Viagem sem filhos: será sonho ou realidade?

Amanhã faremos uma pequena viagem sem filhos que nem sei se dá para chamar de viagem. Coisa de um fim de semana rápido, em Pelotas, para formatura de uma amiga.

Nem preciso dizer que já surtei 821727151 vezes antes mesmo de começar a arrumar as coisas. Ver hospedagem, local da festa, programação com os amigos, roupa pra festa (uma chatice!), maquiagem, cabelo e tudo que temos que levar. Isso sem falar em organizar as coisas das crianças, que vão ficar com meus pais. Pijama, escova de dente, brinquedos, fraldas, lencinhos e todo gigantesco kit para passar uma noite fora de casa.

Daí que hoje, quando pensei que estava tudo mais ou menos ok lembrei do Dexter. Quem vai ficar com nosso cachorro? Foi uma correria. Liga aqui, liga lá. No fim, minha mãe vai levar o troféu vó do ano, pois além do Vítor e da Clara, vai faturar o Dexter.

Olha, não é mole! Todo esquema necessário para tão pouco tempo já me deu uma canseira incrível! Se não fosse por uma amiga era capaz até de desistir, antes mesmo de colocar o pé na estrada!

Por outro lado, vocês não imaginam a minha alegria de poder curtir um fim de semana com o marido e amigos. Algo diferente, um lugar novo, pessoas queridas. Isso dá fôlego para encarar a maratona pré-festa.

Outro ponto de incentivo é saber que os pequenos já estão cheios de programação com os avós. Filme, pracinha, aniversário. Pelo jeito o fim de semana da duplinha vai ser agitado também!

Boa sorte para todos nós! Semana que vem conto como foi (:

Cara de quem vai se comportar muuuuito bem com a vovó e o vovô

Cara de quem vai se comportar muuuuito bem com a vovó e o vovô

Comentários Facebook

0 comments

  1. Pingback: Dicas para viajar (tranquilo) sem os filhos | Projeto de Mãe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *