Aluguel de brinquedos: como empreender nesse nicho

Diariamente o aluguel de brinquedos vem se tornando um importante nicho no mercado brasileiro. Os Brinquedos de festa, tais como, pula-pula e castelos, são itens muitos famosos em festas e comemorações de aniversário, feiras e festivais. Se você é morador de uma cidade pequena ou capital, você poderá construir trabalhar com aluguel de brinquedos para festas e eventos bem-sucedidos.

Neste artigo, separamos sete valiosas dicas para garantir que você abra seu negócio e trabalhe de vez com o aluguel de brinquedos. Com o fim da pandemia de covid-19 este tipo de trabalho tornou-se um dos mais procurados. Segundo dados, os clientes optam por empresas próximas a sua residência, ou seja, esse é um segmento que pode ser valorizado em seu próprio bairro, começando com os seus vizinhos.

1 – Autorizações

Obtenha as autorizações e licenças necessárias em sua área para operar um negócio de serviços de varejo. Entre em contato com a secretária de comércio do seu município, além de registrar-se como um Microempreendedor individual.

Se você planeja transportar os brinquedos de festa para os eventos do seu cliente, verifique com o departamento de transporte do seu estado e município para saber se é necessária alguma autorização.

2 – Armazém

Alugue ou compre um armazém com espaço de escritório. Isso economiza dinheiro em vez de garantir uma vitrine de varejo. Enquanto houver espaço de estacionamento disponível para os clientes, não há necessidade de um espaço de varejo.

Um armazém também é mais adequado para um negócio de aluguel de brinquedos de festa devido ao amplo espaço de armazenamento e à capacidade de montar displays fora de seu estabelecimento.

3 – Brinquedos

Compre brinquedos de festa no atacado. Estes incluem escorregadores, quiosques e piscinas de bolinhas de vários tamanhos, cores e designs. Adquira equipamentos com nível comercial, pois os brinquedos de festa construídos para uso caseiro e doméstico não resistirão ao uso contínuo pelos seus clientes.

Os designs neutros em termos de gênero, bem como os brinquedos destinados apenas às crianças mais novas, são ideais para ter em seu portfólio.

4 – Jurídico

Não esqueça de produzir um contrato de aluguel com isenção de responsabilidade. Para tal, certifique-se de que cada cliente revise e assine o contrato. Se você não tem experiência na redação de contratos comerciais, pode entrar em contato com um escritório jurídico ou administrativo.

5 – Seguro

Obtenha um seguro de responsabilidade para o seu negócio de aluguel de brinquedos para festas.

Mesmo que você tenha uma isenção de responsabilidade sólida, isso não impedirá um cliente de entrar com uma ação legal no caso de alguém se machucar ao usar seu equipamento. Ter um seguro pode ajudar a proteger seus negócios e bens pessoais.

6 – Aumente o lucro

Comercialize itens complementares visando aumentar a receita de seu negócio, como enfeites de festa, fantasias, forros, cadeiras e mesas. Como os consumidores que alugam brinquedos de festa costumam comprar esses itens você também pode lucrar.

7 – Mundo Digital

Comercialize seu negócio de brinquedos de festa. Você pode colocar online e imprimir anúncios classificados, ter uma exposição de amostra em frente ao seu armazém durante o horário de funcionamento.

Além disso, você pode utilizar mídias sociais e sites de cupons sociais; colocar cupons e folhetos em creches e enviá-los para grupos locais e patrocinar um evento voltado para crianças e famílias em sua comunidade.

Por fim, ter uma empresa que alugue brinquedos é uma solução para conquistar sua independência.

Para tal, atente-se em seguir essas regras, garantir toda a documentação e conseguir um bom armazém para expor seus produtos. Em pouco tempo, você será uma grande referência em seu bairro.

Post anterior: Quais as melhores mensagens para o Dia das Mães?

aluguel de brinquedos