6 dicas para incentivar seu filho a ler

Saiba o que fazer para tornar a leitura um hábito.

O hábito da leitura deve começar ainda na primeira infância. Mesmo antes de os filhos entenderem o que são as palavras, os pais podem incentivá-los por meio dos livros ilustrados e dos gibis.

Incentivar seu filho a ler

Como a literatura infantil conta com muitas figuras, a criança acaba curiosa para entender o que acontece na história e, conforme aprende a ler, tenta desvendar sozinha.

A verdade é que a literatura para crianças é rica em opções, e você pode adotar técnicas para incentivar a leitura. O mais importante é não tornar isso uma obrigação, para o pequeno se sentir mais à vontade. Agora, veja dicas para incentivar seu filho a ler.

1. Seja um exemplo


Desde pequenas, as crianças copiam os hábitos dos pais. Então, se você nunca está com um livro nas mãos, é natural que seu filho também não se interesse pelo tema.

Seja um exemplo para ele e tire, ao menos, de 15 a 20 minutos para ler. Aqui, você tem total liberdade para escolher os títulos que gosta e, se o pequeno perguntar, fale com prazer sobre o que está fazendo.

2. Leia para seu filho


Algumas mães começam o hábito ainda na gestação, mas, mesmo após esse período, você tem tempo para adotá-lo. Escolha um momento do seu dia e leia um livro para seu pequeno. Se quiser, vale até um gibi.

Tente não fazer isso apenas antes de a criança ir dormir, para que ela associe o hábito a um hobby que pode ser realizado a qualquer hora. Quando seu filho começar a ler, reveze a leitura com ele para ajudá-lo em possíveis dificuldades.

3. Torne a leitura agradável


Ainda na infância, a criança deve perceber a leitura como algo agradável e não uma obrigação. A dica é não focar apenas nos livros indicados pela escola e agregar outras histórias de acordo com a idade do seu filho.

Também faça brincadeiras durante esse momento. Peça que ele imagine a casa da bruxa ou o urso que vive na floresta, por exemplo. Dessa forma, a leitura torna-se divertida, e você incentiva à imaginação.

4. Ofereça livros com mais figuras


Por mais que seu filho já tenha aprendido a ler, não o force a continuar o hábito apenas com livros sem figuras. A transição precisa acontecer aos poucos, daquelas histórias repletas de ilustrações e com poucas palavras para outras com apenas o texto.

O ideal é que, até o final da infância, o livro ainda traga uma ou duas ilustrações, mesmo com mais conteúdo escrito. Agora, na primeira fase, traga historinhas cheias de desenho e deixe que a criança tente descobrir o que acontece ali.

5. Apresente histórias diferentes


Quando pequeno, seu filho vai pedir que você conte aquela mesma história de novo. Isso é normal e faz parte da fase em que a criança aprende pela repetição. No entanto, procure trazer algo diferente.

Assim, se o pequeno pedir que você conte a história da princesa de novo, leia outra que traga a mesma protagonista. Essa é uma forma de despertar a curiosidade e mostrar que a literatura é bastante variada.

6. Deixe a criança escolher a leitura


Mostre que a criança tem opções e não precisa ler apenas o que você ou a escola selecionou. Monte uma pequena biblioteca com livros infantis em sua casa e, mesmo em um momento em família, permita que seu filho selecione o que ele quer ler.

Essa é uma forma de libertá-lo da ideia da leitura por obrigação. Além disso, se ele já sabe ler, leve-o junto para a livraria ou chame-o para ver os livros disponíveis na internet, de acordo com a idade. Quanto mais segurança a criança sentir nesse incentivo, mais chances tem de tornar-se um leitor assíduo.
Postagem Anterior Próxima Postagem