Qual antialérgico gestante pode tomar?

Saber qual antialérgico gestante pode tomar é uma dúvida comum na gravidez. Afinal, esse é um período em que o corpo da mulher se transforma para formar uma nova vida.

Logo, as mulheres grávidas precisam ter alguns cuidados especiais. Principalmente, com os medicamentos utilizados durante a gravidez.

Foi pensando nisso que elaboramos o artigo de hoje. Mas, não se esqueça: as informações que disponibilizamos aqui não substituem a necessidade de uma consulta médica.

Então, se você precisa tomar remédios durante a gestação, o ideal é procurar um especialista em ginecologia e obstetrícia. E não tome remédio sem prescrição médica.

Dito isto, confira a seguir qual antialérgico gestante pode tomar e tire suas dúvidas.

Qual antialérgico gestante pode tomar: uso de remédios durante a gestação

Antes de tudo, saiba que os medicamentos devem ser evitados o máximo possível na gestação. Pois, muitos deles podem causar complicações e interferir no desenvolvimento do feto.

Mas, segundo ASBAI – Associação Brasileira de Alergia e Imunologia, é muito comum a ocorrência de problemas alérgicos na gestação. Entre as doenças alérgicas mais comuns nesse período podemos citar:

  • Asma;
  • Renite alérgica;
  • E a dermatose alérgica.

Esses problemas afetam a qualidade de vida das gestantes. Além disso, os problemas com alergia estar presentes desde antes da gestação.

Portanto, não é incomum que algumas mulheres já estejam em tratamento antialérgico (imunoterapia) ao ficarem grávidas. No entanto, os problemas com alergia também podem aparecer durante a gravidez.

Antialérgicos na gravidez: pode ou não pode?

Sim, é possível tomar antialérgicos durante a gravidez. Pois, a própria ASBAI destaca que a gestante não precisa sofrer com alergias.

A associação também alerta que as vacinas para imunoterapia podem prosseguir durante a gestação. Ou seja, não é necessário parar o tratamento antialérgico iniciado antes da gravidez.

Mas, se o seu médico solicitar a interrupção do tratamento, você deve obedecer a ordem médica.

A ASBAI também recorda que o tratamento para alergia não deve ser feita apenas com medicamentos. Pois, a gestante também deve manter a casa livre de ácaros. Além de ficar longe de qualquer tipo de poeira e fumaça de cigarro.

Então, qual antialérgico gestante pode tomar?

Conforme a ASBAI, todos os antialérgicos, também chamados de anti-histamínicos, podem ser consumidos na gravidez. Portanto, a grávida que precisar de antialérgicos tem opções.

Nesse contexto, a clorfeniramina, a loratadina e a difenidramina estão entre os antialérgicos mais seguros durante a gestação. Mas, é importante destacar: esses medicamentos e, quaisquer outros, só devem ser usados com prescrição médica.

Outro ponto importante é que alergia normalmente não é perigosa para o bebê. No entanto, pode afetar a mãe de diferentes formas. Por exemplo, pode afetar a qualidade do sono, o apetite e até a questão emocional.

Então, se alergia está incomodando você na gestação, procure um médico ginecologista ou obstetra para solicitar uma avaliação. E, se for o caso, começar um tratamento.

Qual antialérgico gestante pode tomar se nunca fez imunoterapia para alergia?

O entendimento entre os médicos especialistas em alergia e imunologia é que é contra indicado começar a imunoterapia na gestação. Além disso, não é recomendado utilizar antialérgicos nos três primeiros meses da gravidez.

No entanto, é sempre necessário avaliar os riscos e os benefícios caso a caso. Já que em situações mais graves, o médico pode sim receitar antialérgicos para gestante.

Portanto, de um modo geral temos as seguintes situações:

  • Não iniciou o tratamento antes da gestação: recomenda-se não começar na gravidez;
  • Está na fase de progressão inicial (inicio): recomenda-se suspender o tratamento e voltar após o parto:
  • A gestante está na fase de manutenção do tratamento: é permitido continuar com as doses mensais de antialérgicos.

Outra dica dos médicos especialistas é que as mulheres alérgicas procurem um especialista em alergia antes de engravidar.

Conclusão gravida pode tomar antialérgico

gravida pode tomar antialérgico
gravida pode tomar antialérgico

De uma forma geral, as grávidas podem tomar qualquer tipo de antialérgico. Mas, o uso deve ser feito apenas sob supervisão médica.

Vale lembrar o antialérgico são receitados de forma individual, conforme o caso de cada gestante. Portanto, não se automedique. Procure seu ginecologista ou obstetra, e se informe antes.

Agora que você já sabe que gravida pode tomar antialérgico e qual antialérgico gestante pode tomar, ficou com alguma dúvida? Comente!

Post anterior: Maquiagem para peles maduras: 4 dicas simples e úteis 

Qual antialérgico gestante pode tomar