Mesoterapia capilar para calvície: como funciona e quando fazer?

Você já pensou em fazer uma mesoterapia capilar? A calvície é um problema comum para milhares de homens no mundo todo. Mas, que também pode acontecer com as mulheres, embora em menor escala.

E a queda de cabelo crônica provocada pela alopecia capilar afeta a autoestima de qualquer pessoa. Então, encontrar um tratamento adequado é o desejo de qualquer pessoa que esse problema afete.

No artigo de hoje nós vamos conhecer melhor uma dessas opções, que é a mesoterapia. Continue lendo e confira.

Importante: as informações desse artigo não substituem o diagnóstico e a orientação médica. Procure um dermatologista para mais informações. 

O que é a mesoterapia capilar?

A mesoterapia é um  protocolo de tratamento capilar para combater a calvície e recuperar o crescimento natural do cabelo. Para isso, o tratamento é realizado diretamente no couro cabeludo.

É um dos tratamentos mais indicados para quem tem alopecia androgenética, popularmente conhecida como calvície. No entanto, é preciso passar por uma avaliação médica antes.

Por que, é um tratamento médico feito com aplicação por injeção de medicamentos e vitaminas no couro cabeludo. Logo  existem alguns fatores a serem avaliados antes que esse tratamento seja prescrito.

Como funciona a Mesoterapia capilar? 

A mesoterapia é realizada em várias sessões. Portanto, não é um tratamento feito em um único dia. Já que na prática é preciso pelo menos 10 sessões para ter resultados satisfatórios.

Já o procedimento em si é muito simples, como segue:

  • O primeiro passo é a limpeza da área onde será feita a aplicação;
  • Depois realiza-se a injeção de medicamentos com micro agulhas.

As substâncias utilizadas são aplicadas em áreas específicas do couro cabeludo. E a quantidade de cada substância é controlada de forma precisa.  

Os medicamentos injetados vão intensificar a circulação sanguínea e corrigir desequilíbrios hormonais que provocam a calvície. Além disso, o procedimento também fornece nutrientes para o folículo capilar e seu entorno.

O tratamento dura em média 30 minutos por sessão. Já os intervalos podem ser quinzenais ou mensais.

Lembre-se: procure um dermatologista para se informar melhor. Esse tratamento só pode ser feito por um especialista.

Um dermatologista avalia o couro cabeludo antes do procedimento

Como mencionamos, a mesoterapia capilar é um tratamento médico que requer a avaliação de um especialista. Portanto, é preciso passar por um dermatologista antes de iniciar o tratamento.

O dermatologista fará uma avaliação minuciosa do couro cabeludo do paciente. Além de investigar de forma criteriosa as causas da alopecia que este apresenta.

Então, o médico pode ou não recomendar a mesoterapia. Tudo depende das necessidades do paciente.

Indicações e contra indicações da mesoterapia capilar 

A mesoterapia pode ser realizada tanto por homens quanto mulheres. Normalmente, o tratamento é recomendado para paciente que não tiveram resultados com outras formas de combater a calvície.

Além disso, também costuma ser o método indicado para quem não quer fazer tratamento para calvície por via oral. Mas, o procedimento não é indicado em algumas circunstâncias:

  • Quando a raiz dos fios de cabelo estiver morta;
  • Para gestantes e lactantes;
  • Quando a pessoa possui alergia a qualquer substância utilizada no tratamento.

O tratamento não costuma apresentar efeitos colaterais. Mas, é importante lembrar que se trata de um procedimento invasivo. Por esse motivo, é comum que a região de aplicação fique mais sensível.

E o paciente também pode apresentar um inchaço leve e vermelhidão no couro cabeludo. Logo, é preciso ter alguns cuidados, como não esfregar a cabeça. E não lavar o cabelo por no mínimo 4 horas após a sessão.

Concluindo

A mesoterapia capilar é um procedimento indicado para pessoas que sofrem com a calvície. E que não obtiveram Resultados com outros métodos.  

Além disso o procedimento também pode ser realizado para tratar fios quebradiços e queda de cabelo. De qualquer forma, a variação de um dermatologista é necessária.

Então, procure um médico dermatologista para mais informações. Lembre-se que esse artigo não substitui a orientação e o diagnóstico médico. Dúvidas? Comente!  

Post anterior: Esponja Sabrina Sato: como usar

mesoterapia capilar