos que temos, inclusive o medo de avião, são irracionais. Isso não muda o fato de que continuamos sentindo medo de alguma coisa, mas é possível entender a origem para então combatê-lo.

Diversas são as causas. Tem gente, por exemplo, que não entende como um objeto de metal tão pesado consegue se sustentar no ar.

Outros motivos podem despertar o medo de avião, como o fato de ser um local apertado, ou movimentos bruscos que o piloto pode fazer e, claro, o medo de altura. Entender exatamente a origem do seu medo poderá acalmar você na próxima viagem se começar a trabalhar mais a fundo em estratégias para vencê-lo.

#2. Comece com viagens mais curtas

Se você tem medo de voar, não recomendamos que comece fazendo viagens mais longas, sejam internacionais ou mesmo dentro do Brasil para destinos muito longes de sua casa.

Para perder o medo, o ideal é começar com voos mais curtos para que você se adapte melhor. Uma ponte aérea entre São Paulo e Rio de Janeiro, por exemplo, dura menos de uma hora, cerca de 40 minutos.

O avião sobe, e quando começa a atingir o ponto mais alto, já começa a descer. Você terá a sensação de que tudo ocorreu da forma mais rápida possível!

Outra dica é para que você visite o aeroporto antes de viajar. Tome um café com calma, observe o funcionamento das companhias, e veja como as outras pessoas se comportam (passageiros, pilotos e funcionários).

Em alguns aeroportos, como o de Guarulhos e Viracopos, você ainda poderá ver os aviões pousando em grandes janelões que ficam entre os terminais.

Tudo isso poderá ajudar a acalmar você e no fim, a perder o medo de avião, quando entender que é uma das maneiras mais seguras de se viajar.

Só não se esqueça de continuar tomando os cuidados necessários com a Covid-19. Quer saber como viajar em segurança durante a pandemia? Entenda tudo sobre esse assunto aqui!

#3. Entenda como funciona o avião

Algumas pessoas têm medo de que o avião pare de funcionar no meio do trajeto. Se esse também é um medo seu, a sugestão é para que estude um pouco mais sobre o funcionamento das aeronaves.

Os padrões de segurança dos aviões em todo o mundo são muito rígidos. Por exemplo, caso uma turbina entre em pane, o avião continua voando por um bom tempo apenas com uma. Nesse caso, seria necessário fazer um pouso de emergência, mas não significa definitivamente que o avião cairia.

Além disso, os aviões estão em constante análise e manutenção para garantir que nenhum mecanismo falhe durante o voo. A cada viagem, eles passam por uma análise bastante minuciosa.

Os próprios pilotos também fazem uma análise completa dentro da aeronave antes de levar voo, para garantir que tudo está funcionando como deveria.

#4. Afinal, o que é a turbulência nos aviões?

Algumas pessoas têm pânico da turbulência do avião, mas acredite, ela é completamente normal. Entendê-la também ajudará você a perder esse medo de avião.

As turbulências acontecem quando o avião passa por qualquer mudança, seja de temperatura, velocidade ou pressão do ar. Por exemplo, quando o avião está subindo, está deixando a zona de maior pressão para a de menor pressão.

Ela também pode acontecer quando o avião está pousando, pois novamente está mudando sua zona de pressão. Mas não se assuste: basta afivelar o cinto e você estará seguro. Isso acontece em todo voo e é completamente normal.

#5. Sente no corredor

Se o seu medo de avião vem da altura, o ideal é que sente no corredor ao invés da janela. Assim, você poderá se levantar de vez em quando, ir ao banheiro, esticar as pernas, e tudo isso sem ver a altura em que está.

Outro benefício ao sentar no corredor diz respeito à impressão do espaço. Para quem sofre de claustrofobia, sentar no corredor alivia a sensação de aperto do avião.

Uma dica legal é para que, na hora de comprar suas passagens, você opte por sentar próximo às asas, pois essa é a região de maior estabilidade na aeronave, menos suscetível aos movimentos mais bruscos (inclusive, durante uma turbulência, ela é sentida de forma menos agressiva).

Outros fatores podem levar ao medo de voar, como a perda de controle. Assim, o ideal é viajar durante o dia, pois durante a decolagem e o pouso você poderá ver tudo o que está ao seu redor. Ver as pequenas cidades, estradas, sombras da nuvem e grandes pastagens poderá dar uma sensação mais confortável a você.

Da mesma forma como recomendamos sentar perto da asa, não recomendamos que você compre passagens para sentar no fundo do avião, pois a impressão que o passageiro tem é que os movimentos nessa área são muito mais bruscos, o que pode piorar o quadro de ansiedade para quem já tem medo.

Gostou das nossas 5 dicas práticas para perder o medo de avião e voar com mais tranquilidade?

Saiba que é possível contratar seguro viagem para voar dentro do Brasil. Entenda mais sobre os benefícios!

MEDO DE AVIÃO