Contraste Pessoal — O que é e qual a sua importância?

Tudo sobre contraste pessoal. Informações completas em um só lugar como exemplos de paletas, dicas para fazer o teste de colorimetria e como usar estes dados. Basta seguir lendo o post…

Obtemos o contraste pessoal a partir da análise da aparência. Além disso, o fazemos com intuito de definir paletas de cores que mais se harmonizam conosco.

Sendo assim, se deseja entender melhor o que é contraste pessoal, venha comigo!

Sobre O Contraste Pessoal

Comecemos com um primeiro dado sobre o contraste pessoal. O conjunto de cores da nossa aparência é o que forma nossas cores naturais.

Por exemplo, a cor do cabelo, dos olhos, sobrancelhas, veias, sardas, etc. Usamos tudo isso como base para um teste de coloração.

Muitas vezes, para fazer essa análise, é preciso destacar os tons dos cabelos, olhos e pele como as principais características.

Em resumo, qualquer cartela de cores pode ser descrita por princípios simples, como:

  • Temperatura
  • Luz
  • Saturação

No entanto, como saber o nível de contraste e quais tons são dominantes e harmonizam com cada pessoa?

A resposta é simples: por meio do contraste pessoal.

O Que Fazer Como Nosso Contraste Pessoal?

No próximo tópico vou falar sobre como encontrar o contraste pessoal, mas por hora, vejamos para o que serve.

Quando os tons da aparência estão em harmonia com as cores das roupas e acessórios que vestimos, a cor do cabelo, temos um ar saudável e bonito.

Por outro lado, quando usamos tons fora da nossa paleta. Isso pode nos deixar com aparência triste, cansada e até doente.

Sabia que quando acertamos é possível, inclusive, deixar a pele mais uniforme? Manchas de pele podem ser suavizadas apenas usando a cor certa.

Além disso, usa-se o contraste pessoal para montar looks que nos deixam elegantes e joviais.

Agora, vamos falar mais um pouco sobre o quão ruim pode ser escolher uma paleta de cores errada.

  • A priori, pode acontecer da pele ficar pálida, acinzentada e também com tom irregular;
  • Pessoas com tom de pele claro podem perceber manchas azuladas nas bochechas;
  • Quem tem a pele negra pode ver manchas amarelas, alaranjadas e acinzentadas;
  • Manchas e cicatrizes ficam mais aparentes;
  • As rugas também ficam mais profundas;
  • Os lábios e olhos perdem o brilho;

Estas são apenas algumas das formas como podemos usar os dados do nosso contraste pessoal, mas você descobrirá muito mais!

Contraste Pessoal: Dicas De Como Descobrir

Já que saber nosso contraste pessoal nos permite fazer escolhas certas com objetivo de harmonizar o visual, veja como identificá-lo.

De modo geral, o teste é feito usando cores acromáticas que são o preto e o branco. Temos, então, a chamada escala de cinza que possui vários tons entre estas duas cores.

Na coloração pessoal fazemos essa comparação de cores usando os tons da sobrancelha, do cabelo e da pele de cada pessoa.

Em tese, a intenção é encontrar a diferença entre as cores mais claras e escuras da escala. É assim que definimos o contraste pessoal e ele pode ser:

  • Alto contraste
  • Baixo contraste escuro
  • Médio contraste
  • Baixo contraste claro

Adianto que apenas um profissional da área tem como descobrir sem erro, contudo, existe um passo a passo que pode te ajudar:

Tire uma foto usando luz natural;

Vá a um editor, clique em saturação, depois zere;

Em seguida, devemos pegar uma régua de graduação cinza e veja onde se encaixa as cores do cabelo, sobrancelha e pele;

Se a diferença da cor mais clara para a escura for de 1 a 3 é contraste baixo, 4 a 6 médio, mais de 6 é alto.

Gostaria de ressaltar que este é um método que não é 100% certo, o ideal mesmo é contratar alguém para definir seu contraste pessoal.

Post anterior: Cuidados pós Microblading para boa pigmentação e durabilidade

contraste pessoal