Perguntas frequentes Projeto Londres

Nanda_ProjetoLondres3Desde que contei a evolução do nosso projeto de mudar de mala, cuia, filho e cachorro para Londres tenho recebido várias perguntas. Por isso, resolvi fazer uma espécie de FAQ (Frequently Asked Questions ou, em bom português, perguntas frequentes).

Informações mais detalhadas, especialmente sobre cidadania e documentos, devo abrir em posts específicos. Assim consigo colocar todos os detalhes e algo mais passo a passo, para ajudar pessoas que estejam passando pelo mesmo processo.

Vem comigo!

Por que Londres?

Porque é a cidade em que eu e o Fábio nos conhecemos. Somos apaixonados um pelo outro, assim como somos apaixonados por Londres. Desde que voltamos para o Brasil, em 2010, nunca saiu do pensamento um retorno em família. Além disso, meu cunhado, o irmão do Fábio, ainda mora lá.

Quando vocês voltam?

Não temos data para voltar. Queremos estar abertos ao mundo. Se não der certo em Londres podemos ir para outro país. Podemos voltar para o Brasil. São Paulo? Porto Alegre? Venâncio? Quem sabe.

O que vocês vão fazer lá?

Viver. Vamos sem nada certo, para recomeçar. O Fábio vai primeiro para procurar emprego, escola, apartamento. Meu projeto é trabalhar home office, com freelas e clientes de produção de conteúdo e redes sociais (coisas que já faço no Brasil). No futuro pretendo começar um doutorado.

Vocês podem viver legalmente em Londres?

O pai do Fábio nasceu em Portugal e, por isso, ele tem nacionalidade portuguesa. As crianças possuem o mesmo direito. Já eu preciso pedir um visto britânico de esposa de cidadão europeu.

O Dexter vai junto?

O Dexter é nosso filhote cachorro. Ele tem 5 anos e é um Lhasa Apso. Está com a gente desde poucos meses. Faz parte da vida inteira do Vítor e da Clara e não teria como a gente pensar em ir sem levá-lo junto.

DSC_0001

Os três manos na Páscoa

É possível levar um cachorro para o Reino Unido?

Sim, caro e burocrático, mas possível. Já começamos o processo e temos pesquisado muito sobre o assunto para dar tudo 100% certo.

O que vocês vão fazer com as coisas de vocês?

Vender, dar, doar. Vamos nos desfazer de praticamente tudo, inclusive móveis, eletrodomésticos, etc. Poucas coisas devemos selecionar e deixar na casa da minha mãe, como fotos, alguns livros, lembranças das crianças.

Como as crianças estão lidando com a mudança?

Já conversamos sobre isso com o Vítor e a Clara, mas eles ainda não conseguem dimensionar a mudança que está por vir. Em breve o Fábio embarca, então vamos ter que trabalhar bem com eles a questão da partida. Para evitar ansiedade antes da hora estamos esperando chegar mais perto.

O Vítor e a Clara falam inglês?

Não. Estamos ensinando em casa algumas palavras e incentivando eles a olharem vídeos em inglês, assim como interagirem em aplicativos que ajudam na aprendizagem. Tudo em um ritmo lento e sem pressão.

E como vai ser quando o Fábio ir?

Vai ser tenso! Vou ficar com os dois e tendo que lidar com todas as demandas diárias + a distância do pai. Acho que eles vão sentir muita saudade e nas primeiras semanas vai ser doido, atrapalhando inclusive na rotina. Mas vamos lá, sempre com paciência, diálogo e pensando no nosso objetivo maior.

Tem mais alguma pergunta? Deixe nos comentários que assim que possível eu respondo!

Comentários Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *