A primeira viagem sem as crianças

Esta semana participei de um evento acadêmico em Porto Alegre. Moro no interior do Rio Grande do Sul, então foram duas horas de viagem. A ideia inicial era ficar durante toda programação do seminário, de terça a quinta. No entanto, não aguentei e ontem já estava de volta.

***

A despedida, por incrível que pareça, não teve chororô. Um beijo e algumas explicações do tipo “mamãe vai viajar, mas logo volta”, “vocês vão ficar com o papai”, etc. Depois, tchau e até mais! Porém, durante o trajeto já me peguei olhando fotos da dupla no celular.

Mãe é um bicho engraçado… vive reclamando que não tem tempo pra nada, mas quando consegue uma “folga” fica com saudade.

***

Apesar de ser tudo meio rápido, aproveitei bastante o passeio. Além de participar do evento, consegui ver minhas amigas queridas e fazer programas que estava sentindo a maior falta. Fomos no shopping, na Feira do Livro de Porto Alegre e demos muitas risadas. Bom demais esse gostinho de ser eu de novo. Eu, a Ananda, não só eu, a mãe do Vítor e da Clara.

Momento BFF

Momento BFF direto do Instagram

***

Enquanto isso… as crianças ficaram super tranquilas. O Vítor dormiu na minha mãe e a Clara ficou com o Fábio em casa. Ambos bem. A Clara, que eu achei que ia chorar sem o peito, acordou apenas uma vez. Resmungou um pouquinho e adormeceu de novo no colo do papai.

***

A parte mais chata da viagem (e que também me fez voltar antes) foi o seio explodindo de leite. Eu me senti a Pamela Anderson em pessoa, ou melhor, em peito. Cheguei a levar minha bomba elétrica, mas esqueci do detalhe da voltagem. Tirei algumas vezes manualmente, mas tenho tendinite e logo sinto dor. Enfim, foi algo que não pensei direito antes de ir e que acabou sendo um dos motivos do retorno antecipado.

***

A melhor parte de tudo foi a volta. Ver o rostinho das crianças ao me encontrar foi um momento precioso. A Clara parecia que não acreditava que era eu. Fez uma expressão de surpresa e felicidade que não consigo esquecer. Uma fofura só!

***

O que eu diria para alguém que vai passar pela experiência de viajar sem os filhos? É muito mais simples do que a gente pensa. Com um bom planejamento e pessoas para contar tem tudo para dar certo.

Comentários Facebook

8 comments

  1. Paula

    “Meu peito vai explodir, meu peito vai explodiiiiiiiir”!!!!!!!!!!! uhauhauhauhuhauhuha! isso ainda me rende boas risadas!!! Eu realmente amei a visita!

    View Comment
  2. De.

    Ufa, pensei que tinhas voltado antes por causa da Clara… menos mal!
    Que bom que deu tudo certo! Como eles sempre nos impressionam, né?
    Só imagino o incômodo que deve ter sido os peitos explodindo…
    Beijos!

    View Comment
    • nandaetges
      Author

      Não, ela estava bem. Eu que não consegui relaxar, sabe? Daí mais isso do peito, palestras não tão específicas para minha área, enfim, N coisas. Beijos!

      View Comment
  3. Oi, Ananda! Sempre me emociono quando leio teus relatos aqui no blog. Vou aprendendo um pouco com tuas experiências e dividindo as angustias que estou sentindo e ainda vou passar. Tenho certeza que a Clara e o Vítor são abençoados por terem uma mãe como você. Beijão!

    View Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *