Exercícios na gestação – Conheça o acessório que será seu melhor amigo para exercícios

Não há dúvidas de que os exercícios físicos são essenciais para a saúde da mulher. Para a mulher adulta, inclusive, focando principalmente na gestação, há inúmeros benefícios tanto para a mãe quanto para seu bebê.

Porém, muitas mulheres ainda têm receio de praticar atividades físicas na gestação devido a dúvidas sobre possíveis complicações. Além disso, o fator tempo também impede que muitas mulheres possam começar a treinar. 

Pensando nisso, e para resolver esse problema que muitas mulheres têm enfrentado nos últimos anos, tivemos o desenvolvimento de alguns equipamentos que são verdadeiros amigos para os exercícios durante esse momento complicado, como é o caso das mini bands

Prático, eficiente e fácil de usar, diferente de muitos outros tipos de treinos, os exercícios com mini band podem ser realizados em qualquer lugar e, como poucos minutos de exercícios durante o dia, já é o suficiente para queimar gordura, tonificar os músculos e a modelar o corpo.

Se você gostou da ideia mas quer entender um pouco melhor para que realmente serve uma Mini Band e como você gestante por usufruir deste equipamento, continue lendo, pois vamos te contar tudo.

Mamães fitness – A importância da atividade física na gravidez 

Não há dúvidas de que a atividade física na gestação é de extrema importância e, com os cuidados certos e orientação médica só traz benefícios.

Mas claro, a gestação não é o momento para secar o abdômen ou mesmo definir os músculos, mas nem por isso deve abolir a ideia de trazer esta prática para sua vida. 

Isso porque ao lado do fortalecimento muscular, se exercitar prepara fisicamente as mulheres para o parto, principalmente o normal, aumentando a elasticidade e ajudando a aguentar melhor as várias horas que o processo pode levar. 

Além disso, esta mesma disposição é muito bem-vinda para equilibrar melhor as mudanças na rotina após o nascimento do bebê e voltar à forma.

Outro ponto interessante é que, manter o corpo ativo ajuda ainda a amenizar os desconfortos que a gravidez naturalmente traz, como dor nas costas e inchaço, é importantíssimo para lidar melhor com a onda de hormônios e controlar o surgimento de doenças próprias da gestação como a diabetes gestacional e a hipertensão. 

A prática de atividade física durante a gestação também melhora a autoestima e a qualidade do sono, aumenta a sensação de bem-estar e atua efetivamente no controle do ganho de peso.  

E o melhor, as futuras mães estão liberadas para quase todas as modalidades, desde que seja recomendada pelo obstetra. Musculação, alongamentos, ioga, ginástica funcional e exercícios aeróbicos são todos bem-vindos. 

A principal recomendação para todas as grávidas, no entanto, é evitar atividades de impacto. Para as sedentárias, o ideal é priorizar aquelas que mexem mais com a musculatura e os ligamentos do que com o aeróbico. 

Por isso, o treino ideal na gestação é aquele que tem como base o histórico físico e fitness de cada mulher e, paralelamente, respeite o desenvolvimento gradual da gestação a cada mês.

Felizmente, como falado no início do artigo, tivemos o desenvolvimento de alguns equipamentos que visam trabalhar a musculatura e os ligamentos de uma forma gradual e eficiente como é o caso da Mini Band. 

Acessório multiuso e prático de se usar, as Mini Bands tem realmente revolucionado a forma como treinamos. 

O que são mini bands? Acessório cada vez mais presentes na vida dos praticantes de atividade física

Criado inicialmente para a recuperação muscular, articular e dos tendões, a mini band se popularizou pelo mundo ao longo dos anos e hoje se tornou uma verdadeira febre entre os praticantes de atividades físicas. 

O acessório apresenta uma espessura específica e é feito de látex altamente resistente e tem como principal deve oferecer resistência ao corpo, fazendo com que o mesmo se fortaleça através de exercícios específicos. 

Neste caso, é justamente devido ao seu material que é possível realizar diversos movimentos com mais potência e segurança

Tudo isso fez das mini bands um elemento a mais nos treinos em academias e salas de treinamento funcional e para quem quer fortalecer desde os músculos até as articulações. 

E o melhor, ele pode ser usado por praticantes de qualquer nível, sem limite de idade tanto na fase de aquecimento e mobilidade, como na parte técnica de força/estabilização do treino.

A grande verdade é que com poucos minutos de exercícios por dia já é o suficiente para perceber os resultados aparecerem. Além disso, o treino com as mini bands também não tem idade, condicionamento ou local para treino, basta escolher seu nível de resistência e começar a praticar com elas.

Além disso, é possível também emagrecer usando o mini band, pois essa faixa de resistência aumenta a frequência cardíaca e trabalha para o fortalecimento dos músculos.

Conclusão

E aí? O que achou do artigo? Gostou das dicas e informações?

Como foi frisado durante a leitura do artigo, a atividade física na gestação é de extrema importância e, com os cuidados certos e orientação médica (sempre!), só traz benefícios.

A principal recomendação para todas as grávidas é evitar atividades de impacto. O ideal é priorizar aquelas que mexem mais com a musculatura e os ligamentos e usar equipamentos desenvolvidos especificamente para esse tipo de treino, como é o caso das mini bands. 

Diferente de muitos outros tipos de treinos, os exercícios com mini band podem ser realizados em qualquer lugar e como poucos minutos de exercícios durante o dia, já é o suficiente para queimar gordura, tonificar os músculos e a modelar o corpo.

Além disso, o treino com as mini bands também não tem idade, condicionamento ou local para treino, basta escolher seu nível de resistência e começar a praticar com elas. Vamos lá?

Exercícios na gestação