Meu filho morde os coleguinhas

Eis que hoje chegou o bilhete que eu já esperava. “Mamãe, o Vítor está mordendo os coleguinhas”. Que novidade, penso eu. Se ele já devorava a mãe e o pai, imagina o que iria fazer com aqueles bebês, todos fofos e cheios de dobrinhas.

Na verdade, antes da irônia veio o sentimento “mãe de merda”. O que aconteceu com meu filho querido, amado e carinhoso? Foi trocado depois que fez um ano? Virou um pequeno monstro? Também imaginei a gente na pracinha e as outras mães apontando para meu filho e dizendo: “Aquele, o baixinho, ele é perigoso”.

Acontece que está difícil de lidar com a fase atual, das birras, dos tapas e das mordidas. A gente está sem saber o que fazer.

Para tentar achar uma solução liguei para a psicóloga da escola do Vítor, vulgo minha madrinha e vizinha. Ela disse que é normal, que é da idade. Comentou que é uma forma dos bebês se expressarem e que eles não fazem isso por maldade, como agressão.

Como orientação ela destacou que não devemos gritar nem fazer muito caso da situação. A melhor coisa seria conversar, dizer que faz dodói, que não é legal. Cem vezes. Mil vezes. Muito provavelmente um milhão de vezes. Mas insistir no papo cabeça, que uma hora vai passar.

Então tá, né? Vamos lá. E que ele não faça muitas vítimas até passar (tô pensando na pobre da irmã, quando nascer já vai levar uma bela dentada do mano, de recepção).

Comentários Facebook

24 comments

  1. Vem ca! Vamos nos abraçar e chorar juntas! Ta dificil amiga, ta dificil aqui eu sou o alvo, o pai as vezes, mas mordida é cmg, pq a pedi disse p conter se vejo q vai morder ai eu contenho e ele morde minhas maos, enfim, ta beeeem cansativo, but vamo la!!

    Com os amiguinhos é “só” puxao de cabelo, mas menos mal q mordidas… Passa? Promete p mim q nao vai chegar aos 18 mordendo??? Hehehe bjos

    View Comment
  2. Olá!
    Sei exatamente o que está passando. Falo da nossa experiência no blog (http://decaronanacegonha.blogspot.com.br/2012/01/minha-pequena-mordedora.html). Luna tb dá tapas quando é contrariada, mas no milésimo segundo seguinte me olha com toda certeza do mundo que fez coisa errada. Olho bem fundo nos olhos dela com cara de brava ou seguro seu bracinho firme e digo que não pode, que mamãe fica muito triste. às vezes mal acabo de dizer e ela vem toooooooooooooda (toooooooooooooooooooooooooooooooooooda) dengosa ‘Mamã’ e me abraça. Eles são mais espertos do que a gente. Mas é fase mesmo, TODO mundo me diz, mas que ´´e fod*, é fod*!
    Beijos

    View Comment
  3. Eu sinceramente acho que é a escolinha que faz os filhos virarem uns mosntrinhos! Por isso tenho tanto medo de deixar o Otávio em uma.
    Ele é um doce de criança, divide as coisas, muitas vezes eu o testo tirando algo da mão dele… ele fica bravo, vermelho, grita, pega outro brinquedo e n olha pra minha (me ignora mesmo) cara por uns minutos…. huehueheuheuheuheu
    Então juro que acho que é na escolinha que eles aprendem “maus hábitos” vendo algumas crianças não tão educadas e tal………….
    mas é uma fase mesmo, as profes deveriam cuidar mais pra não deixar ele fazer.

    View Comment
  4. Vixe, aqui em casa ta assim tb, alem de morder, ela ainda eh sadica, morde e da risada..nao sei o que eu faço. Outro dia ela puxou o meu cabelo e eu puxei o dela de volta. Pelo jeito a ttica eh mesmo dizer mihoes de vezes que nao pode, que eh pra fazer carinho…oh fase.

    View Comment
  5. Leticia

    Nanda….a confusão para colocar a roupa continua até sei lá que idade, o meu filhote esta com 3 anos, vc sabe, e a confusão ainda é igual…..santa paciência….que dure essa nossa paciência por uns bons anos.

