Você joga com seus filhos? Conheça as vantagens do videogame para o desenvolvimento das crianças

Ao contrário da crença popular, os jogos podem, sim, estimular e trazer benefícios para crianças e adolescentes

Falar sobre videogame é um assunto delicado para muitos pais, posto que vários deles consideram que o uso recreativo dos jogos de console e computador atrapalha o desenvolvimento das crianças. 

Embora esse fosse um sentimento válido nos anos 1990 – e justificado quando o usuário passa horas em frente às telas –, já se provou que, na verdade, o efeito é justamente o oposto: se usado sem excessos, pode trazer uma série de benefícios para as crianças.

Da mesma forma que os exercícios físicos fortalecem o corpo, o videogame ajuda a fortalecer o cérebro. Se usados de forma construtiva e moderada, podem desenvolver uma série de habilidades, como raciocínio rápido, memória, além de ensinar assuntos gerais.

Abaixo, listamos alguns dos benefícios que os videogames podem trazer para as crianças em desenvolvimento:

O videogame ajuda nas habilidades sociais

Hoje em dia, estão em alta os jogos cooperativos online; portanto, para se dar bem no game, a criança precisa desenvolver uma boa habilidade de comunicação e de trabalho em equipe para poder superar, junto dos colegas, os obstáculos impostos pelo jogo.

As crianças aprendem a falar  inglês brincando

A maioria dos jogos de videogame são exportados para o mundo em inglês; dessa forma, as crianças que jogam são introduzidas ao novo idioma desde cedo e, por repetição, aprendem termos simples e seu uso em frases diversas.

Nesse sentido, muitos pais buscam por jogos mais lúdicos e educativos para atrelar o aprendizado com a diversão. 

Desenvolvimento de raciocínio

Muitos jogos são focados em resolver situações ou fases que são verdadeiros quebra-cabeças. Jogos desse tipo estimulam o raciocínio lógico das crianças e também as faz interpretar problemas e pensar soluções práticas para resolver essas situações.

Um importante meio de criar laços entre pais e filhos

Jogar videogame com os filhos pode virar uma oportunidade para criar momentos de aproximação entre pais e filhos. Isso também deixa a criança mais a vontade para se abrir e falar de si, do dia a dia, dos medos, segredos e vontades.

É possível aprender história e geografia

Títulos como Tomb Raider e Assassin’s Creed ressaltam pontos importantes e interessantes da história da humanidade. Aprender sobre esses períodos faz parte da narrativa do game e, por consequência, faz as crianças se interessarem por história e geografia.

Estímulo de concentração, memória e habilidades motoras

Os videogames, sem exceção, exigem memória visual e auditiva. Nem sempre as instruções ficam disponíveis para consulta, portanto é preciso memorizá-las. O domínio do teclado ou do controle do console estimulam a coordenação motora.

Desenvolvimento da inteligência espacial

Atualmente, existem em peso muitos jogos focados em construção e planejamento. 

Uma criança empenhada em construir seu castelo de blocos no Minecraft vai ser estimulada e vai desenvolver com mais rapidez noções espaciais, planejamento de projeto e senso de estética.

Construção da personalidade individual

As crianças também podem ser influenciadas pelos personagens de videogame. 

Muitas vezes, elas podem se sentir representadas por determinado personagem, e é comum que queiram adaptar suas roupas, como, por exemplo, usar um tênis Jordan infantil, para ficarem iguais ao seu jogador de basquete favorito.

Estimula a persistência 

Nem sempre os jogos são fáceis, e muitos deles impõem obstáculos e dificuldades que apenas com persistência, tentativas e erros poderão ser superados. Jogos com fases e missões ajudam as crianças a serem mais determinadas.

Essa habilidade pode ser desenvolvida e depois aplicada no dia a dia para uma criança que não vai desistir fácil de seus objetivos.

Você joga com seus filhos