Gravidez: Conheça os sintomas, etapas e cuidados

Durante todo o ciclo menstrual, a mulher apresenta diferentes sintomas que podem ajudá-la a identificar cada etapa para melhor prevenir ou planejar uma desejada gravidez.

A gravidez também pode ser identificada por sinais que ajudam a mulher a desde o início se cuidar e cuidar de cada etapa para a saúde do bebê. Esses sinais precoces de gravidez variam em cada mulher e de acordo com a gravidez.

Os primeiros sintomas de gravidez são muitos e podem não surgir ao mesmo tempo, mas é importante estar sempre atenta, pois apesar de sutis, podem ser percebidos.

Observe os sinais atentamente porque muitas vezes eles podem ser confundidos ou justificados por outros fatores e faça um teste de gravidez se suspeitar.

Quando aparecem os primeiros sintomas?

O sinal mais precoce da gestação costuma ser o atraso menstrual.

É a partir daí que a mulher costuma ligar o alerta e cogitar uma possível gravidez. Mas pode acontecer um pequeno sangramento vaginal que pode ser sinal de gravidez correspondendo à implantação do ovo no útero materno, ou seja, quando este chega e se acomoda na cavidade uterina.

Um fator que costuma confundir é que algumas mulheres têm irregularidades no ciclo, então este pode ser um sintoma difícil de avaliar isoladamente. A ansiedade e outros fatores podem também contribuir para o atraso na menstruação.

Quais são os principais sintomas da gravidez?

Os principais sinais e sintomas na gravidez são: atraso menstrual, náuseas e vômitos, aumento dos seios e tensão mamária, cólicas abdominais, cansaço e sono excessivo, tonturas, alterações do humor, acne, dores de cabeça, alteração do paladar, olfato mais aguçado, entre outros.

As náuseas e vômitos são sintomas muito frequentes no início da gravidez (no primeiro trimestres). Costumam ser matinais, mas em algumas mulheres podem surgir em outros momentos do dia. A alteração do paladar e o olfato mais aguçado podem influenciar ainda mais nesses sintomas.

Devido à queda da pressão arterial, da redução da glicose no sangue, e da má alimentação devido aos enjoos e vómitos frequentes, a mulher grávida pode ter tontura e o sono excessivo.

A mulher poderá se sentir mais cansada que o normal nas primeiras semanas da gravidez. Isso pode ocorrer devido ao aumento nos níveis de progesterona em seu corpo, que mantém o revestimento do útero para ajudar a dar suporte à gravidez.

A alterações do humor, acne e dores de cabeça podem estar relacionadas às mudanças hormonais que o corpo está sofrendo nesse momento.

Nas duas primeiras semanas de gravidez, a mulher pode sentir que os seios ficam mais sensíveis e isto se deve à ação dos hormônios que estimulam as glândulas mamárias preparando a mulher para a amamentação.

O aumento no volume da mama ocorre porque começa a ter o desenvolvimento de glândulas mamárias para suportar as necessidades do bebê com a produção de leite depois do nascimento.

Quais testes de gravidez posso fazer?

Os dois principais testes são: o teste de urina comprado em farmácia e o teste de sangue. Durante a gestação há secreção de um hormônio chamado Gonadotrofina Coriônica Humana.

Este hormônio pode ser testado tanto na urina por meio dos testes de farmácia quanto no sangue feito em laboratório. No teste de urina, como a concentração de gonadotrofina coriônica humana pode ser muito menor que a encontrada no sangue, o resultado pode não ser positivo em gestações iniciais.

O teste de gravidez na urina não precisa de laboratório e pode ser realizado de forma rápida com testes comprados em farmácia, mas o teste com o sangue é a modalidade mais sensível para detecção e acompanhamento no início da gravidez.

Gravidez