O que levar na bolsa-maternidade para o hospital

O que levar na bolsa-maternidade para o hospital?

Saiba o que você não pode esquecer e prepare tudo com antecedência.

Por mais que a gente se prepare para a chegada de um bebê, o momento da ida para a maternidade é sempre uma correria.

Para não esquecer nenhum item que pode ser importante para o seu conforto no hospital, o melhor conselho é: arrume a mala com antecedência.

É importante lembrar que você vai para o hospital sozinha, mas volta acompanhada do novo integrante da família. Ou seja, a mala vai precisar de itens para a mãe, como um pijama confortável e objetos de higiene pessoal, mas também tudo o que um recém nascido precisa assim que chega ao mundo.

Ir arrumando a mala aos poucos, nos dias mais tranquilos dos últimos meses, é uma boa ideia, mas é preciso tomar cuidado para não exagerar.

Levar muitos itens para o hospital é pouco prático e alguns lugares, inclusive, limitam o número de peças permitidas.

Também é interessante verificar as regras do hospital para onde você pretende ir. Alguns disponibilizam toalhas e itens de higiene, por exemplo, enquanto outros não. Se não souber, melhor levar. Mas, se o local oferece, não precisa.

Verifique também se há alguma restrição para determinados itens e não tente burlar essa regra. As determinações de cada local existem por algum motivo e, se você escolheu ter o seu filho lá, respeite.

Se você preparou algum enfeite para colocar na porta, não se esqueça dele. Já as lembrancinhas, é melhor deixar para quem for visitar vocês em casa.

É mais recomendado e diminui a quantidade de itens para pegar às pressas no dia marcado ou quando a bolsa estourar de surpresa.

O que levar para você

Um erro comum das mamães de primeira viagem é levar muitos itens e esquecer de si na ansiedade de pensar em tudo o que o bebê vai precisar.

Lembre-se que você também vai ficar pelo menos uma noite no hospital (ou alguns dias em caso de cesária ou alguma outra necessidade de acompanhamento especial).

Para te ajudar a não esquecer nada que seja essencial, fizemos uma lista com sugestões de itens que vão te deixar mais confortável nesse momento tão importante:

  • absorventes para fluxo intenso;
  • itens de higiene pessoal (escova de dentes, sabonete, shampoo, hidratante, etc.);
  • uma touca de banho;
  • várias calcinhas;
  • pelo menos 2 camisolas confortáveis ou pijamas com abertura frontal;
  • alguns sutiãs apropriados para amamentação (mesmo quem não costuma usar o acessório, pode querer nesse momento, pois os seios ficam sensíveis);
  • protetores de seios (para amamentação);
  • um par de chinelos ou pantufas;
  • meias;
  • algumas peças de roupas, de acordo com a estação (se o clima na sua cidade é instável, pense tanto no frio quanto no calor, pois você precisa estar confortável);
  • uma roupa especial para a saída da maternidade;
  • documentos pessoais da mãe e exames importantes do pré-natal;
  • uma presilha ou elástico para prender o cabelo;
  • carregador de celular e adaptador de tomada;
  • uma toalha de banho.

O que levar para o bebê

Pode ser difícil escolher entre tudo que você comprou para o enxoval, mas, como você já sabe, menos é mais. A seguir, o que não pode faltar:

  • um pacote de fraldas para recém-nascido;
  • roupinhas tamanho RN: 5 bodies (de mangas curtas e compridas), 5 mijões, 5 macacões, 5 meias, 2 casaquinhos com botões, 1 roupa especial para sair da maternidade;
  • um sapatinho;
  • pomada contra assaduras;
  • uma manta;
  • uma escovinha para cabelos macia (para o bebê sair bonito nas primeiras fotos);
  • kit de higiene pessoal (sabonete neutro, cotonete, etc..)
  • uma sacolinha para roupas sujas;
  • um kit de fraldas de pano;
  • um cobertorzinho;
  • duas toalhinhas de banho;
  • um lençolzinho para berço.