O que é ultrassom com doppler?

Em dúvida sobre o que é ultrassom com doppler? Então, saiba que esse é um exame de imagem colorido muito importante. Porque, ajuda com o diagnóstico de diversas condições de saúde. E no artigo de hoje nós vamos conhecer mais sobre ele.

Realizar uma ultrassonografia é uma das melhores formas de avaliar as condições de saúde internas no organismo. No entanto, o ultrassom com Doppler é ainda melhor que uma ultrassonografia tradicional.

Continue lendo e entenda como esse exame funciona. Mas, considere que as informações desse artigo visam apenas aproximar o conhecimento médico-científico das pessoas comuns. Procure seu médico para se informar melhor.

O que é ultrassom com Doppler e por que é um exame eficaz?

A ultrassonografia com doppler  possibilita realizar uma análise muito detalhada do fluxo sanguíneo no corpo. Além de uma excelente visualização dos vasos sanguíneos.

Para realizar o exame, o equipamento emite ondas sonoras no corpo que geram imagens dos tecidos e órgãos internos. Então, tanto o médico quanto o paciente podem acompanhar tudo em tempo real.

As imagens geradas são coloridas e muito ricas em detalhes. Já a diferença para outra tomografia convencional é a visualização do fluxo sanguíneo. Pois, é o exame com Doppler que permite essa possibilidade.

Ou seja, a ultrassonografia convencional também realiza exames através da emissão de onda sonoras que geram imagens. Mas, não com o mesmo nível de detalhamento do doppler.

A ultrassonografia doppler é um método indolor

Além de ser um exame muito eficaz, realizar uma ultrassonografia  não dói. Um detalhe importante para quem questiona o que é ultrassom com doppler. 

Outro ponto positivo é que esse tipo de exame não utiliza nenhuma radiação nociva ao paciente. Como é o caso de outros exames de imagem, por exemplo, o Raio X.

Então, fazer um ultrassom com Doppler é muito seguro e prático tanto para o paciente, quanto para o médico. Pois, não traz nenhum efeito colateral e proporciona resultados muito satisfatórios.

Lembre-se: para saber mais sobre o ultrassom com Doppler procure seu médico. Esse artigo não substitui a orientação médica.

O que é ultrassom com doppler: as indicações do exame

Antes de tudo, saiba que o ultrassom com Doppler só é realizado com solicitação médica. Porque, é um médico que ainda determina a necessidade ou não de realizar esse tipo de exame.

Confira as principais indicações desse método:

  • Para diagnosticar possíveis alterações nos vasos sanguíneos;
  • Analisar o fluxo sanguíneo em veias e artérias para determinar a ocorrência de alguma anormalidade;
  • Avaliar o fluxo sanguíneo na placenta durante a gestação.

Vale lembrar que as alterações dos vasos sanguíneos podem ocorrer em qualquer órgão do corpo ou tecido. E causar problemas graves, como trombose, varizes e aneurismas.

O que é ultrassom com Doppler: saiba como é feito o exame

A ultrassonografia com Doppler é feita através de um aparelho específico capaz de emitir ondas sonoras que geram imagens. Portanto, o paciente é deitado em uma maca e o médico posiciona o equipamento na área que será observada.

É necessário aplicar um gel na região do corpo examinada para facilitar que o transdutor deslize sobre a pele. Então, o aparelho gera as imagens que são mostradas em um monitor de computador.

Além disso, na maior parte dos casos, o paciente não precisa de nenhum cuidado adicional para se preparar para o exame. Com exceção do ultrassom da aorta e das artérias renais. 

Pois, para esses exames, é preciso evitar consumir alimentos gordurosos, bebidas gaseificadas e laticínios. Esses cuidados começam no dia anterior ao exame.

Concluindo

A ultrassonografia com doppler representa uma forma mais avançada do ultrassom convencional. Portanto, é um exame muito útil em determinadas situações clínicas.

Esse tipo de exame também é solicitado durante a gestação. Por, é importante acompanhar o fluxo de sangue da placenta para o bebê. Então, agora você já sabe o que é ultrassom com doppler.

No entanto, não se esqueça que as informações desse artigo não substituem uma orientação médica mais detalhada. Procure seu médico e se informe melhor. Ainda ficou com dúvida? Comente!

Post anterior: Indutor de ovulação: o que é, e para quem é recomendado

o que é ultrassom com doppler