Importância da pelúcia no auxílio do desenvolvimento da criança

Quem nunca teve uma pelúcia na infância que era como um chaveirinho? Para onde ia, lá estava o seu fiel companheiro. Mas, muito além da diversão e do companheirismo, os chamados bichinhos de pelúcia possuem uma importante função de auxiliar no desenvolvimento infantil.

Como as pelúcias atuam no desenvolvimento infantil

As pelúcias são objetos que, pelo fato da criança estar em frequente contato com eles, ajudam a desenvolver uma relação afetiva e de proximidade com os bichinhos e permitam que haja a criação de memórias afetivas positivas e que irão agregar na vida dos pequenos.

Como as pelúcias viabilizam a redução da dependência afetiva infantil

Por volta dos 6 meses de idade, as crianças começam a compreender a existência de um mundo externo e, por isso, passam por uma fase de iniciar a independência.

Com isso, a introdução de uma pelúcia na vida da criança permite que ela crie laços afetivos com os bichinhos e, portanto, estabeleçam um sentimento de pertencimento para com a pelúcia, já que o brinquedo propicia uma sensação de segurança sem que haja a rejeição. Com o desenvolvimento dessa relação, os pequenos reduzem sua dependência emocional com os seus responsáveis.

Pensando no bem-estar infantil, a transição deve ocorrer para que essa criança, que um dia se tornará adulto, possa compreender o mundo ao seu redor e fazer suas escolhas baseadas no seu desejo.

Exercício do imaginário infantil

Ao brincar com a pelúcia, a criança passa a criar histórias, conversar com os bichinhos e, também, mantém acesa a chama do seu imaginário.

Além disso, os pequenos aprendem a lidar com seus sentimentos, pois há momentos de desabafos e conversas com seus amiguinhos de pelúcia que permitem que eles próprios compreendam seus sentimentos de raiva, frustração e alegria.

Para os responsáveis, esse é um ótimo momento para observar e analisar os comportamentos dos filhos, uma vez que são durante as brincadeiras que as crianças externam aquilo que está interiorizado e que, portanto, refletem o que ela está aprendendo.

Como limpar os bichinhos de pelúcia

É certo que de tanto os pequenos brincarem com as pelúcias, a hora de lavá-las chegará.

  1. Primeiro, retire todos os acessórios dos bichinhos.
  2. Em seguida, coloque a quantidade ideal de água fria ou de água na temperatura ambiente – proporcional ao tamanho da pelúcia- em uma bacia ou no próprio tanque.
  3. Após esse processo coloque sabão em pó na água e, gentilmente, mergulhe a pelúcia.
  4. Com as próprias mãos vá apertando o bichinho até ele estar visivelmente limpo.
  5. Depois, certifique-se de enxaguar bem e retirar todo o sabão em pó presente.
  6. Tire todo o excesso de água com uma toalha e coloque a pelúcia para secar no sol. Caso possuam cores escuras ou se forem coloridos, o ideal é deixá-los secar na sombra e em ambiente bem ventilado.

Esse também pode ser um importante momento de interação da criança com a pelúcia, em que permitir que ela participe dessas etapas possibilita que ela crie sentimentos de responsabilidade.

Qual a idade limite para uma relação saudável entre pelúcia e criança?

De antemão, a verdade é que esse desapego ocorre de forma natural entre a idades de 3 e 5 anos, porém, caso se estenda por mais tempo, não há motivos para preocupação – somente deve ser observado se há dificuldades de socialização.

Por fim, as crianças podem (e devem) desfrutar de todos os inúmeros benefícios trazidos pelas pelúcias e permitir que isso ocorra auxiliará no seu desenvolvimento.

Gostou do conteúdo? Convidamos você a compartilhá-lo com outras pessoas. Isso nos ajudar a levar o nosso site mais longe.

Importância da pelúcia no auxílio do desenvolvimento da criança