    View Comment
  6. Jéssica Becker

    Nossa, não sei se é bom saber que não sou só eu que passo por isso! rsrs
    Gente meu pequeno Samuel, esta TERRIVEL! rsrs
    Bate, grita ate fica vermelho e depois entra em desespero!
    Tem horas que tá todo mundo de SACO BEM CHEIO, e vocês sabem, depois de um dia de trabalho a gente não ta com tanta paciência assim né?! Então lá vem os gritos da mamãe, mas que depois ta toda arrependida, pq a gente sabe que precisamos de muita mas mUIIiiIta paciência mesmo! rsrs
    Chegar em casa e ver aquele anjinho correndo pra te abraçar e depois de um segundo ele querendo te bater, uii isso da medo! é muito cansativo e estressante!
    As vezes fico me perguntando se ele esta estressado, pq não sabe se expressar direitinho, se eu fiz algo errado no modo de ensina-lo!
    Bom adorei o blog, e vou virar uma seguidora! o/

    View Comment
  7. Karina

    Oi é já passei por isso, tenho um menino de 14 anos e um de um ano e dois meses, meu pequenino de um ano também é Vitor hehehehe, Mas por enquanto é tranquilo. É um fase realmente e você não tem culpa disso, não se preocupe, vai passar para alguns é mais difícil e para outros não, tem que ter paciência mesmo e explicar não tem jeito, adorei seu blo só não achei onde seguir para poder acompanhar, beijão! Karina http://kcamaeartesa.blogspot.com.br/

    View Comment
  8. Ana Alcantara

    Muito difícil esse assunto!
    Meu filho começou a querer morder nosso cachorro(hein?!) e eu fui muito dura com ele. Durou uma semana, no máximo e nunca mais aconteceu, mas ai começaram a morder ele na escola!!!
    E pode acreditar que é horrível ver o seu filho machucado, mostrando a marca da boca do coleguinha fora de controle marcada no braço ou na mãozinha. Meu filho nunca mordeu nenhum amigo mas deve ser muito melhor o filho morder do que ser mordido e por isso mesmo sugiro muito ação. As mordidas machucam de verdade e tb magoam muito. Afinal é um amigo que esta agredindo e mesmo que ele não tenha essa intenção quem é agredido se sente assim mesmo. Agredido e não é só na hora não. Leva dias para passar a dor e a marca..
    Boa sorte por ai! E leve esse assunto muito a sério.
    Abraço,
    Ana

    View Comment
  9. Ai Ananda, olha so falei c a pediatra e ela me disse ser aceitavel e normaaaaaal numa disputa por algo brinquedo, espaço, atençao, tds crianças defenderem seus direitos como podem é o natural do ser humano. Nao se preocupe tanto e falo isso por mim e para mim tbm. Nao se cobre tanto a culpa nao é sua e te digo algo q to aprendendo nessa caminhada NAO adianta falar com mae de crianca que nao morde, elas nao entendem, o mundo delas é outro e apesar de fazermos tudo perfeito a culpa vai ser sempre nossa.

    Lucas nao vai em escolhinha, lucas nunca foi mordido ou viu alguem mordendo, lucas morde. Quem vai explicar? Freud??

    Bjo amiga! Eu sei oq tu passa e sei oq passa na tua cabeça com base na minha, nao é facil e eu penso q quem nao vive isso nao pode ficar falando ao vento…

    View Comment
  10. querida, super normal isso, e o que a psicóloga e amiga te falou é perfeito!
    outra coisa que eu fazia (o caio teve uma mini fase assim também) era tentar identificar em que situação ele mordia: quase sempre era em disputa por brinquedos, em que algum amiguinho mais velho vinha tentar tirar o brinquedo dele, e o único jeito que ele sabia se defender era mordendo, ou então era com uma única amiguinha, que eles tinham uma relação “entre tapas e beijos”… hehehe… ele mordia e ela arranhava… uma beleza!
    Depois, já um pouco maiorzinho, ele cismou com um amiguinho da turma que não sabia falar e se comunicava cutucando, apertando os amiguinhos e ele, sem saber como lidar com aquilo, mordia. Identificando as situações facilitava também a forma de lidar com ele, o que explicar, como conduzir… porque, justamente como ela falou, ele tá expressando algo através da mordida, e é importante tentar identificar O QUÊ ele está expressando, e não apenas reprimir a expressão, né?
    (e ó, considerando que eu descobri agora que você tá grávida, isso pode estar afetando ele, amplificando as birras e tal… já pensou nisso?)
    Ai, falei falei… espero ter ajudado!
    beijo
    thaís

    View Comment
  11. Adorei todos os comentários, tenho um lindo bebê de 1 ano e 2 meses e ontem recebi um recado da escola falando exatamente isso, que esta agrassivo, mordendo e batendo nos amiguinhos..me senti mto mauuuuuuuuuuuuuuuuuu, estou aliviada com medo…vou questionar a escola e entender e tentar mudar de alguma forma…não é facil…trabalho o dia todo ai vem a culpa….
    Estou gravida e fico ainda mais preocupada…mas vamos conseguir…
    Bju a todas!!

