Como saber se sou estéril?

A pergunta como saber se sou estéril preocupa muitas mulheres que possuem dificuldades de engravidar. Afinal, após inúmeras tentativas mal sucedidas, começa a surgir o medo de que pode ter algo errado.

Então, a mulher e seu parceiro começam a pensar na possibilidade de um deles ser estéril. No entanto, mesmo para casais férteis as chances de conseguir engravidar não são tão elevadas por relação.

Isso significa que não é preciso criar alarme quando a gravidez não acontecer nas primeiras vezes. Porém, após um ano de relações sexuais sem anticoncepcional, e nenhuma gestação, é preciso começar a investigar.

Vamos entender tudo isso melhor a partir de agora. Mas, não se esqueça: se você tem dificuldades para engravidar procure seu ginecologista ou obstetra para mais informações. Esse artigo não substitui um parecer médico.

Como saber se sou estéril e a dificuldade para engravidar

Antes de tudo, saiba que há 20% de chance de engravidar em cada ciclo menstrual. Essa é a média normal para casais férteis e sem nenhum problema que dificulta a fecundação.

A idade também é um fator relevante. Por que, se torna mais difícil engravidar após os 30 anos. Por exemplo, 8 de cada 10 mulheres que possuem mais de 35 anos conseguem ficar grávidas no primeiro ano tentando. Uma média de 85%.

Logo, não significa que você seja estéril apenas porque não conseguiu engravidar nas primeiras tentativas. Em alguns casos, mulheres saudáveis com parceiros saudáveis podem levar mais de um ano para conseguir.

O problema de infertilidade nem sempre é da mulher

É importante lembrar que os homens também podem apresentar problemas de infertilidade. Pois, em torno de 40% dos problemas de infertilidade conjugal ocorrem por fatores masculinos.

Já a média de problemas de fertilidade conjugal relacionados à mulher também é de 40%. Enquanto que problemas mútuos, compartilhados por ambos, homem e mulher, é de 20%.

Por que, para que a gravidez ocorra, tanto sistema reprodutivo feminino quanto masculino, devem funcionar adequadamente. Mas, a sustentação da gestação em si depende da saúde do útero e da mulher.

Como saber se sou estéril: sintomas de infertilidade

O diagnóstico de infertilidade requer 12 meses consecutivos de relações sexuais desprotegidas. Contudo, existem alguns sinais que apontam a possibilidade da infertilidade feminina.

Esses sintomas servem como alertas também da possível causa da infertilidade na mulher. Vamos conhecer 2 deles. 

Mas, não se esqueça, essas informações não substituem um diagnóstico médico. Para se informar melhor procure um ginecologista ou obstetra e marque uma consulta.

1. Problemas hormonais

Os problemas hormonais podem levar a infertilidade. E quando ocorrem se manifestam através de alguns sintomas que a mulher pode detectar.

Logo, essa é uma informação importante para quem se pergunta como saber se sou estéril. São sinais de distúrbios hormonais:

  • Queda no apetite sexual;
  • Aumento na queda de cabelo;
  • Ganho de peso sem outra explicação;
  • Alterações na pele, como acnes e aumento na oleosidade.

Problemas na tireoide e a síndrome do ovário policístico são distúrbios hormonais comuns que podem dificultar a gestação. E causar a infertilidade na mulher.

2. Como saber se sou estéril – menstruação irregular e sangramento vaginal intenso

A menstruação irregular pode ser normal para algumas mulheres. No entanto, em outros casos, pode ser sinal de algum distúrbio hormonal ou doença ginecológica.

Já o sangramento menstrual intenso também pode estar relacionado à problemas infertilidade. Pois, pode significar endometriose, miomas e outros problemas relacionados ao útero.

Dicas finais

As mulheres se devem prestar atenção também alguns outros fatores. O que inclui cólicas menstruais muito intensas e periódicas, sangramento entre as menstruações e dores nas relações sexuais.

Pois, todos esses podem ser sintomas que ajudam a responder a pergunta como saber se sou estéril. E caso perceba a ocorrência desses sintomas, procure seu médico para uma consulta.

Esse artigo não substitui a avaliação clínica do seu ginecologista ou obstetra. Vá ao seu médico para se informar melhor. Dúvidas? Comente!

Post anterior: Cisto de corpo lúteo – o que é, como se forma e sintomas 

como saber se sou estéril