Tem medo de dirigir? Veja como superar a amaxofobia!

Quando o assunto é medo, cada pessoa tem suas particularidades. Algumas têm medo de aranha, outras não podem chegar perto de um elevador, e ainda há quem tenha medo de dirigir.

Boa parte dos motoristas aprenderam a dirigir em Centros de Formação de Condutores, mas ainda há quem foi ensinado em casa, pelos pais ou outros familiares. Nesse processo, porém, algumas situações podem ter saído do controle e despertado, no íntimo, a fobia de direção. 

Uma boa forma de perder o medo é fazer um comparativo de carros para entender melhor o funcionamento dos mesmos. Afinal, existem diversos modelos automáticos e com direção hidráulica, que podem ajudar na sensação de segurança do motorista. 

Assim, é mais fácil deixar o medo de lado e enfrentar algumas horas de trânsito, não é mesmo? Neste artigo, vamos explicar como superar a amaxofobia, com dicas e informações importantes sobre o tema. Vamos começar?

Medo de dirigir: saiba mais sobre a amaxofobia

amaxofobia

Assim como todas as fobias existentes, a amaxofobia representa um medo excessivo diante de determinada situação. Neste caso, importante ressaltar, o que impera é o medo de dirigir. 

Alguns casos de amaxofobia mais graves também se aplicam às pessoas que possuem temor irracional de, até mesmo, estar dentro de um veículo. Esse medo, normalmente, se deve a algum trauma sofrido em momento anterior. 

Pode ser que a pessoa tenha vivenciado algum acidente, ou que tenha sido submetida a alguma situação de extremo estresse quando estava com as mãos no volante.

O diagnóstico e posterior tratamento da amaxofobia é muito importante para quem busca qualidade de vida, principalmente porque a irracionalidade do medo pode afetar, negativamente, o dia a dia de quem convive com esse tipo de fobia.

Por que algumas pessoas têm medo de dirigir

Por que algumas pessoas têm medo de dirigir

A amaxofobia é, na maioria das vezes, resultado de um trauma que, somado à predisposição genética, cria, no organismo, fortes sentimentos de rejeição e medo de determinada situação.

Exemplo: quando você completou 18 anos e tentou tirar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), seu instrutor gritava muito ao seu lado? Essa situação pode fazer com que você não queira mais dirigir, ainda que você esteja habilitado para isso.

Pode ser, ainda, que você tenha medo de dirigir porque sua mãe ou seu pai tenham passado por uma situação de estresse na direção. Em qualquer um desses cenários, é importante ter em mente que a amaxofobia pode ser tratada, desde que você procure ajuda especializada. 

Com o apoio dos profissionais certos e muita prática, o medo ficará para trás e você conseguirá dirigir livremente, dentro da cidade ou em uma viagem de férias.

Conheça os sinais físicos dessa fobia

Se o medo ficasse apenas no imaginário, como acontece conosco quando, na infância, ouvimos falar sobre o Bicho Papão, a situação seria mais fácil de controlar. 

Entretanto, assim como as demais fobias existentes nos catálogos médicos, a amaxofobia pode gerar sinais físicos nas pessoas que enfrentam esse diagnóstico. Alguns dos sinais físicos mais comuns em quem sofre com o medo de dirigir são:

  • Ansiedade excessiva;
  • Sensação de desespero;
  • Falta de ar;
  • Ataques de pânico;
  • Taquicardia;
  • Paralisação temporária dos músculos;
  • Dor de barriga;
  • Dificuldade de raciocínio;
  • Angústia.

É de extrema importância que a pessoa que se sinta mal ao volante preste atenção a esses sinais para facilitar o diagnóstico e iniciar o tratamento. Dessa forma, o seu bem-estar e, consequentemente, sua qualidade de vida, terão níveis satisfatórios.

Como superar o medo de dirigir?

Como superar o medo de dirigir

Como dissemos, ao notar a presença dos sintomas, é importante manter a calma e procurar ajuda especializada. Uma boa ideia é procurar um psiquiatra e, em casos extremos, iniciar a medicação.

Esse médico pode, ainda, fazer o encaminhamento para um psicólogo. Assim, você vai tratar a origem do trauma e não apenas os sintomas físicos do mesmo.

Tais especialistas vão te guiar e colaborar para a superação do medo.No fim, você estará apto a dirigir e aproveitar os benefícios de se locomover com mais qualidade e comodidade.

Outra dica importante para superar o medo de dirigir é ter um carona amigável e conhecida. Isso porque a última coisa que uma pessoa com amaxofobia precisa é de olhares ou palavras de julgamento. 

Ter um acompanhante de confiança ao seu lado é essencial para que você se sinta bem dirigindo. Você também pode tentar praticar! Por exemplo: se o seu namorado gosta de dirigir e é uma pessoa que te apoia, você pode pedir para que ele te assista em alguns trajetos. 

Dessa forma, com o tempo, você se sentirá melhor para fazer os mesmos trajetos, mas sozinha. A independência deve ser o seu principal objetivo!

A partir desses detalhes, você se sentirá mais confiante e terá a certeza de que os seus processos estão sendo respeitados, diferentemente da situação inicial que gerou o trauma.  

Conclusão

Caso você tenha se identificado com os sintomas descritos neste artigo, procure a ajuda de profissionais. Se conhecer alguém que enfrenta o medo de dirigir, converse e mostre que, apesar de ser um obstáculo, ele pode ser vencido.

Aliás, muitos centros de treinamento de condutores já disponibilizam profissionais especializados em amaxofobia, que estão prontos para ajudar os alunos a superarem os próprios medos.

Post anterior: Aplicação de Botox: tudo o que você precisa saber

medo de dirigir