Maquiagem anos 60: tendências e dicas para fazer em casa

A maquiagem anos 60, também conhecida como maquiagem vintage, agrada à muitas pessoas tanto pelo visual quanto pela estética que ela traz consigo.

Quando falamos de maquiagem vintage, já imaginamos ícones como Twiggy, Audrey Hepburn, Brigitte Bardot e a tão espetacular Marilyn Monroe.

Para saber mais sobre este estilo de maquiagem e como fazer em casa, acompanhe este artigo até o final.

Características das maquiagens dos anos 60

Uma das principais características da maquiagem anos 60 é o estilo e a feminilidade que ele traz em todos os detalhes, incluindo tons e técnicas de olhos e pele.

Sendo assim, ao falarmos desse tipo de maquiagem, devemos lembrar que maquiagens com os olhos em foco, tanto nas sombras quanto nos cílios.

Aqui, são muito comuns os delineados bem elaborados junto à raiz dos cílios, tal como o côncavo bem marcado e cílios destacados.

Além disso, as sombras coloridas fizeram muito sucesso, principalmente em tons como o amarelo, azul, verde e branco, aplicadas na pálpebra móvel.

Ainda nos olhos, a linha d’água era marcada com lápis branco, dando a impressão de que o olhar era mais aberto e amplo.

Nos lábios, os batons tinham tons característicos de laranja, rosa ou bem nudes, deixando todo o foco nos olhos.

E claro, os cílios eram impecáveis e muito bem trabalhados com curvex, deixando-os mais curvados.

Para as mulheres que gostam de um olhar mais marcante, os cílios postiços também faziam parte do look.

E quando o estilo era inspirado no estilo Twiggy, os cílios inferiores eram bem destacados, desenhados com delineador, dando a impressão de que haviam mais cílios inferiores.

Para nós, esse tipo de maquiagem pode não fazer tanto sentido, já que as maquiagens atuais trazem muito mais luxo e destaque aos lábios.

Porém, se você deseja realçar o olhar e deixar a impressão de que é mais ampliado, pode utilizar estas técnicas em casa.

Dicas para fazer maquiagem dos anos 60 em casa

Para fazer a maquiagem anos 60, fizemos uma lista do que não pode faltar na sua bolsa de maquiagem. Portanto, tenha em mãos:

  • Primer para deixar a pele mais uniforme
  • Base
  • Corretivo
  • Pó translúcido
  • Lápis para sobrancelhas, caso queira
  • Blushes em tons rosados ou alaranjados
  • Delineador
  • Sombras coloridas para aplicar na pálpebra
  • Máscara de cílios
  • Cílios postiços e cola
  • Batom nude, rosado ou alaranjado

Tendo os materiais, vamos à maquiagem em si. O primeiro passo para ter uma boa maquiagem é preparar a pele, portanto, higienize a sua pele, hidrate-a bem e aplique o primer, garantindo que a pele esteja preparada para receber a maquiagem.

Em seguida, você deve fazer a sua pele da maneira que preferir, utilizando base, corretivo, pó e blush. Para quem gosta de um plus, pode utilizar contornos, deixando o rosto muito mais modelado.

Agora, vamos aos olhos. Para fazer uma maquiagem com o côncavo mais marcado, o ideal é que você sinta onde é o seu globo ocular. Ao tocar, você sentirá um espacinho, encaixando o pincel.

Assim, você irá marcar o seu côncavo com uma sombra da sua preferência, e abaixo dela, na sua pálpebra móvel, irá aplicar a sombra colorida.

Para finalizar, capriche na máscara de cílios e se preferir, complete com cílios postiços para dar um ar mais dramático ao look. Aplique o batom, e voilá: a sua maquiagem anos 60 está pronta!

Conclusão 

A maquiagem anos 60 pode ser tanto dramática quanto clássica, embelezando ainda mais o seu rosto e trazendo feminilidade ao look.

Escolhendo a técnica certa, você pode trazer mais brilho à sua personalidade, compondo uma imagem chique, e ao mesmo tempo, atemporal.

Post anterior: Maquiagem de natal: tendências e inspirações

Maquiagem anos 60