Falando sobre amor com crianças

Dias atrás eu contei uma história diferente para o Vítor e a Clara antes de dormir. A hora da história é sagrada, apesar da mamãe aqui ser péssima. Acabo contando a mesma história muitas vezes e já estava na hora de inventar uma nova.

Na narrativa daquela noite, falei sobre um tio e seu namorado. Na primeira citação do casal o Vítor me interrompeu: “Mas mãe, homem não pode namorar com homem”.

Fiquei surpresa e logo perguntei: “Quem falou isso, filho?”. Ele se enrolou e entrei com a explicação. Comentei que homem pode namorar homem e mulher pode namorar mulher. Que isso é normal, assim como homem namorar mulher. O importante é um gostar do outro, é existir amor.

Citei exemplos, perguntei se ele entendeu e seguimos normalmente com a história.

Afinal, não se trata de falar sobre homossexualidade. É falar sobre amor, em todas as suas formas. É falar sobre respeito. Simples assim.

amor

Imagem: Unsplash

Comentários Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *