Website, Landing Page, Hotsite: Você sabe a diferença?

Em meio à necessidade que as empresas enfrentam de criar conteúdo cada vez mais, cresce a demanda pelo entendimento das particularidades das páginas da web.

Nomes como “landing page”, por exemplo, causam estranheza aos ouvidos de muitos. Além disso, a importância de cada uma das páginas online também é desconhecida. 

O fato é que estar fora da internet já não é mais uma opção para as empresas.

A grande rede mundial de troca de informações por via digital vai muito além de um ambiente onde alocar uma loja virtual.

O E-Commerce, em si, é apenas mais uma modalidade de usar a internet para aumentar vendas.

Um dos elementos que respondem pela proliferação de websites, landing pages e hotsites é o marketing de conteúdo.

As empresas produzem conteúdo de valor, em variados graus de sucesso, a fim de construir a autoridade de sua marca, tornar-se visível nos mecanismos de busca e memorável ao consumidor.

Alguns exemplos de marketing de conteúdo além de distribuir conteúdos ricos para seu usuários é um excelente aliado para maximizar o posicionamento da sua marca na internet!

Como criar um blog corporativo, assim como mantê-lo abastecido de muita informação gratuita, é primordial.

Mais uma vez, é importante entender a diferença entre website, landing page e hotsite, de modo que você saiba exatamente como abordar seu conteúdo.

Confira a seguir as características de cada um, e qual dessas plataformas de veiculação de marketing é melhor para o seu negócio.

O que é um Website?

Cada tipo de página tem a sua importância, atrelada a uma demanda específica. O website é o local, chamado de domínio, onde todas as informações de uma empresa se encontram.

É o endereço o qual o público acessa, a fim de descobrir mais sobre a marca, os produtos e serviços oferecidos.

O site reúne todas as informações pertinentes à empresa. Por isso, é caracterizado por ter vários ícones, de modo que o usuário clique e seja direcionado a outras páginas dentro do próprio site.

No website aparecem informações institucionais, qual é a empresa, informações de contato, canais de atendimento, produtos, serviços, ícone para acesso ao blog, etc. 

Um dos maiores objetivos da empresa, no que diz respeito ao website, é ranqueá-lo nas primeiras posições do Google, ou seja, na página de resultados do site de busca, toda vez que alguém digita algum assunto que o website cobre. 

Para alcançar essa meta, um website deve ser otimizado, através de técnicas para melhorar a URL, o layout da página, os elementos de identidade visual da empresa e a otimização para dispositivos móveis.

Afinal, a maioria dos consumidores usa o celular para fazer buscas no Google e compras online.

Não se atentar para esses detalhes da otimização do website fará com que o número de visitantes e frequentadores caia vertiginosamente.

O que é uma Landing Page?

A landing page difere do website, em vários sentidos. Para começar, ela não possui ícones e links que levam a outras páginas, que não seja a de compra.

Ela também não é uma forma profunda de conhecer uma empresa e, por conseguinte, a marca.

A landing page existe para conectar o lead ao produto.

Assim, a razão de ser da landing page é a conversão de um visitante em lead. O lead, por sua vez, veio de outros locais do meio digital, que pode ser a rede social, o website da empresa ou até mesmo o blog corporativo.

Em todos esses locais podem ser deixados links cuja função é apontar para a landing page.

A landing page deve ser composta de três elementos principais, que a caracterizam:

  • Título seguido de oferta
  • Formulário
  • Botão de CTA – Call to Action

Todo o texto e conteúdo de uma landing page é engenhado para que o leitor continue na página em movimento descendente, até o fim, de forma que entenda as minúcias da oferta e passe pelo CTA, que pode ser um ou vários espalhados ao longo da página.

Quanto ao Call to Action, que é a chamada para que o leitor decida clicar no link, pode significar:

  • E-books gratuitos
  • Webinars
  • Checklists
  • Chamada para consultoria

A partir desse CTA, a pessoa interessada adquire o conteúdo gratuito em troca de informações de contato, que são dadas ao preencherem um formulário, geralmente. 

Você já ouviu falar em HotSite?

Se um website é o corpo robusto das informações de uma empresa no meio digital, o blog corporativo é a página onde há muito conteúdo, como artigos, disponibilizado e a landing page existe para captar leads.

O que é, então, um hotsite? O hotsite é caracterizado por representar uma eventualidade.

Em outras palavras, é uma página na web que tem uma data de expiração, pois é temporário.

Pode durar alguns dias, algumas semanas ou alguns meses. Isso depende do que é oferecido e por qual empresa.

Por exemplo, um hotsite pode ser usado para chamar e direcionar as pessoas para um grande evento.

A página pode servir de chamariz e ponto de venda de ingressos. Informações como data, preço, descrição do evento e mais, também podem ser incluídas no hotsite.

Entenda em qual tipo de Plataforma é melhor para o seu negócio

Entenda em qual tipo de Plataforma é melhor para o seu negócio   

Tanto o website, quanto o hotsite e a landing page são plataformas que se adéquam e beneficiam a diversos tipos de negócios. Logo, é preciso conhecer qual delas melhor serve a sua empresa. 

Seja em qual lugar o negócio se encaixar, é importante se atentar para a linguagem. Afinal todo o conteúdo é escrito.

Até mesmo vídeos precisam de roteiros em forma de texto para seguirem uma padronização profissional.

Portanto, as estratégias de SEO são vitais para que todo o conteúdo de seu website, hotsite ou landing page chegue até o público. Conheça quais são as estratégias que envolvem o SEO:

– SEO On Page;

– SEO Off Page;

– SEO Local;

– SEO Técnico.

Algumas estratégias de SEO Off Page são excelentes para potencializar a marca da sua empresa na internet de forma escalável. Aposte nesta estratégia!

Mais uma vez, é preciso levar em conta a plataforma de busca, pois o leitor de seu conteúdo a usa para chegar até você.

Somente com o método de SEO, que inclui, entre outras técnicas, o uso das palavras-chave, é possível colocar uma página bem posicionada no ranking do Google, de forma que o usuário clique nela.

Empresas B2B

O website é a melhor opção para as empresas B2B, pois mantém sua presença online de forma perene e sólida.

Através de uma página completa, otimizada, carregada de informações, inclusive de um blog corporativo, é possível transmitir autoridade aos clientes deste tipo de mercado. 

As empresas B2B buscam relacionamentos duradouros com clientes, ou seja, o objetivo é tornarem-se fontes de produtos ou serviços para outras empresas.

Por isso, o fluxo de conteúdo deve ser constante e as informações institucionais impecáveis. A qualidade de um website faz toda diferença no andamento da prospecção.

Empresas B2C

Sem desprezar o valor de um website, a depender do serviço que prestam ou produto que vendem, as empresas do B2C podem apostar nas landing pages.

Por exemplo, empresas que oferecem cursos online captam muitos leads, até mesmo qualificados, através de landing pages.

Caso a oferta seja relacionada a algum produto limitado ou evento exclusivo, lançar a mão do hotsite pode ser uma excelente alternativa de vendas.

Além de ser um excelente local para extrair mais informações dos clientes interessados para estratégias futuras.

Uma vez que o hotsite é uma espécie de evento temporário, é natural que a equipe de marketing da empresa concentre esforços para que essa página gere muitas conversões.

Website, Landing Page, Hotsite