    View Comment
  12. Pingback: Notícias rápidas | projeto de mãe

  13. Ana

    Bom estou passando por essa situação tbm o meu filho é um bebe de 1 ano e 8 meses é um bebe muito feliz, mas ele fica na creche que eu trabalho como professora e ele é super participativo nas atividades se concentra muito mas esta mordendo muito, fui chamada na secretaria e falaram que esta dificil pq ele morde muito me sentir muito mal como mãe sou muito presente na vida do meu filho em todos os aspectos e o pai tbm embora o mesmo fique pouco tempo diariamente, mas não sei o que fazer estou desesperada…. Até psicologa sugeriram para o meu filho mas acho que com a idade que tem não há nada a ser feito converso muito com ele todos os dias…

    View Comment
    • Ananda Etges
      Author

      Oi Ana! Tenha calma e seja paciente. É difícil, mas logo vai passar! Converse bastante com ele e explique que isso não é legal e tudo mais. Beijos e boa sorte!

      View Comment
  14. MONIQUE

    OLÁ MAMÃES! ESTOU AQUI COM LÁGRIMAS NOS OLHOS. ACABEI DE CHEGAR DO COLÉGIO. MEU FILHO TEM TEM 3 ANOS É UM MENINO MUITO ESPERTO, SAPECA E CARINHOSO. MAS MORDEU POR DUAS VEZES O MESMO AMIGO DA ESCOLA. A MÃE DO COLEGUINHA ESTÁ QUERENDO TIRA-LO DA ESCOLA POR CAUSA DO MEU FILHO. ESTOU ME SENTINDO A PIOR MÃE….. SERÁ QUE ELA NÃO ENTENDE QUE É UMA REAÇÃO DA CRIANÇA? ENTENDO O LADO DA MÃE, MAS PRECISA TANTO? ME AJUDEM MENINAS…

    View Comment
    • Ananda Etges
      Author

      Oi Monique! Desculpa a demora para te responder. Eu sinto muito pelo que aconteceu. Sei como é ruim quando nossos filhos são mordidos, mas realmente acho uma reação um tanto exagerada da outra mãe. Busque mediação da escola para tentar resolver a situação. Boa sorte! Beijos!

      View Comment
  15. Pingback: Como sobreviver ao terrible 2 - Projeto de Mãe | Projeto de Mãe

  16. Aline

    Oi,meninas!Depois de 3 reclamações que minha filha de 2 anos e 5 meses estava batendo nos coleguinhas da escola.
    Veio o que eu temia.Agora está mordendo.
    Fui chamada na cordenação para ver o estrago que ela fez no braço de duas coleguinhas maiores que ela.
    Estou me sentindo um lixo,uma péssima mãe.
    E não sei como agir em relação a isso.
    Já conversei mil vezes.Parei de dar mimos.
    Até apelei para super Nany na cadeirinha do pensamento.
    Preciiso de ajuda!

    View Comment
    • Ananda Etges
      Author

      Oi Aline! Com essa idade eles já entendem bastante coisa. Eu te aconselho a conversar com a tua filha e tentar enxergar o que pode estar resultando nesse comportamento. Talvez seja uma fase normal ou, ainda, uma forma de expressar um sentimento reprimido. Busque no diálogo e no afeto compreender como ela se sente.

      Outra coisa importante é estar em contato direto com a escola, para questionar em que situações as mordidas acontecem e como vocês podem trabalhar juntos (família e escola) para solucionar a situação.

      Abraço e boa sorte, sei exatamente como tu te sente e não é fácil!

      View Comment
  17. Queila

    Oi, esse blog me trouxe um alívio num momento de desespero hoje! Sou mãe de gêmeas de 1 ano e 8 meses e as duas estão na creche desde os 6 meses! Fui chamada na direção porque as duas estão se mordendo e mordendo as outras crianças, na verdade o que mais me chateou foi que elas foram taxadas como “as mordedoras” da turma. É muito pior que ser mãe da criança mordida porque vc se sente um cocô. Converso muito mas a fase está terrível!

    View Comment
  18. Estou Desesperada nao sei o q fazer minha filha a tres dias mordendo em seguida na creche reclamaçao todos os dias ja estou comedo de expulsa-la alguem me ajuda oque devo fazer?

    View Comment
    • Ananda Etges
      Author

      Oi Edivania! É super normal e acontece com muita gente. Em primeiro lugar, tente ficar tranquilo. Quantos anos ela tem? Tente conversar com calma e explique que não é bacana e que quando ela precisar de ajuda deve chamar a professora. Muitas crianças mordem como defesa, tente mostrar outras formas de se defender sem agressão. Boa sorte! Beijos

      View Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *