Bebê adolescente

O Vítor virou um bebê adolescente e eu nem percebi. Largou a chupeta por conta própria, não quer mais deitar, só ficar sentado ou em pé. Fez uma tatuagem e colocou um piercing. Deixou de lado as sonecas e a hora de dormir virou um terror. Sair do banho é guerra. Chora, grita, se joga para trás. Revoltadíssimo! Chega a parecer endiabrado.

E eu? Fico louca. Nunca achei que um bebê tão pequeno podia fazer tanta birra. O negócio é fechar os olhos, respirar fundo e contar até 10.000. Vai passar, vai passar, vai passar (todas mentaliza!).

***

E daí que hoje é o Dia da Criança. Não vou entrar na discussão de data comercial, estratégia de marketing e o diabo a quatro.

Quero apenas deixar uma lembrança pela data e um link para um texto da querida Dani, do Balzaca Materna. Diz muito sobre o que sinto em relação ao Dia da Criança.

***

E hoje estou também no ‘A hora é agora‘. O blog é fruto do projeto experimental das alunas Laila Balsamão e Taís Maciel, que estão se formando no curso de Comunicação Social da UFMG.

Agradeço a Taís pela oportunidade de participar desse belo projeto. E não deixem de conferir a minha participação, ok? É só acessar por aqui ó!

Comentários Facebook

3 comments

  1. hahahahha
    espere até ele virar realmente um adolescente, ai que não teremos mais sossego com nossas crias…rs
    bjos

    p.s: fiquei com inveja da parte que ele largou a chupeta, estou doida para abolir este ser da vida do Bryan, mas tá difícil.

    View Comment
  2. Pingback: 6 meses | projeto de mãe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *