O conto do cachorro grandão: cuspindo pra cima

Era uma vez uma mãe que não gostava de assustar os filhos. Ela tinha pavor de terrorismo infantil, com apelo ao homem do saco e outros seres bizarros do imaginário popular.

Um dia, ela estava passeando com os dois filhos em uma calçada. A mais nova estava no carrinho e o mais velho caminhava ao seu lado.

O menino, curioso que era, decidiu comandar os próprios passos e saiu correndo. Como estavam uma uma rua movimentada e a mãe não podia simplesmente largar o carrinho ou correr com ele para sair atrás do menino, ela, sem pensar, gritou: “Vem aqui, olha o cachorro grandão”.

Pronto. O cuspe se esparramou bem no meio da sua testa. “Eu nunca vou fazer isso”. Aham, nunca.

A mãe não sabe explicar a origem do cachorro grandão. Ela apenas falou a primeira coisa que veio na cabeça. O filho, surpreendentemente, hesitou quando ouviu o clamor e foi ao seu encontro. Ou seja, meta alcançada: parar o menino.

Acontece que o fato internalizou na mãe o poder do cachorro grandão. Agora, qualquer deslize acaba em: “Olha o cachorro grandão”.

Pelo menos não é o homem do saco, né?

Comentários Facebook

6 comments

  1. Pingback: 10 coisas que aprendi sobre vínculo, respeito e segurança entre pais e filhos - Projeto de Mãe | Projeto de Mãe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *