Cutícula do cabelo — Aberta ou fechada? como selar?

Cutícula de cabelo é um assunto dos mais falados entre as blogueiras e youtubers que falam sobre cabelos.

Além delas, os fabricantes de cosméticos também estão focados em oferecer produtos que prometem fechar as mesmas.

Embora esteja na mídia, quem mais precisa entender sobre essa condição do cabelo são os cabeleireiros. Afinal, o resultado dos tratamentos e aplicação de químicas depende disso.

Mas por qual motivo este tema está tão em alta nos últimos anos? Isso e muito mais você vai ver neste guia sobre cutículas capilares.

Entendendo A Cutícula Do Cabelo

A cutícula do cabelo é a parte que lhe confere proteção, sendo formada por várias camadas de células. Geralmente, 6 a 8 camadas unidas pelo que chamamos cimento cuticular.

Esse cimento age em nossos fios com um tipo de cola que mantém a estrutura toda junta.

Então, estamos diante da parte mais externa do cabelo e que cobre o córtex onde encontramos as famosas fibras de queratina.

Por fim, após passar pela primeira camada que é a cutícula do cabelo e pelo córtex, chegamos à medula na parte mais interna do fio.

Ressalto, porém, que nem sempre existe medula no cabelo. O encontramos quase sempre em pessoas com cabelo liso e grosso como os asiáticos.

Por outro lado, em fios afros e finos eles praticamente não são vistos.

Por isso, o cabelo grosso suporta melhor tratamentos químicos como descoloração e alisamento. Já os crespos e cacheados demandam maior cuidado.

Em resumo, podemos concluir que a cutícula do cabelo é a parte externa, essa que podemos enxergar.

São as cutículas que dão mais resistência aos fios e evitam que eles se quebrem após uma tração. Portanto, as zonas onde existem menos camadas de cutículas são mais propensas à quebra.

O Que Causa Danos À Cutícula Do Cabelo?

A princípio, saiba que os danos à cutícula do cabelo são irreversíveis, ou seja, não se trata de um tecido que consegue se regenerar.

Quando relaxamos, alisamos ou mesmo descolorimos os fios, estes processos precisam causar danos às cutículas para entrar e transformá-los.

Por isso, esse tipo de mudança no cabelo não tem volta e muitas vezes provoca quebra.

Além disso, hábitos comuns como uso do secador e chapinha e até tomar sol e vento, também podem causar danos.

Se é possível recuperar a cutícula do cabelo? Infelizmente não, por isso os cabeleireiros recomendam sempre um bom corte e paciência.

Contudo, não precisa ficar triste. Alguns tratamentos podem ajudar muito e melhoram a aparência externa dos fios, por exemplo, a selagem.

Você não terá novas cutículas, mas aquelas que restam serão fechadas e o fio ficará mais forte e com o brilho desejado.

Tudo vai depender do grau de lesão das mesmas, pois em alguns casos não há muito o que fazer. Então, ocorre a quebra ou o corte químico.

Como Saber Se As Cutículas Estão Lesionadas?

Preciso lembrar que as crespas e cacheadas possuem a cutícula do cabelo mais aberta e isso é natural.

Porém, alguns processos e até a falta de cuidados pode agravar essa condição.

Em suma, temos que falar sobre porosidade capilar, que significa fios com cutículas muito abertas!

Sendo assim, temos os cabelos com baixa, média ou alta porosidade. Provocada ou não, por métodos químicos ou físicos.

Muito se fala sobre o teste do cabelo no copo de água, mas segundo profissionais, este não é um caminho seguro.

Desse modo, quem pode dizer com certeza se o cabelo está poroso ou não, é o seu cabeleireiro.

Existem alguns sintomas que, de fato, podem nos ajudar a perceber esse problema. Veja quais:

  • Cabelo sem brilho;
  • Fios ásperos e que embaraçam muito;
  • Pontas duplas;
  • Quebra;
  • Sensação de que os tratamentos não fazem efeito;

Este último sintoma é muito comum. Sabe quando fazemos aquela hidratação ou nutrição e parece que não passamos nada?

Não é que seu cabelo se acostumou com o produto ou que o mesmo não tem qualidade. Isso quer dizer que a cutícula do cabelo está aberta e não segura o que você depositou.

Também pode ser que não haja danos e sim que suas cutículas sejam muito fechadas. Dessa forma, os nutrientes nem sequer entram no fio.

Em casa, podemos ajudar usando vinagre de maçã, óleos vegetais e banhas naturais como a de murumuru, cacau, karité e outras.

Gostou de saber mais sobre a cutícula do cabelo? Então compartilhe este post com outras pessoas!

Post anterior: O que analisar em um fornecedor de maquiagem?

Cutícula do cabelo