Óleo de rícino para que serve: descubra agora

Óleo de rícino para que serve e quais os benefícios, descubra isso e muitos mais neste texto. Você que está lendo este artigo, com certeza já usou o óleo de rícino no cabelo ou na pele, mas sabia que ele possui outros benefícios vantajosos?!

Bom, é exatamente sobre este óleo que iremos abordar neste conteúdo.

Diante disso, para não ficar desatualizada(o) de nenhuma informação, acompanhe o artigo por completo!

Extraído de plantas medicinais conhecidas como mamona, carrapateiro e bafureira, além de ser benéfico para a saúde do cabelo e pele, o óleo de rícino é amplamente utilizado para tratar diversas condições como artrite, caspa e prisão de ventre.

Seu nome científico é Ricinus communis e pode estar sendo adquirido em comércios do ramo de beleza, drogarias e hipermercados.

Uma das pronúncias mais faladas é o chamado Laxol, que custa em torno de R$ 25,00.

Óleo de rícino para que serve e quais as vantagens de utilizá-lo?

O óleo de rícino tem características analgésicas, anti-inflamatórias, antioxidantes, antibacterianas e laxantes.

Aliás, a riqueza do óleo é em ácido linoleico, vitamina, ácidos graxos e sais minerais, e possui excelente poder de detergência e hidratação, por exemplo, na pele e no couro cabeludo.

Portanto, abaixo estarei citando para o que serve o óleo de rícino:

  1. Garante uma aparência mais suave, hidratando a pele, eliminando os radicais livres, estimulando a produção de elastina e colágeno e atrasando o surgimento de linhas de expressão.
  1. Hidrata o couro cabeludo e combate a queda e a queda de cabelo.
  1. Sua ação laxante é a regulação do intestino e pode ser usada para tratar problemas digestivos como a prisão de ventre.
  1. Prevenção e gestão de infecções bacterianas ou fúngicas devido à sua capacidade antibacteriana.
  1. Combate a caspa e os piolhos.
  1. Sendo um agente analgésico e anti-inflamatório, reduz a dor e o desconforto causados ​​por, por exemplo, artrite, osteoartrite e gota.

Além do mais, o óleo de rícino também pode ser usado para aliviar a coceira e as erupções cutâneas na pele.

Qual a maneira correta de utilizar o óleo de rícino?

Nós já sabemos que o óleo de rícino é extraído das folhas e sementes da mamona e é utilizado de acordo com sua finalidade.

Mas o questionamento de agora é: Como usar o óleo de rícino?!

  • Para hidratar o cabelo: Pode ser aplicado diretamente no couro cabeludo ou colocado em máscara para hidratação.
  • Para hidratar a pele: Pode ser aplicado diretamente na pele e massageando suavemente.
  • Para tratar a constipação: Tome 1 colher de sopa de óleo de rícino diariamente.

Os óleos podem ser usados ​​para combater os cálculos biliares, mas é aconselhável consultar um gastroenterologista ou fitoterapeuta para obter instruções sobre como usá-los.

Quais são os possíveis resultados colaterais do óleo de rícino?

O uso indiscriminado do óleo de rícino pode causar convulsões graves, náuseas, vômitos e desidratação.

Somando a isso, grandes doses na pele e couro cabeludo podem causar inflamação e formação de acne se a área for exposta ao sol por longos períodos de tempo.

As folhas e sementes de ricino são tóxicas e só devem ser usadas sob supervisão médica.

Ademais, é proibido em bebês, pessoas com síndrome do intestino irritável ou obstrução intestinal, mulheres lactantes e mulheres grávidas.

Por isso, antes de utilizar o óleo de rícino, veja quais são as contraindicações, para que você não tenha nenhum problema com a sua saúde física.

Dicas finais sobre óleo de rícino para que serve

Finalizando este artigo, através deste conteúdo você aprendeu sobre o óleo de rícino para que serve, além do mais oferecemos a você quais são as vantagens de utilizá-lo para seu bem estar.

Diante disso, compartilhe este guia para uma amiga que não sabe, de forma detalhada, para o que serve o óleo de rícino.

Post anterior: New Skin

Óleo de rícino para que serve