Como arrumar o quarto para o irmão mais velho dividir com o bebê

Quarto compartilhado pode ser uma boa opção para os pais que não possuem muito espaço em casa

A chegada de um novo bebê é sempre motivo de comemoração para toda a família, inclusive para as crianças que serão promovidas a irmãos mais velhos. Na nova gestação, os pais já estão mais familiarizados com tudo que envolve a maternidade e a paternidade, mas em alguns casos o quarto do pequeno pode ser motivo de preocupação.

Quando a família cresce e a casa não comporta mais um cômodo para abrigar o novo integrante, é comum que os pais juntem o bebê e o irmão mais velho em um mesmo ambiente. Embora ganhar um irmão mais novo empolgue os mais velhos, a divisão dos quartos pode ser um momento difícil e deve ser feita de maneira cautelosa e criativa para não gerar estresse para as crianças dar a impressão de que um invadiu o espaço do outro.

Criar um cômodo que agrade duas crianças de idades diferentes pode não ser uma tarefa fácil para os pais, mas algumas dicas podem ajudar nesse processo. É possível, por exemplo, investir em papel de parede para quarto infantil e trazer uma temática para o ambiente, utilizar os móveis para otimizar o espaço e criar um cantinho especial para que os irmãos possam interagir e brincar juntos.

Crie um tema para o cômodo

Alguns aspectos que podem ajudar a criar um cômodo aconchegante tanto para o irmão mais velho quanto para o bebê são os temas e as cores. Por se tratar de um ambiente que irá receber crianças de idades diferentes, é preciso que a escolha seja agradável para os dois.

Para não errar, a dica é apostar em temas básicos e cores neutras, pois tonalidades mais vibrantes podem ser estimulantes demais para os recém-nascidos.

A partir da escolha, é possível incorporar detalhes na decoração para reforçar o tema ou paleta de cores do ambiente, por meio dos papéis de parede, quadros, roupa de cama e kit berço, por exemplo. Também pode ser interessante utilizar placas decorativas com os nomes das crianças para tornar o espaço mais personalizado.

Otimizando espaço em quartos pequenos

Quando se está montando um quarto para duas pessoas é essencial pensar em formas de aproveitar o espaço, principalmente se o cômodo for pequeno. Nesses casos, a dica é apostar em beliches, mantendo a cama de cima e adicionando o berço em baixo.

No entanto, para que essa ideia seja segura, é importante que a criança que durma em cima já tenha idade suficiente e, principalmente, que a cama possua alguma proteção para uma noite de sono tranquila.

Importante ressaltar que essa proposta, se utilizada nos primeiros meses do bebê, pode causar transtornos para o irmão mais velho. Isso porque, nessa fase é normal que os recém-nascidos acordem durante a noite e chorem, o que pode interromper o sono da outra criança, devido à proximidade entre os móveis.

Cada criança com o seu espaço

Quando o quarto é maior, o ideal é criar um ambiente para cada crianças, colocando cada uma em uma extremidade do cômodo. Essa divisão de espaço pode ajudar a evitar problemas como o citado anteriormente e ajudar a respeitar as individualidades.

Em alguns casos, os pais podem optar por cores diferentes em cada parte do quarto. No local em que ficará o berço, por exemplo, é possível apostar em tons pastel, enquanto, no lado da cama do mais velho, cores mais fortes podem roubar a cena.

Assim como os móveis próprios para o descanso, é possível criar essa divisão também com outros itens importantes do quarto, como escrivaninha e trocador de bebê. Tudo depende do espaço disponível.

Interação entre os irmãos é importante

Uma dica para manter as crianças conectadas no quarto é reservar um espaço para os brinquedos. A ideia é que todos os itens estejam armazenados em um local de fácil acesso para as duas crianças, para que elas possam acessar sempre que quiserem brincar.

Para garantir a segurança, é importante que objetos pequenos não fiquem em prateleiras baixas ou no chão, para que o bebê não corra o risco de colocá-las na boca. Além disso, também pode ser interessante adicionar tapetes e almofadas para criar um espaço de interação mais confortável e divertido para as crianças.

Como arrumar o quarto para o irmão mais velho dividir com o bebê