Como preparar seu filho para ser jogador de futebol

 

preparar seu filho para ser jogador de futebol

Todo pai sonha em ver seu filho jogando futebol profissionalmente, tendo um excelente salário e conquistando títulos pelo seu time de coração. E acredite: esse sonho é compartilhado pelo filho também. No entanto, esse não é um ramo fácil. Basta ver quantas histórias na TV sobre jovens talentosos que nunca conseguiram uma carreira profissional. Portanto, é necessário saber como preparar seu filho para ser jogador de futebol.

Para se ter uma ideia, de acordo com estudos da própria CBF, mais de 96% de todos os jogadores de futebol ganham até R$5.000,00 de salário por mês. Em comparação, isso é menos do que o salário médio de várias profissões no Brasil, como engenheiros, médicos, advogados e muito mais. Portanto, matematicamente falando, as chances de ter uma vida financeira confortável são maiores em outras áreas. Somente 2,57% de todos os jogadores profissionais ganham mais de R$10.000,00 por mês.

Além disso, não basta ter talento para ter uma carreira longa. O que não faltam são casos de jovens extremamente talentosos, mas que perderam suas carreiras por falta de preparo em lidar com certas situações.

Quer saber como preparar seu filho para ser jogador de futebol? Então siga a leitura abaixo!

Como preparar seu filho para ser jogador de futebol em 5 passos

1. Entenda o futebol moderno e molde-o para isso

Houve um tempo em que bastava o jovem ser bom de bola e habilidoso para ter sucesso na carreira. No entanto, hoje em dia isso não funciona mais. Portanto, é importante ajudar o garoto a se adaptar ao futebol moderno o mais cedo possível.

O futebol moderno é um jogo com grande influência tática e de força física. Basta ver as últimas três Copas do Mundo, vencidas por Itália, Alemanha e França. Nenhum dos times era particularmente técnico, mas todos se destacavam na inteligência tática e força física.

Portanto, ensine o garoto desde cedo a pensar o futebol de forma tática. Isso dará uma inteligência tática acima da média para ele, o que fará com que se destaque na categoria de base. Além disso, assim que possível, comece a trabalhar com um personal trainer especializado na área para garantir o melhor físico para a posição e a biologia do garoto.

2. Desenvolva um plano de carreira adequado para ele

O próximo passo é pensar em um plano de carreira para o jovem. Alguns jogadores se dão bem fazendo boas partidas no Brasil e depois indo para mercados como a Ucrânia ou China. Já para outros, com potencial para brilhar na Europa, ir para mercados pequenos pode ser ruim.

Portanto, avalie o talento do seu filho de forma realista e veja se ele é talento para ir para os grandes centros da Europa ou não. Então, trace um plano de carreira adequado com base nisso.

3. Trabalhe o emocional dele desde cedo

Um dos maiores pontos fracos dos jogadores brasileiros é o emocional. Quantos grandes craques falharam na hora H por causa da pressão? Basta mencionar, por exemplo, como um grande atacante como Ibrahimovic, que foi artilheiro em dezenas de competições de pontos-corridos, mas tem um desempenho pífio em mata-mata.

Portanto, ajude o garoto a ir em psicólogos desde o início da carreira, fazer análise e trabalhar o seu emocional. Isso fará dele mais confiante em grandes jogos, além de saber como lidar com a fama na área sem se perder pelo caminho.

4. Faça cursos para preparar você para a situação

Não pense que somente o seu filho precisa de preparo. Você também. Afinal, lembre-se de que ele é apenas um garoto e precisa de apoio para seguir bem na carreira. Ele conta com você para isso.

É essencial que você aprenda a ser um agente de futebol ou saiba como contratar um que seja profissional e tenha a carreira do seu filho em mente. Clique aqui para saber mais sobre a importância de ter um agente de futebol do seu lado.

5. Blinde o garoto de más influências

Por fim, o último passo para ajudar o seu filho a progredir na carreira é eliminar as más influências do lado dele. É até possível que ele tenha aqueles “parças”, que vemos tão comumente ao lado de grandes craques, para aliviar a parte emocional em jogar em outro país. No entanto, garanta que são apenas pessoas que querem o bem do seu filho e estão ali para agregar. Afinal, muitas carreiras promissoras terminaram por causa de baladas e más influências.

Pronto! Agora você já sabe como preparar seu filho para ser jogador de futebol. Lembre-se de que, por mais preparo que ele tenha, ainda assim ter sucesso na carreira é uma questão imponderável. Quantos jogadores não tiveram um momento de brilhantismo em uma partida e isso os impulsionou para o sucesso, enquanto muitos outros ficaram abaixo do que poderiam ser? Portanto, todo esse preparo apenas dará uma chance ao seu filho. Será preciso um pouco de sorte para chegar lá!

Gostou do conteúdo? Então comente abaixo dizendo qual é o seu sonho para o seu filho enquanto atleta!

Postagem Anterior Próxima Postagem